Melhores Sites De Apostas

Corinthians, Grêmio e Santos ameaçam liderança do Palmeiras

Com apenas dois pontos de vantagem sobre vice-líderes, Verdão precisa vencer o Botafogo, fora de casa, para seguir na ponta do Brasileirão

A disputa pela liderança do Brasileirão 2016 é o principal foco da 17ª rodada, antepenúltima do primeiro turno, que pode ser finalizada com até três times no topo da tabela, dependendo, é claro, de uma combinação de resultados. Com 32 pontos, o Palmeiras lidera a competição com dois pontos de vantagem sobre o Corinthians, o vice-líder, e o Grêmio, com mesmo número de pontos do Timão, mas com saldo de gols inferior, e três sobre o Santos, que completa o G-4.

O curioso da rodada é que três – Palmeiras, Corinthians e Grêmio - dos quatro times que estão no G-4 atuarão fora de casa, e um tropeço pode bagunçar a classificação geral. Além disso, os jogos dos primeiros colocados são um bom medidor para avaliar os palpites dos investidores do portal OddsShark.com/br, que podem ter um ótimo retorno dependendo dos resultados.

O Verdão, por exemplo, viaja à cidade maravilhosa para encarar no domingo (31), às 18h30, o Botafogo, 17º colocado e com 17 pontos. O confronto será mais uma oportunidade para o técnico Cuca encontrar a formação ideal sem o artilheiro do Brasileirão com 10 gols, Gabriel Jesus, que está servindo a Seleção Olímpica. Sem o garoto e o goleiro Prass, que também disputará a Rio 2016, o Palmeiras somou apenas quatro pontos nos últimos três jogos: Empatou com o Santos (1x1) no Allianz Parque, venceu o Internacional (1x0) no Beira-Rio e, semana passada, perdeu a invencibilidade em casa ao ser derrotado por 1 a 0 pelo Atlético-MG.

Ainda sem confirmar a equipe, Cuca deve ter o retorno do polivalente Moisés, que treinou normalmente nesta quinta-feira e pode ocupar a vaga de Tchê Tchê, que está suspenso. Outro suspenso é o próprio treinador palmeirense, que não comandará a equipe à beira do campo por utilização de ponto eletrônico no embate contra o Fluminense. Ele recebeu um jogo de suspensão. Quem vive a expectativa de ser relacionado é o volante Gabriel, recuperado de uma lesão séria na coxa esquerda em maio. Pelo lado do Fogão, o jejum de quatro jogos sem vitória e a zona do rebaixamento incomodam o time carioca. O técnico Ricardo Gomes dificilmente terá os retornos de Sassá e Leandrinho, entregues ao departamento médico. Por outro lado, o ligeiro Rodrigo Pimpão deve voltar. Entre os jogadores online do OddsShark.com/br, a projeção é de leve favoritismo ao Palmeiras. Uma vitória alviverde está cotada a US$ 2,44, contra US$ 2,84 dos botafoguenses. O empate é o placar com maior índice de retorno, pagando US$ 3,25, sendo US$ 2,25 para cada dólar.

Corinthians reencontra carrasco da Libertadores em confronto com o Internacional

O vice-líder Corinthians inicia a sequência de dois jogos fora pelo Sul do país. O primeiro será neste domingo, às 16h, contra o Internacional, em Porto Alegre. O duelo tem tudo para ser quente dentro das quatro linhas, uma vez que nos últimos anos os clubes criaram forte rivalidade. Cheio de mistério, o técnico alvinegro Cristovão Borges não revelou durante a semana a escalação titular, porém Bruno Henrique, destaque da equipe nesta temporada, é nome certo. Outros que devem voltar são Elias e Fagner. Quem deve ganhar nova oportunidade no ataque é o contestado atacante André. No Colorado, 11º colocado com 21 pontos, o técnico Paulo Roberto Falcão deposita suas fichas na estreia do atacante Nico López, carrasco do Timão na Copa Libertadores deste ano, quando eliminou a equipe brasileira atuando pelo Nacional (URU). Por jogarem diante de sua torcida, os gaúchos são considerados os favoritos, cotados em US$ 2,31. Já os alvinegros, US$ 3,23.

