Melhores Sites De Apostas

Rodada dupla do Monday Night Football: Broncos vencem Chargers em um jogaço; Vikings dominam os Saints

Duelo eletrizante nas montanhas de Denver foi decidido com um field goal bloqueado no último segundo de partida

Os amantes da NFL sofrem demais durante os longos meses de pré-temporada, mas aguentam firme, pois sabem que vai valer a pena. E sempre vale. Quem ficou acordado na noite desta segunda-feira (11) teve o privilégio de acompanhar dois grandes jogos de futebol americano!  A rodada dupla do Monday Night Football terminou com uma vitória eletrizante do Denver Broncos por 24 a 21 contra o Los Angeles Chargers em Mile High e um triunfo maiúsculo do Minnesota Vikings diante do New Orleans Saints: 29 a 19 no US Bank Stadium.

Teste para cardíacos em Denver

Que jogo, senhores, que jogo! Certamente o torcedor das duas equipes teve dificuldades para dormir após um final extremamente emocionante nas montanhas do Colorado. Após estar perdendo por 17 pontos no último período, o Los Angeles Chargers foi buscar uma reação épica e por muito pouco não empatou o duelo nos segundos finais.

O time perdia por 24 a 21 e conseguiu posicionar seu kicker para um chute de 44 jardas no último lance do jogo - que levaria a disputa para a prorrogação.  Eis que entra em cena o jovem Younghoe Koo para o seu primeiro chute da carreira na NFL. Pressão absurda do calouro sul-coreano! Ele até mandou o chute na direção certa, mas a bola foi bloqueada pelo desconhecido Shelby Harris no meio do caminho. Incrível! O Los Angeles trocou de nome, mas não trocou de zica: mais uma derrota inexplicável.

Grande parte da reação dos Chargers no último período deve ser dedicada a defesa - que forçou dois turnovers e deu a Philip Rivers os drives que ele precisava para mostrar porque ainda é considerado um dos melhores da NFL. O veterano mostrou frieza e foi capaz de arquitetar uma improvável reação diante de uma das melhores defesas da atualidade.

Do outro lado, a sensação foi de alívio. A torcida presente no Sports Authority Field foi da euforia a apreensão a cada snap, afinal, os Broncos nunca em sua história haviam perdido uma partida após estarem vencendo por pelo menos 17 pontos em casa. Apesar da vitória, algumas pulgas ficam atrás da orelha do pessoal em Denver - e a maior delas tem nome e sobrenome: Trevor Siemian. O jovem quarterback até mostrou evolução do ano passado para cá, mas desapareceu no momento em que o time mais precisava dele no último período.

Apesar da reação dos Chargers não ter dado a vitória ao time, ela fez a alegria de milhares de pessoas que investiram no spread! Assim como dito no pré-jogo, o Los Angeles Chargers cobriram o spread e pagaram R$1,91 por real no Bet365. Pelo menos alguém na Califórnia deve ter ficado feliz com o resultado.

Vikings cobrem o spread com show de Sam Bradford

Assim como os Chargers, a equipe de Minneapolis também cobriu o spread de pontos. Que atuação fantástica do Minnesota Vikings! O time foi muito superior nos dois lados da bola oval e não deu qualquer chance ao New Orleans Saints no primeiro Monday Night Football da temporada 2017. O jogo não foi recheado de emoção, mas porque os Vikes não deixaram: a defesa provou que chega mais forte do que nunca e o ataque parece finalmente ter engrenado nas mãos de Sam Bradford.

O quarterback calou os críticos com uma performance quase que impecável: completou 27 de 32 passes tentados, 346 jardas, três touchdowns e nenhuma interceptação! Números que geram um rating quase perfeito de 142,9. Ele aproveitou o bom trabalho de sua linha ofensiva e tratou de abrir uma vantagem confortável com dois passes para touchdown procurando o WR Steffon Diggs. Minnesota gastou o relógio no segundo tempo e administrou a vantagem com as corridas do calouro Dalvin Cook. O jovem RB correu incríveis 157 jardas em sua estreia na NFL. Fique de olho nesse garoto!

Do outro lado, fica a frustração de um ataque que rendeu muito abaixo do esperado e de uma defesa que, apesar da reformulação, parece fadada a mais um ano entre as piores da liga. Drew Brees sofreu demais com o pass-rush de Minnesota e não foi o QB genial que acostumamos a ver. Ele foi obrigado a lançar 37 bolas pelo jogo corrido quase que inexistente! O desempenho de Adrian Peterson, centro das atenções por enfrentar o seu ex-time, diz tudo: seis carregadas para 18 jardas. Pífio, como diria o outro.

Quem seguiu o nosso conselho e investiu nos Vikings se deu muito bem! O time não só saiu com a vitória como também cobriu o spread - pagando R$1,91 a cada real investido no Bet365. Curiosamente, o jogo não teve nem mais e nem menos do que 48 pontos… teve exatamente 48 pontos! E o que acontece com a minha aposta de over/under quando isso acontece? O dinheiro é devolvido.

 

Comments