Melhores Sites De Apostas

Entenda como o México é o mais cotado: oportunidade de você ganhar mais na Copa de Ouro da CONCACAF

Estados Unidos abrigarão a competição entre 07 e 26 de julho.

Apesar de os odds apontarem os mexicanos como favoritos, são os Estados Unidos a maior força deste torneio, já que a Tri virá com o time reserva, pois priorizou a Copa das Confederações. Isso é bom para ganhar mais apostando nos mais fortes. Esta guerra contará com as doze melhores seleções da América do Norte, Central e do Caribe. Este ano, até um representante da América do Sul estará competindo, já que a Guiana Francesa é localizada geograficamente ali, mas é filiada ao Caribe.

Palpite

Numa situação normal, o México é regularmente apontado como favorito a conquistar qualquer torneio da CONCACAF, seja de seleções, clubes ou categorias de base. Desta vez, no entanto, não é bem assim. Isso porque a seleção principal da Tricolor jogou duas vezes pela Copa do Mundo e depois embarcou para a Rússia para a Copa das Confederações. Para poupar seus atletas, Juan Carlos Osorio chamou apenas profissionais que atuam na Liga MX e que não têm chances no escrete principal. É por isso que, desta vez, o país da América do Norte não deverá faturar o bicampeonato. Entre os lembrados, os mais experientes são o goleiro Corona (do Cruz Azul), o zagueiro Ayala (do Tigres) e o meio-campo Molina (do Monterrey). Segundo o Bet365, o título mexicano vale R$ 2,30 / um.

Para mim, o favorito a ficar com a taça é a seleção norte-americana, que além de jogar em casa, virá com sua força máxima. Muitos dos craques atuam na Europa e México e outros na Major League Soccer. Entre os destaques estão Guzan (do Atlanta United); Bedoya (Philadelphia Union); Besler e Zusi (ambos do Sporting Kansas City); Zardes (do Los Angeles Galaxy) e Gonzalez (do Pachuca). Paga-se R$ 2,48 / um se o troféu ficar em casa.

Olho na Costa Rica! Vice-líder das eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, os Ticos podem surpreender. A nação da América Central está cotada a R$ 5,13 / um e virá e chegará aos Estados Unidos com o que tiver de melhor. O quadro é cada vez mais experiente e seus convocados estão espalhados em clubes ao redor do planeta. Joel Campbell, do Arsenal, é o líder deste grupo, que deverá ver Umaña (do Alajuelense) e Ruiz (do Sporting de Lisboa) chegarem a cem duelos pelo selecionado.

O último participante em que aposto minhas fichas é Honduras. Os Catrachos têm no comando Jorge Luis Pinto, experiente, que já dirigiu muitas agremiações na América Latina, inclusive as seleções de Colômbia e Costa Rica. Os alvianis conquistaram o certame de sua região contra outras equipes medianas, como Costa Rica e os anfitriões Panamá. Experiência, porém, pode faltar aos jogadores, já que a maioria atua na liga doméstica. O zagueiro Figueroa, que tem contrato com o Dallas FC, já tem 136 partidas por seu país. Quem acreditar nos hondurenhos, poderá receber excelentes R$ 42,50 para um. Aposte mil reais e compre um carro de até R$ 42.500.

Não acredito que os outros oito participantes possam prevalecer. Sei que a tentação é muito para ganhar R$ 151 / um com El Salvador ou Martinica, mas recomendo prudência para não jogar seu dinheiro fora.

Como chegaram à Copa de Ouro?

As repúblicas da América Central disputaram a Copa Centro-americana no começo deste ano. Como a FIFA suspendera a federação guatemalteca, o torneio foi disputado num hexagonal de turno único, na Cidade do Panamá. Honduras somou 13 dos 15 pontos possíveis e ficou com o título. Também se classificaram Panamá (dez), El Salvador (sete) e Costa Rica (seis). A Nicarágua (quatro) avançou para a Repescagem e Belize (um) foi eliminado.

Diversas ilhas e pequenas nações disputaram a Copa do Caribe. Ao final, Curaçao conquistou pela primeira vez o troféu ao derrotar a Jamaica na grande final. Guiana Francesa, terceira colocada, e Martinica também se classificaram para a Copa de Ouro. O Haiti ficou em quinto e foi jogar a Repescagem.

A vaga da Repescagem ficou com a Nicarágua, que perdeu a partida de ida por 3 a 1 para o Haiti mas mudou a história na volta ao ganhar por 3 a 0.

Estados Unidos, Canadá e México foram isentos de disputar as eliminatórias.