Grêmio busca liderança diante do lanterna América-MG

Dos ponteiros que jogam fora de casa nesta rodada, o Grêmio é o time que tem a missão mais tranquila. O Tricolor Gaúcho vai a Belo Horizonte encarar o lanterna América-MG, que tem apenas oito pontos e está a sete jogos sem vencer. Uma vitória dos comandados do técnico Roger Machado está pagando US$ 1,10 para cada dólar investido, contra US$ 2,52 dos mineiros. Uma vitória simples, aliada aos empates de Palmeiras e Corinthians, colocará os gaúchos na dianteira do campeonato.

Embalado, Peixe pega um Cruzeiro em crise interminável

Único time do G-4 que atuará em seus domínios, na Vila Belmiro, o Santos quer se manter embalado (são três vitórias nos últimos quatro jogos) na competição e conta com um tropeço dos rivais para ganhar mais posições na tabela. O adversário da vez será o Cruzeiro, que terá a reestreia de Mano Menezes no banco de reservas da equipe. Além da boa fase dos meninos Vitor Bueno e Copete, o técnico Dorival Júnior conta com o goleador Ricardo Oliveira, que na última quarta-feira anotou hat-trick, na goleada de 3 a 0 sobre o Gama, e garantiu a classificação santista nas oitavas de final da Copa do Brasil. Já o Cruzeiro, penúltimo colocado com apenas 15 pontos, tenta se organizar em meio à crise interminável. Por isso, uma vitória mineira está cotada em um alto valor de US$ 4,29, enquanto a do Peixe, em US$ 1,91.

Sport tenta confirmar reação diante de um desfalcado Atlético-PR

Outro embate que promete ser interessante é entre Sport (US$ 1,74), 14º posição, com 18 pontos, e Atlético-PR (US$ 4,69), quinto na tabela com 27, na Ilha do Retiro, em Recife. A começar pelos pernambucanos, que vêm reagindo na competição – duas vitórias consecutivas – sobre o comando da estrela chamada Diego Souza. Pelo lado do Furacão, que tenta alcançar o G-4, o técnico Paulo Autuori sofre para encontrar um time após ter pelo menos seis baixas (Léo, Thiago Heleno, Otávio, Hernani, Vinícius e Walter) confirmadas. Por isso, um empate no Nordeste, cotado em US$ 3,58, é visto como um grande resultado para os paranaenses.

Com torcida “de volta”, São Paulo recebe a Chapecoense

O São Paulo (US$ 1,55) tenta esquecer a derrota para o Grêmio ocorrida no último fim de semana para tentar uma reação diante da Chapecoense, no Morumbi. O argentino Edgardo Bauza terá o retorno do atacante Kelvin, fora desde o último mês por conta de uma lesão, e ainda pode realizar a estreia do atacante Chávez, vindo do Boca Juniors. Com promoção de ingressos realizada pela diretoria, a expectativa é de que pelo menos 35 mil são-paulinos empurrem o Tricolor no domingo pela manhã, às 11h. Já os catarinenses do comandante Caio Júnior tentam se reerguer após a eliminação no meio de semana da Copa do Brasil. A meta da equipe é endurecer o jogo diante dos paulistas e quem sabe conquistar uma vitória, cotada em US$ 6,45 (como aconteceu no Brasileirão de 2014, pelo placar de 1 a 0, também em pleno Morumbi).

Outros jogos para ficar de olho

Na parte debaixo da tabela, o Figueirense (US$ 2,12), 18º colocado com 17 pontos e eliminado da Copa do Brasil de forma vexatória pela Macaca (5x0), encara o Vitória (US$ 3,45), 13º com 19 pontos, no Orlando Scarpelli, em Santa Catarina. A partida abre a 17ª rodada, no sábado, às 18h30. Já no Rio de Janeiro, o Fluminense (US$ 1,79), 12º com 21 pontos, duela com a Ponte Preta (US$ 4,71), oitava com 24. O Atlético-MG (US$ 1,39), confiante após vencer o líder Palmeiras fora de casa, recebe no Independência o Santa Cruz (US$ 7,99), que não sai da irregularidade e está em 16º, com 17 pontos. Com 26 pontos e a sétima posição, uma vitória pode colocar o Galo próximo do G-4. Em Curitiba, o Coxa, 15º com 18 pontos, e o Flamengo, sexto com 27, se digladiam. Os paranaenses estão cotados em US$ 2,64 contra US$ 2,72 dos rubro-negros, que ainda deverão esperar um pouco mais para ver a estreia do meia Diego.

Comments