Melhores Sites De Apostas

Título de Hamilton rende uma boa grana! Veja o que precisa acontecer para ele ser campeão já no GP dos EUA

A 59 pontos do rival Sebastian Vettel, inglês da Mercedes pode levantar o caneco já no próximo domingo na Terra do Tio Sam

Se você é amante da velocidade, não pode perder de jeito nenhum o GP dos Estados Unidos de Fórmula 1. Isso porque existe a chance real de Lewis Hamilton sacramentar o tetracampeonato já neste final de semana! Após três corridas desastrosas da rival Ferrari, o inglês conseguiu abrir 59 pontos do rival Sebastian Vettel e pode levantar o caneco no próximo domingo (22), às 17h, o Circuito das Américas em Austin, no Texas. Imperdível!

Afinal, o que precisa acontecer para que o inglês garanta o título na Terra do Tio Sam? Vamos lá. Como ainda restam quatro etapas, ou 100 pontos, na disputa, Hamilton precisa vencer o GP dos EUA e torcer para Vettel não chegar acima da quarta colocação. Assim, a diferença ficaria maior do que 75 pontos com apenas três corridas a serem disputadas. Não é exagero dizer que o piloto da Mercedes está com a mão na taça. Agora, será que o título vem mesmo no domingo? Veja a prévia do GP dos Estados Unidos de Fórmula 1.

Como a diferença ficou tão grande?

Se você ficou algum tempo sem acompanhar as emoções da F1, deve estar estranhando um campeonato que prometia ser decidido na última curva poder acabar de forma tão precoce. O que Hamilton fez de tão especial para chegar a uma situação tão confortável em Austin? Bem, é mais fácil explicar o que a Ferrari NÃO fez.

Sebastian Vettel chegou para a temporada na Ásia ainda grudado no rival da Mercedes, mas as três corridas realizadas no continente foram para o alemão apagar da memória. Tudo começou em Singapura - pista onde a Ferrari tinha clara superioridade aerodinâmica. Sebastian fez a pole e era franco favorito a vitória, entretanto, seu carro não completou nem a primeira volta. Uma confusão entre ele e Max Verstappen acabou tirando o carro da RBR e mais as duas Ferraris logo na primeira reta! Para piorar, Hamilton foi o vencedor da prova.

Uma semana depois, as coisas voltaram a complicar na Malásia. Vettel teve problemas na unidade motriz na classificação e teve que largar em último! O alemão fez uma corrida espetacular de recuperação e chegou em quarto. Parecia que a ‘zica’ daria uma trégua no Japão, mas os italianos viram que o fundo do poço tinha porão. Em mais uma bela de uma trapalhada da equipe, o alemão teve que abandonar a prova porque uma vela de 200 reais não foi trocada depois da classificação. Que fase!

Ainda dá para a Ferrari?

Claro que nada é impossível no esporte, mas me arrisco a dizer que é quase. Para se ter uma ideia do tamanho da vantagem, Lewis Hamilton não precisa nem estar presente no pódio em nenhuma das quatro provas restantes para ser campeão - basta que ele chegue em quarto nas etapas dos EUA, México, Brasil e Abu Dhabi.

A batalha dos construtores também está muito próxima do fim. A escuderia italiana está a 145 pontos atrás da Mercedes e precisa, obrigatoriamente, anotar 17 pontos a mais do que os carros alemães para manter a briga viva para a Cidade do México. Isso aconteceu em apenas uma corrida do ano - na dobradinha da Ferrari em Mônaco.

Pode ir de Hamilton sem medo

Independente de Lewis Hamilton ser ou não campeão nos Estados Unidos, a vitória dele em Austin é uma das maiores barbadas do planeta Terra! Primeiro, porque o inglês vem na melhor forma te toda sua vitoriosa carreira e deve entrar com ‘a faca nos dentes’ para carimbar logo esse esperado tetracampeonato - que ficou engasgado no ano passado com o título de Nico Rosberg.

Depois, o carro da Mercedes parece ter resolvido o problema de aquecimento dos pneus e deve ter uma ligeira vantagem em relação aos rivais pelo traçado do Circuito das Américas. Para completar, Hamilton é o recordista absoluto da pista e venceu três das quatro edições disputadas em Austin. Um monstro! 

A vitória de Lewis Hamilton é a melhor pedida de investimento no GP dos Estados Unidos e paga R$1,83 a cada real no Bet365. Outra boa opção é uma aposta especial que Hamilton fará a pole position e vencerá a corrida pagando R$2,50 por cada real investido.

Palpite

Lewis Hamilton vai vencer o GP dos Estados Unidos, mas Sebastian Vettel não vai deixar o inglês vencer o campeonato já neste final de semana. A zica deve dar uma trégua e o alemão terminará nas primeiras posições - adiando a decisão para o México.

Favoritos para o GP dos Estados Unidos de Fórmula 1:

Odds em 19 de outubro, segundo o Bet365

  • 1º Lewis Hamilton - R$ 1,83 / um
  • 2º Sebastian Vettel - R$ 3,25/ um
  • 3º Valtteri Bottas - R$ 7,00 / um
  • 4º Kimi Räikkönen - R$ 13,00 / um
  • 5º Max Verstappen - R$ 15,50 / um
  • 6º Daniel Ricciardo - R$ 17,00 / um
  • 7º Sergio Perez - R$ 1001 / um
  • 8º Esteban Ocon - R$ 1001 / um
  • 9º Felipe Massa - R$ 1501 / um

Comments