Melhores Sites De Apostas

Corinthians bate América-MG e encosta no Palmeiras; Grêmio leva susto, mas derrota Santos

No segundo jogo de Cristóvão Borges no comando do Corinthians, a equipe paulista parece que ainda não sentiu a ausência de Tite em seu banco de reservas e conquistou mais uma vitória diante do América Mineiro, no Horto. Com o triunfo, o Timão colou de vez no Palmeiras, atual líder, e também soma os mesmos 22 pontos. A dianteira é do Verdão por conta do melhor saldo de gols (10 para o time da Barra Funda e 8 para o de Parque São Jorge). Além disso, a equipe do técnico Cuca ainda joga nesta quinta-feira (30), diante do Figueirense, no Allianz Parque, e pode voltar a colocar três pontos de vantagem para o arquirrival.

A tarefa do Corinthians não era das mais difíceis. Contra um América Mineiro que está na última colocação do campeonato e parece caminhar a passos largos para permanecer toda a temporada brigando contra a Segundona, o Timão era franco favorito. Nas casas de apostas, a vitória da equipe de alvinegra, mesmo atuando longe de seus domínios, estava pagando apenas 2.06, de acordo com estatísticas do ‘OddsPortal.com’. Isso quer dizer que o cada apostador que colocou 1 dólar no Timão levou para casa um lucro de $ 1,06. Já para o Coelho, essa proporção estava em 3.71, segundo o mesmo site.

O time paulista começou tomando conta do jogo e não demorou a abrir o placar. Romero, que vinha reclamando por ser pouco utilizado por Tite apesar de ser o artilheiro da equipe na temporada, deu uma de atacante oportunista e apareceu livre na frente do gol do Coelho para aproveitar o rebote. Méritos de Cristóvão Borges, que vem bancando o paraguaio entre os 11 titulares e deixando o contestado André no banco.

A vantagem da equipe paulista parecia que iria aumentar em breve por conta do amplo domínio de jogo, mas o Corinthians diminui o ritmo e chegou a levar um ou outro susto. Sorte do Timão que do outro lado do campo a qualidade técnica não era o que mais chamava a atenção do time que ocupa a última colocação com apenas 8 pontos em 12 jogos disputados. Na etapa final o Timão ainda ampliou com Marquinhos Gabriel de pênalti e garantiu o triunfo – apenas o segundo atuando fora de casa.

Com susto, Grêmio volta a vencer em casa

Após a derrota para o Vitória em sua Arena e o revés para o Atlético Paranaense, a equipe de Roger Carvalho precisava dar uma resposta ao seu torcedor diante de um Santos embalado por uma grande vitória por 3 a 0 contra o rival São Paulo na última rodada. Contando com seus principais jogadores, o time de Dorival Junior tinha a esperança de poder trazer pontos de Porto Alegre e colar de vez nos líderes do campeonato, mas não foi isso o que aconteceu.

O tricolor gaúcho abriu o placar logo no início com Giuliano, que aproveitou o rebote de Vladimir. O goleiro santista voltaria a falhar no segundo gol gremista, ainda no primeiro tempo com o meia Douglas, que aproveitou outro rebote do camisa 1. Apesar da desvantagem no placar, o Peixe voltou empolgado para a segunda etapa e em um intervalo curto de tempo empatou a partida com direito a um belo chute do lateral Zeca, que foi convocado para defender a seleção olímpica ao lado de Thiago Maia e Gabigol.

Com o duelo empatado, parecia que o Santos (4.03), azarão nas casas de apostas, iria desbancar o time da casa e possivelmente dar início a uma pequena crise gaúcha. Mas, nos minutos finais e com um passe brilhante de Giuliano, o Grêmio (1.97) achou seu terceiro gol e voltou a vencer, ficando a apenas um ponto do líder Palmeiras. O revés coloca o Peixe na sexta colocação, com 19 pontos.

Tricolor se recupera de goleada em clássico

Diante de pouco mais de 10 mil torcedores no Morumbi, o São Paulo (1.91) conseguiu se recuperar do baile sofrido na derrota do último fim de semana para o Santos. Com gols de João Schimmit e Alan Kardec, o tricolor paulista derrotou o tricolor carioca (4.19) por 2 a 1 – o gol do Flu foi anotado por Cícero, de pênalti.

Se por um lado a partida serviu para espantar qualquer ameaça de crise pelos lados do Morumbi, por outro o tricolor pode ter tido uma enorme baixa. Isso porque Paulo Henrique Ganso sentiu a coxa e fará um exame nesta tarde para saber a gravidade da lesão, que pode o tirar da primeira partida válida pela semifinal da Libertadores da América – objetivo principal da equipe paulista na temporada.

Nos demais jogos, a Chapecoense (3.78) derrotou o Cruzeiro (2.02) por 3 a 2 na Arena Conda. E no clássico paranaense, o Coritiba (2.32) levou a melhor diante do Atlético (3.22) por 1 a 0.

Comments