Melhores Sites De Apostas

Super Bowl rende muitas cifras e não apenas com o vencedor

Foto: Jim Rogash/Getty Images

Lucros com a primeira pontuação e números de touchdowns são bem interessantes

Como dois passeios, New England Patriots e Atlanta Falcons venceram suas conferências e estão garantidos no Super Bowl LI. O jogo acontece no dia 5 de fevereiro, no NRG Stadium, em Houston, no Texas.

Para começar, a expectativa é que o confronto seja um pouco mais equilibrado que os demais jogos destes playoffs, que foram em grande maioria vencido por lavadas. Mas, sobre quem leva a melhor neste encontro você vai ver na próxima semana. Antes disso, confira algumas dicas de como faturar neste duelo sem ser apontando o grande campeão. Alguns destes odds do duelo ainda não estão disponíveis, mas você vai encontrar no Bumbet ao longo desta e da próxima semana.

Super Bowl deve abrir com um touchdown

A forma da primeira pontuação e o número de touchdowns no jogo são excelentes opções para você faturar logo de cara. Na edição 48, por exemplo, o Seattle Seahawks abriu o placar graças ao safety, conseguindo derrubar o quarterback na endzone, e isto rendeu R$ 40,00 por cada real investido. Uma maravilha de retorno logo com um minuto de jogo. Mais rápido que isto só se você acertar se sai cara ou coroa, que paga R$ 1,95, de acordo com o Bumbet.

No entanto, apesar do safety ter inaugurado o marcador em duas das últimas cinco decisões da NFL, o feito é bem raro, principalmente em uma partida tão importante. Nos jogos do New England Patriots, esta forma só abriu o jogo em uma ocasião das 10 apresentações recentes. O mais rotineiro foi o bom e velho touchdown, que ocorreu cinco vezes, contra quatro do field goal. Com isso, é nele que você deve investir. Pois além dos Patriots terem bom retrospecto com a jogada, o Atlanta Falcons também gosta de começar em grande estilo e tira o zero do placar assim há oito partidas seguidas. Claro que na final tudo é diferente, mas o histórico dos dois clubes traz a expectativa para um touchdown. No entanto, se você confiar em um fiel goal, saiba que foi com um chute que o Denver Broncos começou o trabalho rumo a vitória para cima do Carolina Panthers na edição passada. Mas vale deixar um investimento em alguém ultrapassando a endzone ainda no primeiro quarto.

Pontuação alta

Os dois times ultrapassaram tranquilamente a margem dos 30 pontos em todos os jogos dos playoffs e a tendência é que a partida passe dos 60 na grande final, garantindo R$ 2,00 por cada real. Isto deve gerar em um grande número de touchdowns, próximo ou até superior aos oito da edição 47. Portanto, invista nesta quantidade para o duelo e saiba que nas últimas cinco decisões, todas as vezes os jogadores ultrapassaram pelo menos quatro vezes a endzone. Tarefa fácil para Atlanta Falcons, que anotou seis TD diante do Green Bay Packers, e o New England Patriots, que marcou quatro para cima do Pittsburgh Stelers, nas finais das Conferências.

Jogadores em destaque

Para MVP, a expectativa sem dúvida é de que o prêmio vá para as mãos de Tom Brady. O jogador tem sido determinante e com quatro títulos de NFL, tem experiência o suficiente para brilhar em uma outra final. Pelo lado dos Falcons, Matt Ryan também faz uma grande temporada, mas sem ele e nem a franquia nunca terem vencido o campeonato correm por fora. É bem verdade que se ele conduzir o Atlanta a uma inédita conquista, se credencia ao fato, mas a defesa dos Patriots deve ajudar Brady a levar a melhor neste duelo particular.

Já no ataque, vale separar algumas cifras para aplicar nos touchdowns de Devonta Freeman e Tevin Coleman, para os Falcons. O primeiro anotou oito nas últimas sete partidas, enquanto o segundo pontuou nas quatro recentes. Do lado dos Patriots, a expectativa fica em Chris Hogan, que fez dois TD na final da Conferência, e Dion Lewis, com três na semi. Porém, é bom ficar de olho também em LeGarrette Blount e Julian Edelman.

Um ponto importante é que não é recomendável investir que eles chegam a endzone duas ou mais vezes. Os lucros até seriam maiores e tentadores, mas é melhor ser cauteloso e faturar com um apenas. Apesar de terem potencial e estatísticas para isso, o feito é raro no Super Bowl e a última vez que um atleta anotou mais de um touchdown na grande final foi na edição 45, quando Greg Jennings recebeu dois passes de Aaron Rodgers e pontuou.

Comments