Melhores Sites De Apostas

Favoritos em quadra esta terça na NBA!

Foto: Elsa/Getty Images

Confira os palpites para os jogos desta noite

Depois de uma segunda-feira agitada, com 11 jogos, a NBA dá uma relaxada e traz apenas três partidas nesta terça. No entanto, é bom você não deixar passar, pois em dois confrontos os favoritos são bem superiores.

O principal caso é o encontro entre Charlotte Hornets e Brooklyn Nets. O time da casa nem vem bem, na verdade, chega de uma seca terrível, com sete derrotas seguidas, e até saiu da zona de classificação para os playoffs. Porém, tem a grande chance de recuperação agora, pois encara o último colocado da Conferência Leste.

Os Nets são tão inferiores, que só venceram nove das 51 apresentações nesta temporada. E quando considerado apenas os jogos fora de casa, a situação fica ainda pior, pois só em duas ocasiões voltaram com um resultado positivo. Por este motivo, é um completo azarão e oferece R$ 5,40 em cada real por uma zebra.

Do lado dos Hornets, é importante falar que a franquia pegou uma sequência difícil. Das sete derrotas, quatro foram contra adversários que estão na zona de classificação para os playoffs, e outros três estão na briga.

Com isso, deve vencer os Nets sem muita dificuldade e render R$ 1,15 com este fim de jejum, de acordo com projeções do Betsson. A esperança para o feito passa pelas mãos de Kemba Walker, que tem 22,8 pontos de média.

Rockets também busca vitória

Tanto o Houston Rockets, como James Harden, não estão repetindo a boa fase do começo da temporada. No entanto, o desempenho ainda tem sido bem satisfatório e a franquia aparece na terceira colocação do Oeste, enquanto o armador ainda está no topo das estatísticas. O camisa 13 é o terceiro maior pontuador da liga, com 28,9, o principal assistente, com 11,4, e ainda conta com 8,2 rebotes de média. Ele é praticamente o dono da franquia, pois nenhum outro nome do elenco aparece entre os 30 melhores em nenhum um desses fundamento.

Acontece que mesmo com estes números positivos, os Rockets não conseguem duas vitórias seguidas desde 10 de janeiro. Depois disso foram 14 compromissos, sempre revezando em triunfos e reveses. A chance de dar fim a isso é nesta terça-feira, pois o Orlando Magic é apenas o 13º colocado do Leste, e só venceu três das últimas 10 partidas.

Com a diferença técnica tão grande, o Houston garante apenas R$ 1,14 por cada real em um resultado positivo, mas vale investir numa diferença de sete pontos, que aumenta o lucro em mais R$ 0,36. Foi exatamente por esta margem que a franquia levou a melhor no dia 6 de janeiro, quando ganhou por 100 a 93.

Do outro lado, o Magic sonha distante com uma briga pelos playoffs e dão R$ 6,50 se conseguirem repetir o feito de 2015, quando voltou para casa com uma vitória na bagagem.

Duelo por playoffs

Já o último jogo do dia está longe de ser moleza para um dos dois lados. O Dallas Mavericks deixou de ser saco de pancada e venceu nove de seus últimos 13 jogos. Como comparação, a franquia só havia vencido 11 em 38 partidas da temporada. De lanterna do Oeste saltou para a 10ª posição e está há quatro triunfos de derrubar o Denver Nuggets. A margem até poderia ser menor, se não tivesse perdido o confronto direto desta segunda-feira, por 110 a 87.

Porém, não há tempo para lamentações e a franquia tem que aproveitar a boa fase de Harrison Barnes, Yogi Ferrell e Seth Curry para ir em busca da reação. Pelo menos uma peça do trio normalmente passa dos 25 pontos e por isso ficam com meu favoritismo para o duelo desta noite, rendendo R$ 1,95 por cada real.

Além disso, o Dallas Mavericks levou a melhor em dois dos três encontros entre as equipes na temporada. No retrospecto recente a franquia também larga em vantagem com seis triunfos contra quatro derrotas nas últimas 10 partidas.

Com uma campanha levemente superior, o Portland Trail Blazers não chega a ser um azarão, mas corre por fora, dando R$ 1,98. O time tem duas vitórias a mais na tabela, mas chega de três derrotas em quatro jogos. Neste período, Damian Lillard, principal nome da equipe, ficou duas vezes sem alcançar os 20 pontos e isso pesou muito para a queda do Trail Blazers. Para vencerem, vão precisar de uma atuação fora de série do armador, que é o sétimo maior cestinha da temporada, com 26 pontos de média.

Comments