Melhores Sites De Apostas

Irmãos? Que nada. A Argentina vai devorar o Uruguai (com chimichurri e tudo)

Pobre Uruguai. Falam de mística, catimba e pontapés. Mas na escola onde eles estudam, a Argentina já foi expulsa. A resposta? Às 20h em Montevidéu

Esta turma do “ódio ao futebol moderno” pode recolher um pouco da mágoa e do rancor e pregar o olho na TV e no celular às 20h (de Brasília) desta quinta (31) que a diversão é garantida no fantástico Uruguai x Argentina, o clássico do Rio da Prata que leva a campo tudo o que a hombridade sul-americana tem de melhor (ou seria de pior?): muita raça, muita pancada, muita catimba. Uma descomunal vontade de ganhar. E uma incapacidade total de aceitar a derrota.

O velho Uruguai não vai aguentar a“polenta” argentina

A polenta como é conhecida no Brasil tem outro significado nos vizinhos Uruguai e Argentina. Significa “energia nova”. Palavra em português que seria semelhante? “Jovialidade”.

Pois bem. É esta “polenta” argentina que vai, certamente, deixar a decadência uruguaia tão clara nesta noite em Montevidéu. Matheus Filippi, querido, você sabe. A cidade é muito querida, os uruguaios talvez sejam os mais educados da América do Sul, mas quando o assunto é futebol, eles deixam esta educação debaixo do banco do vestiário. A pancada rola solta, e você tem dose de razão quando diz que é mesmo só isso que pode parar Messi, Di María, Dybala e Icardi, o melhor ataque do mundo – e até os brasileiros devem concordar, porque não há neste cosmos chamado futebol alguma conjectura de astros tão favorável quanto esta atual órbita argentina.

Nem precisava tanto, Matheus. O Uruguai está tão ultrapassado que se apega, vejam só, ao “Maracanazo”, a vitória sobre o Brasil em 1950, quando nem os nossos avôs eram nascidos!

Convenhamos: a Argentina não é o Brasil. Jamais perderia uma Copa em casa. Lembram do 6x0 no Peru em 1978? É assim que se joga uma Copa do mundo diante de sua torcida. Com raça e atropelando os adversários. E não engolindo sete gols e dando papelão.

Não há como sair sete gols hoje. Se sair o quarto, Pepe Mujica já entra em campo, senta na bola e para o jogo. As coisas neste lado do mundo não são pacíficas e “tranquis” como aí.

É impossível também que saia uma goleada como a do Brasil para cima do Uruguai, quando o 4x1 de Neymar, Tite e Paulinho foi aplaudido até pelos educados montevideanos.

Se houver o terceiro gol argentino nesta noite, uma briga generalizada interrompe o jogo - e estamos conversados. Ya ta, Matheus querido.

Não, ainda não estamos conversados, temos outra coisa para falar: com todo o respeito aos idosos uruguaios, queridos ao extremo, muy amables con nosotros argentinos e também brasileiros: mas dá para levar a sério um técnico de 70 anos como o Maestro Óscar Tábarez, alguém que está em campo desde antes da descoberta da Lua? Ele está doente e só se locomove em cadeira de rodas e com uma bengala. Quer prova maior da decadência uruguaia, Matheus? O Uruguai nem deixa o Maestro descansar e formar seus pupilos sem tanto estresse!

Palpite

O Uruguai é o retrocesso em forma de seleção. Perdeu para Brasil, Chile (!) e Peru (!!). Não venceu pelas Eliminatórias neste ano. E querem derrotar justo a soberania argentina? Pobrecitos.

A única chance de resultado diferente do normal é que Argentina e Uruguai se vejam como irmãos que andam juntos e devem se proteger dos demais, e nesta tabela esses forasteiros têm os nomes de Colômbia, Chile e Equador. Um empate seria conveniente tanto a uruguaios como argentinos, e jogos um pouco pacíficos demais já foram vistos em Eliminatórias passadas. Anote aí: o 1x1 é um plano B, rendendo R$ 6,00 a cada R$ 1,00 investido, segundo o Bet365.

Mas – escute bem, Matheus - como somos Argentina nomás, vale estudar com carinho o desencanto do quarteto Di María, Messi, Dybala e Icardi com um 2x1 espetacular que não machucaria tanto o Uruguai ao menos no placar, porque eles estão machucados antes mesmo do jogo, basta ver a milagrosa - e talvez mentirosa - milésima recuperação de Luis Suárez.

Este 2x1 renderia R$ 9,00/R$ 1,00! Daria para comprar uma boa carne, temperar com chimichurri, esquentar uma água e tomar um mate divino. (Sem esquecer, claro, do alfajor com doce de leite que faz cair o dente, de tanto açúcar que tem e tão divino que é. A soberania argentina não se sente apenas em campo - também no paladar.)

Jogo da 15ª rodada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa 2018

Quinta-feira, 31 de agosto

Odds em 31 de agosto, segundo o Bet365

  • 20:00 – Uruguai (R$ 3,25) x Argentina (R$ 2,22); empate (R$ 3,31) - Palpite: Argentina (y Malvinas!)

Comments