Melhores Sites De Apostas

Palpites de Portugal x Chile, que coloca frente a frente os campeões da Europa e da América

Com um melhor rendimento na primeira fase, portugueses entram como favoritos

Deu a lógica na fase de grupos da Copa das Confederações 2017. Portugal, Chile, México e Alemanha confirmaram seus favoritismos e avançaram para as semifinais. Agora, não tem mais tempo para testes e quem perder está fora. A primeira disputa ocorre já nesta quarta-feira, às 15 horas, colocando os vencedores da Eurocopa e da Copa América em embate direto.

O duelo até deve ter certo equilíbrio, mas com um futebol mais empolgante os portugueses entram como mais cotados, dando R$ 2,38 em cada real, de acordo com projeções do Bet365.

Portugal superior na fase de grupos

Se for considerar a primeira fase, não restam dúvidas da capacidade da Seleção Portuguesa. Foi possivelmente a equipe que apresentou maior regularidade. O único resultado um pouco abaixo do esperado foi o empate com o México, em 2 a 2, na estreia, mas como só levou o gol nos últimos minutos, ainda assim passa mais segurança - principalmente porque as partidas contra a Rússia e Nova Zelândia foram tranquilas.

O duelo contra os anfitriões era uma das chaves para determinar até onde Portugal poderia chegar, e a resposta foi bem positiva. Já a rodada final foi meramente protocolar, pois a diferença técnica era considerável.

A equipe ainda conta com Cristiano Ronaldo, que é certamente o melhor jogador desta temporada. O atacante até foi poupado do segundo tempo do último jogo, e deve chegar em condição de fazer uma boa partida nestas semifinais. Apesar do desgaste de fim de temporada, a seleção conta com ótimos jovens à disposição, que podem compensar o cansaço dos mais experientes, como Quaresma.

Porém, nem tudo são flores e Portugal também entra em campo com problemas. Raphael Guerreiro e Bernardo Silva estão lesionados e não devem ter condições de jogo nesta quarta-feira. Os atletas são peças importantes e suas ausências enfraquecem um pouco a qualidade do time, mas não devem roubar o favoritismo português.

Chile não apresenta estabilidade

O principal fator para duvidar do time chileno de Juan Pizzi é a instabilidade apresentada. O mesmo time que conquistou as últimas duas Copas América sofre nas eliminatórias sul-americanas e isso tem sido visto também na Copa das Confederações.

Após uma empolgante estreia contra Camarões, quando ganharam de 2 a 0, o futebol do Chile desapareceu. A equipe não conseguiu mais que um empate em 1 a 1 com a desfalcada Alemanha e repetiu o resultado diante de uma frágil Austrália. Foram dois resultados ruins para quem tem ambição de enfrentar um adversário pronto e com grandes talentos individuais.

A única diferença positiva é que, ao contrário de Portugal, os chilenos chegam mais inteiros para esta primeira decisão. Diante da Austrália, o goleiro Claudio Bravo retornou ao gol e com isso a equipe vem completa. Além disso, o técnico Pizzi optou por poupar algumas peças, como Gary Medel e Beausejour na última partida, o que faz com que entrem descansados neste próximo compromisso.

Ainda assim, a equipe corre por fora e oferece R$ 3,20 por um triunfo. O empate no tempo normal garante o mesmo valor. Mesmo quem acredita que o jogo vai terminar na igualdada pode investir na classificação de um dos dois - neste caso, os portugueses dão 73% de lucro por um lugar na final, enquanto os chilenos pagam o dobro do valor aplicado por avançarem.

Retrospecto quase inexistente

Apesar de serem seleções que disputam frequentemente Copas do Mundo e aparecem entre os melhores do ranking, Portugal e Chile praticamente não possuem história de confrontos. Ao todo foram três encontros, porém o único relevante ocorreu em 2011, quando terminaram empatados em 1 a 1 no amistoso disputado em Leiria (POR).

Antes disso, os portugueses haviam batido os chilenos por 4 a 2 nas Olimpíadas de 1928, e por 4 a 1 na Taça Independência, realizada em 1972.

O que esperar do jogo

Com duas defesas frágeis e ataques fortes, a expectativa é de um jogo recheado de gols. Sendo assim, a dica é investir em no mínimo quatro bolas na rede, que paga R$ 4,00 em cada real, mas o meu palpite é de cinco gols, rendendo inacreditáveis R$ 9,00. Isso porque como os portugueses devem levar a melhor, a tendência é um 3 a 2, que vale R$ 34,00 para quem confiar no placar exato. Qualquer outro rende no mínimo R$ 6,00 para R$ 1,00. Outra ótima aposta na partida é contar que os dois clubes marcam, o que dá 91% de lucro.

Odds da Copa das Confederações

Confira os valores em 26 de junho, segundo o Bet365.

Semifinal 1
  • 28/06: 15h – Portugal (R$ 2,38) x Chile (R$ 3,20); empate (R$ 3,20)
Semifinal 2
  • 29/06: 15h – Alemanha (R$ 2,10) x México (R$ 3,75); empate (R$ 3,60)

Comments