Melhores Sites De Apostas

Prévia aponta retorno de 263% em vitória de EUA ou México

Foto: Rich Lam/Getty Images

De todas as eliminatórias, a da Concacaf é a que está mais aberta, pois inicia nesta sexta-feira uma nova fase e com todas as equipes zeradas. Porém, logo na abertura, um confronto promete mexer com o hexagonal. Estados Unidos e México se enfrentam e quem vencer garante R$ 2,63 por cada real investido.

Além do fato de terem passado na primeira colocação de seus grupos na fase anterior, as seleções são também as que mais representaram o continente em Copas do Mundo. Os mexicanos lideram o quadro e só ficaram de fora de cinco das 20 edições realizadas. Já os americanos estiveram presente em 10 mundiais. Com tanto equilíbrio, o ganho só poderia ser igual em triunfo para qualquer um dos lados. O empate ainda rende mais, R$ 3,30 em cada real. Outro fator similar entre as seleções é que não perdem há exatos quatro partidas.

Apesar de serem forças quase equivalentes, os Estados Unidos levam ampla vantagem nos confrontos recentes. Nos últimos sete encontros, foram três vitórias e quatro empates no tempo normal. O último triunfo mexicano durante os 90 minutos aconteceu em junho de 2011, porém o duelo de outubro do ano passado também foi especial para a equipe. Em encontro válido pela Copa da Concacaf, a seleção derrotou os americanos por 3 a 2 na prorrogação. A competição realizada entre os dois últimos vencedores da Copa Ouro tem sua importância pois vale vaga para a Copa das Confederações.

Se os ganhos estão empatados, uma forma de sair com um lucro ainda maior é no handicap. Nele, um triunfo dos EUA por dois ou mais gols de diferença garante R$ 5,60 para cada real contra R$ 5,90 dos visitantes. Mas se pintar goleada por no mínimo três de saldo, o retorno sobe para R$ 14,50 e R$ 14,00 respectivamente. Algo que não acontece desde a Copa Ouro de 2009, quando o México venceu por 5 a 0.  Quem investir que o embate tem mais de três gols ainda leva R$ 2,20.

Trinidad e Tobago x Costa Rica

Terceiro com maior número de presenças em Mundiais, com quatro participações, a Costa Rica começa o hexagonal fora de casa diante de Trinidad e Tobago, que até hoje só disputou a edição de 2006. Mesmo longe de seu país, a seleção é a grande favorita para o duelo, dando R$ 1,62 para cada real investido. O lucro aumenta em R$ 1,13 se o triunfo for por no mínimo dois gols de diferença. Assim como Estados Unidos e México, a equipe também passou em primeiro lugar do seu grupo e chega nesta fase final com uma campanha invicta. Foram cinco vitórias e um empate na etapa anterior. Para animar ainda mais a sua torcida a última vez que os costa-riquenhos foram derrotados para o adversário no tempo normal foi em 1991. Desde então, se enfrentaram mais 11 vezes, com oito vitórias e três empates. Do outro lado, Trinidad e Tobago vive um momento complicado. Só ganhou um dos seus sete compromissos recentes. Sendo que em três a defesa sofreu no mínimo quatro gols. Caso consiga deixar essa turbulência para trás e arranque um resultado positivo em casa os investidores levam R$ 6,00. Um empate no duelo paga R$ 3,60.

Honduras x Panamá

Também na rodada, a Honduras, que disputou as últimas duas Copas, recebe o Panamá, que busca sua estreia em mundiais. Jogando em casa e com mais tradição, os hondurenhos são os grandes favoritos para o embate, dando R$ 1,91 em cada real. A sequência de cinco jogos sem perder também ajuda a dar a moral. A seleção não perde desde maio deste ano, quando caiu diante da Argentina por 1 a 0. Já os panamenhos amargam duas derrotas seguidas, para Costa Rica e México. A expectativa da equipe é ter mais sucesso que nas eliminatórias para 2014, quando chegou a flertar com uma vaga na repescagem, mas acabou a perdendo para os mexicanos. Para enfim conseguir um lugar precisa aproveitar o bom retrospecto contra o adversário da primeira rodada. São duas vitórias e quatro empates nos últimos seis encontros. A última vez que a seleção saiu de campo derrotada foi em dezembro de 2010, quando perdeu um amistoso por 2 a 1. Três anos atrás, pela mesma competição e também fora de casa, os panamenhos foram buscar o empate no último minuto de jogo. Uma nova igualdade rende R$ 3,30 em cada real. Caso o Panamá saia vitorioso, garante R$ 4,20. Quem investir que o duelo tem mais de três gols ainda leva R$ 2,40.

Comments