Melhores Sites De Apostas

Alemanha é favorita contra o México por um lugar na final contra o Chile pela Copa das Confederações

Primeira semifinal ocorreu nesta quarta-feira e terminou com triunfo chileno nos pênaltis

A primeira finalista da Copa das Confederações já foi definida: é a Seleção Chilena, que bateu Portugal nos pênaltis e agora espera o vencedor de Alemanha e México, que se enfrentam nesta quinta-feira, às 15h. Por participar do torneio sem algumas das suas estrelas, os alemães oferecem cifras interessantes por uma classificação, pagando mais que o dobro do valor investido, de acordo com projeções do Bet365.

Alemanha evoluindo

Inteligentemente, Joachim Löw decidiu usar a Copa das Confederações para poupar alguns titulares e testar outros nomes. Certamente vai ganhar boas dores de cabeça para a montagem de seleção para a Copa do Mundo. É fato que o time do torneio é consideravelmente inferior ao que costuma ser utilizado, principalmente por ser recheado de jovens, mas estão dando conta do recado até o momento.

Foram vitórias convincentes diante da Austrália e Camarões, e apesar de um jogo fraco contra o Chile, conseguiram arrancar um precioso empate em 1 a 1. Cumprindo muito bem o papel tático pedido pelo treinador, a equipe alemã demonstra grande segurança e isso deve fazer a diferença nas semifinais. Portanto, pode investir tranquilamente nos europeus, que pagam ótimos R$ 2,05 por real aplicado.

Para os mais cautelosos, que tiverem dúvidas de uma classificação no tempo normal, pode selecionar a opção que a Alemanha avança, mesmo que na prorrogação ou nos pênaltis. Neste caso, o retorno é de R$ 1,50, enquanto os mexicanos oferecem R$ 2,50.

Instabilidade do México atrapalha

Os mexicanos por enquanto fazem uma campanha um tanto quanto decepcionante. Apesar de terem conquistado sete pontos em três jogos, a seleção por diversas vezes esteve prestes a se complicar na fase de grupos. Logo na estreia, teve uma atuação fraca diante de Portugal e só foi buscar o empate nos acréscimos. No entanto, curiosamente essa ainda foi menos pior do que estava por vir.

Isso porque na 2ª rodada o México sofreu para virar para cima da fraca Nova Zelândia e vencer por 2 a 1. A prova que o resultado foi frustrante é que foi a única equipe que sofreu gol da seleção da Oceania. Para completar, novo sofrimento diante da Rússia, porém outra virada por 2 a 1 garantiu a classificação.

Lendo isso você pode até considerar o poder de recuperação mexicano, que foi buscar o que precisava em três jogos - mas não se engane -, a Alemanha não é Portugal, Nova Zelândia e muito menos a Rússia. É uma equipe bem montada e que quando toma a dianteira não costuma permitir viradas. Das últimas 20 partidas dos alemães, em apenas uma a seleção saiu na frente e permitiu um empate.

Além disso, a necessidade de ter sempre que correr atrás desgastou consideravelmente os mexicanos. Sendo assim, seria uma zebra saírem vitoriosos nesta quinta-feira, o que paga R$ 3,80 em cada real. Até mesmo um empate, que dá R$ 3,60, corre por fora.

Domínio alemão

Dos 10 encontros entre Alemanha e México, os alemães venceram quatro, empataram cinco e perderam apenas um. A superioridade é quase total, principalmente se consideramos somente as partidas oficiais, quando os europeus levaram a melhor em três oportunidades e empataram outra. O único triunfo mexicano ocorreu em um amistoso em 1985, quando ganhou por 2 a 0.

O que esperar da partida

Como a defesa reserva da Alemanha ainda sofre para ganhar entrosamento e levou gol nas três partidas, pode esperar por bola na rede, principalmente porque o México também tem feito a sua parte e anotou seis gols na competição. Desta forma, pode contar com ao menos quatro gols, o que garante o triplo do valor aplicado. Já o meu palpite cravado é um triunfo alemão por 3 a 1, que rende excelentes R$ 15,00. Outra dica é que os dois balançam as redes, o que dá 70% de lucro.

Como foi a primeira semifinal

Mesmo contando com boas ataques, 120 minutos não foram suficientes para Portugal e Chile tirarem o zero do placar. Bom para quem contou com a rede intacta no final da partida, que levou inacreditáveis R$ 7,50 em cada real. O empate também rendeu boas cifras, de R$ 3,10.

No entanto, quem assistiu aos 10 primeiros minutos certamente ficou surpreso com isso, quando as duas equipes chegaram na cara do gol e tiveram chances de abrir o placar logo no começo. Acontece que em seguida o jogo esfriou e nenhum time fez por merecer tirar o 0 a 0. Nos pênaltis, quem levou a melhor foi o Chile, que contou com três defesas de Bravo e derrotou Portugal por 3 a 0.

Comments