Rodada de abertura

Na sexta-feira, assistiremos a uma goleada do Canadá sobre a estreante Guiana Francesa (R$ 1,32 / um) e um choque interessantíssimo entre Honduras e Costa Rica. Quem vencer este embate latino poderá almejar ir longe na Copa de Ouro.

No sábado, os Estados Unidos devem se impor ao Panamá e fico curioso para saber como será Martinica x Nicarágua. Esta peleja deve ser de nível técnico bem baixo.

No domingo, veremos se o campeão caribenho conseguirá fazer frente novamente à Jamaica, que busca sua revanche, já que ficou com o vice da região. No mesmo dia, como será que os reservas do México encararão os titulares de El Salvador, seleção que se enfraqueceu muito nos últimos anos.

Curiosidades
  • Campeão em dez oportunidades, o México disputará pela 21a a copa de seleções da CONCACAF. O país é o maior campeão e o maior presente em fases finais do certame.
  • Costa Rica e Honduras aparecerão pela 19a vez na competição. Os hondurenhos só ficaram com a taça uma vez (em 1981) os costarriquenhos prevaleceram em 1963, 1969 e 1989.
  • Será a 16a vez que os anfitriões estarão concorrendo ao título. Eles lutarão pela sexta volta olímpica de sua história.
  • El Salvador tem o mesmo número de participações dos Estados Unidos mas nunca foram campeões.
  • Completam a lista de vencedores o Canadá (duas conquistas em 14 aparições); Haiti (uma em 13); e Guatemala (uma em 18).
  • Uma das maiores ausência desta fase final é Trinidad & Tobago. O arquipélago caribenho já participou de 15 edições da maior batalha entre países da sua confederação.
  • Curaçao quebrou o jejum de 48 anos e voltará a jogar a Copa da CONCACAF.
  • Enquanto isso, a Guiana Francesa será a debutante. Ela iguala o feito de Antilhas Holandesas, Belize e São Vicente & Granadinas.
As chaves da 1ª fase
  • Grupo A: Canadá, Costa Rica, Guiana Francesa e Honduras.
  • Grupo B: Estados Unidos, Martinica, Nicarágua e Panamá.
  • Grupo C: Curaçao, El Salvador, Jamaica e México.

Confira os Odds de 02 de julho, segundo o Bet365

Sexta-feira, 07 de julho:
  • 20h00: (R$ 8,00) Guiana Francesa x Canadá (R$ 1,32) (Empate R$ 4,75)
  • 22h00: (R$ 3,40) Honduras x Costa Rica (R$ 2,17) (Empate R$ 3,00)
Sábado, 08 de julho:
  • 17h30: (R$ 1,64) Estados Unidos x Panamá (R$ 5,20) (Empate R$ 3,50)
  • 20h00: (R$ 2,65) Martinica x Nicarágua (R$ 2,40) (Empate R$ 3,45)
Domingo, 09 de julho:
  • 20h00: (R$ 3,85) Curaçao x Jamaica (R$ 1,89) (Empate R$ 3,35)
  • 22h00: (R$ 1,19) México x El Salvador (R$ 12,50) (Empate R$ 6,00)
Outrights:
  • 1o México - R$ 2,30
  • 2o Estados Unidos - R$ 2,48
  • 3o Costa Rica - R$ 5,13
  • 4o Panamá - R$ 20,00
  • 5o Jamaica - R$ 37,50
  • 6o Honduras - R$ 42,50
  • 7o Canadá - R$ 56,00
  • 8o Curaçao - R$ 96,00
  • 9o Nicarágua - R$ 101
  • 10o Guiana Francesa - R$ 126
  • 11o El Salvador - R$ 151
  • 11o Martinica - R$ 151

Os Campeões:

Campeonato da CONCACAF:
  • 1963 - Costa Rica
  • 1965 - México
  • 1967 - Guatemala
  • 1969 - Costa Rica
  • 1971 - México
  • 1973 - Haiti
  • 1977 - México
  • 1981 - Honduras
  • 1985 - Canadá
  • 1989 - Costa Rica
Copa de Ouro da CONCACAF:
  • 1991 - Estados Unidos
  • 1993 - México
  • 1996 - México
  • 1998 - México
  • 2000 - Canadá
  • 2002 - Estados Unidos
  • 2003 - México
  • 2005 - Estados Unidos
  • 2007 - Estados Unidos
  • 2009 - México
  • 2011 - México
  • 2013 - Estados Unidos
  • 2015 - México

Comments