Melhores Sites De Apostas

3ª fase das Eliminatórias da África tem a Líbia como palpite mais lucrativo da rodada

Foto: ASSOCIATED PRESS/Ap Images

Já na reta final para a definição das cinco seleções africanas que irão representar o continente na Copa do Mundo de 2018, na Rússia – quando os qualificados serão os primeiros colocados dos Grupos A, B, C, D e E – teremos as disputas pela segunda rodada da terceira fase das Eliminatórias, entre os dias 11 e 13 deste mês. E um atrativo a mais para os investidores é que a grande maioria das disputas tem estimativa de lucro acima do dobro.

GRUPO A

Em função da guerra civil que assola o país, a Líbia tem se prejudicado com o fato de ser obrigada a usar campos neutros. Mesmo na condição de visitante, a Tunísia – que enfrentará os líbios no estádio Omar Hamadi, na Argélia, na sexta-feira (11), às 17h (horário de Brasília) – conta com amplo favoritismo, quando a vitória irá pagar R$ 1,60 por cada real, contra o retorno de 600% (maior do fim de semana na África), caso os mandantes conquistem os três pontos. Já o empate vale R$ 3,06/R$ 1.

Outro confronto da chave:
  • 13/11 – 15h30: (R$ 2,68) Guiné x RD Congo (R$ 2,88) – Empate: R$ 3,04

GRUPO B

Podemos afirmar, categoricamente, que este é o “grupo da morte” das Eliminatórias africanas. Afinal, três fortes candidatos a disputar o Mundial encontram-se na mesma chave: Nigéria, Camarões e Argélia – além da coadjuvante Zâmbia. E no sábado (12), às 14h (horário de Brasília), os nigerianos recebem os argelinos com a expectativa de se consolidarem no topo do Grupo B, do qual lideram com seis pontos, contra apenas um do adversário.

Caso as Super Águias triunfem em casa, os investidores ficarão com R$ 2,34 sobre cada real. Se as Raposas do Deserto surpreenderem, o pagamento passa para R$ 3,27 por R$ 1. O placar igual no estádio Akwa Ibom traz a valorização de 321% nos aportes.

Outro confronto da chave:
  • 12/11 – 13h: (R$ 1,65) Camarões x Zâmbia (R$ 5,85) – Empate: R$ 3,80

GRUPO C

Aqui, a líder Costa do Marfim, com três pontos, visita o Marrocos, com um, no Le Grand Stade, em Marraquexe, às 18h (horário de Brasília) do sábado. Os marfinenses têm tudo para saírem com os três pontos dos domínios do rival, com a margem de resgate de 247%, enquanto os anfitriões contemplariam os investidores com 293% de rentabilidade, caso embolem a situação do grupo. Mas se ambos somarem apenas um ponto, o pagamento estimado é de R$ 3,33/R$ 1.

Outro confronto da chave:
  • 12/11 – 16h30: (R$ 2,40) Mali x Gabão (R$ 2,80) – Empate: R$ 3,10

GRUPO D

No sábado (12), às 11h (horário de Brasília), teremos o embate entre as duas seleções mais “cascudas” do grupo. No estádio Peter Mokaba Stadium, localizado na cidade de Polokwane, a África do Sul, que empatou na abertura da terceira fase, faz as honras da casa para o Senegal, que venceu na estreia e ocupa a liderança da chave.

Mesmo com o apoio da torcida local, provavelmente munida das temidas vuvuzelas (instrumento de sopro rústico que fez muito sucesso na Copa de 2010), são os senegaleses que contam com o respaldo do Oddsshark.com/br para chegar à vitória, quando este palpite proporcionaria o prêmio de R$ 2,64 por R$ 1. Mas se os sul-africanos triunfarem, além de passar o adversário na classificação, fariam os apostadores lucrar R$ 2,87/R$ 1, contra 310% de retorno em cima de um placar igual.

Outro confronto da chave:
  • 12/11 – 15h: (R$ 2,17) Cabo Verde x Burkina Faso (R$ 3,44) – Empate: R$ 2,99

GRUPO E

E fechando as projeções para a segunda rodada da terceira fase das Eliminatórias da África, o principal confronto da chave E acontece entre o primeiro colocado, Egito, contra o vice-líder, Gana, no estádio Borg El Arab, que fica na região de Alexandria, às 14h (horário de Brasília) do domingo (13).

E as estatísticas são favoráveis no sentido de os egípcios – que têm como técnico o argentino Héctor Cuper, famoso por dirigir o Valencia e ser o pivô da saída de Ronaldo da Internazionale – dispararem na liderança, quando a vitória em seus domínios tem a cotação de R$ 2,35 sobre cada real. No caso dos ganeses, que participaram das três últimas Copas do Mundo – diferente do Egito, que não disputa o Mundial desde 1990 – o triunfo culminaria com a remuneração de R$ 3,24/R$ 1, contra R$ 3,21, em caso de empate.

Outro confronto da chave:
  • 12/11 – 11h: (R$ 2,41) Uganda x Congo (R$ 3,36) – Empate: R$ 3,16

Comments