Melhores Sites De Apostas

Espanha, Eslovênia, Rússia e Sérvia decidem o Europeu de Basquete. Título russo paga R$ 10,00 para um!

Semifinais acontecem hoje e amanhã e a grande final é no domingo. (Foto: FIBA/Site Oficial)

Depois de entrarem em quadra por sete partidas da fase de grupos e do mata-mata, chegamos ao final four do Eurobasket, o campeonato europeu de seleções. As tradicionais e sempre favoritas Eslovênia, Espanha, Rússia e Sérvia chegaram lá. Quem curte o esporte da bola laranja não pode perder os capítulos finais que determinarão o novo rei da Europa. Confira abaixo as últimas notícias e os prognósticos, segundo o betsson.

A escolha da sede

Devido à guerra civil em andamento no leste da nação a Ucrânia abriu mão da organização da fase final do Eurobasket.

Somente em dezembro do ano passado, a FIBA Europa optou por uma sede compartilhada. Assim, a primeira fase foi dividida em Cluj-Napoca (na Romênia), Helsinque (na Finlândia), Istambul (na Turquia) e Tel-Aviv (em Israel). O mata-mata ficou todo na sede turca.

Todos os cinco ginásios utilizados no certame têm capacidade entre 10 e 16 mil espectadores, sendo o Sinan Erdem Dome, na principal cidade da Turquia, o maior deles.

Como se classificaram?

As quatro nações que receberam os jogos ganharam vagas automáticas: Finlândia, Israel, Romênia e Turquia.

Os nove melhores do Eurobasket de 2015 não precisaram disputar as eliminatórias: Croácia, Espanha, França, Grécia, Itália, Letônia, Lituânia, República Checa e Sérvia.

Já Alemanha, Bélgica, Eslovênia, Geórgia, Hungria, Islândia, Montenegro, Polônia, Reino Unido, Rússia e Ucrânia precisaram desclassificar Albânia, Áustria, Belarus, Bósnia & Herzegovina, Bulgária, Chipre, Dinamarca, Eslováquia, Estônia, Holanda, Kosovo, Luxemburgo, Macedônia, Portugal, Suécia e Suíça nos grupos classificatórios.

Como chegaram às semifinais?

A Espanha venceu todos os duelos do grupo A contra Croácia, Hungria, Montenegro, República Checa e Romênia. No mata-mata, ganhou da seleção anfitriã e depois bateu os alemães.

A Eslovênia também passou da chave B de forma invicta superando Finlândia, França, Grécia, Islândia e Polônia. Nas oitavas de final tirou a Ucrânia, e nas quartas, a Letônia por seis pontos.

Rússia e Sérvia estavam no hexagonal da morte que também tinha a Letônia. Cada um destes três ganhou quatro pelejas com destaque para a difícil vitória russa sobre os sérvios por 75 a 72 (R$ 4,11 / um). Na segunda fase, a Rússia derrotou a Croácia, enquanto que a Sérvia passou pela Hungria. Na terceira etapa, os do Kremlin superaram os de Acrópoles, enquanto que a Sérvia não tomou conhecimento da Itália.

Espanha x Eslovênia

A Espanha é favorita ao título e paga-se R$ 1,50 / um se ele acontecer. Basta lembrar que os ibéricos conquistaram três dos últimos quatro Europeus: 2009, 2011 e 2015. Grande parte do elenco atua na NBA, como os conhecidos Pau Gasol (San Antonio Spurs), Sergio Rodríguez (Philadelphia 76ers), Ricky Rubio (Minnesota Timberwolves), Marc Gasol (Memphis Grizzlies), Willy Hernangómez (New York Knicks), Álex Abrines (Oklahoma City Thunder) e Juan Hernangómez (Denver Nuggets). O campeão nacional é o Valencia, que cedeu quatro atletas: Joan Sastre, Guillem Vives, Pierre Oirola e Fernando San Emeterio.

A Eslovênia igualou seu melhor desempenho no Eurobasket, que foi o quarto posto de 2009. Seu título está cotado a R$ 6,50 / um, e vencer a armada do Rei Felipe VI, oferece-se R$ 3,72 / um. Os jogadores de destaque têm sido Goran Dragic (do Miami Heat) e a dupla do Real Madrid Luka Doncic e Anthony Randolph.

Contra os eslovenos, os latinos ganharam cinco dos seis últimos enfrentamentos. Quem acha pouco o retorno de 23% para derrotar o rival do leste-europeu, pode investir que a Roja ganha tanto o primeiro, quanto o segundo tempos, o que aumenta o prêmio para 70% Já se a Espanha sair na frente e tomar a virada, a recompensa sobe para excelentes R$ 10,00 / um.

Rússia x Sérvia

Campeã em 2007, a Rússia estava suspensa pela FIBA e não pôde concorrer na edição de dois anos atrás. Apesar dos russos serem considerados a quarta força destas semifinais, é bom lembrar que na fase de classificação, o país de Putin derrotou o de Aleksandar Vučić. O plantel da Águia Dourada é formado basicamente por três clubes: seis peças pertencem ao CSKA de Moscou, quatro são do Lokomotiv de Kuban e TImofey Mozgov, do Los Angeles Lakers, se junta a eles.

A Sérvia é sempre muito forte, mas jamais deu a volta olímpica. Seu máximo foi receber a medalha de prata em 2009. O principal nome é Boban Marjanovic, do Detroit Pistons. O restante dos selecionados atua pelos principais clubes da própria liga sérvia e do restante da Europa, como Espanha e Turquia.

A revanche do primeiro encontro com a Rússia gera R$ 1,53 / um, contra R$ 2,60 / um se os organizadores da Copa de 2018 passarem adiante.

A aposta no título dos balcânicos vale R$ 5,50 / um, contra R$ 10,00 / um dos ex-soviéticos.

Transmissão

Os assinantes do canal Esporte Interativo podem acompanhar as emoções do Eurobasket ao vivo.

Semifinais

Quinta-feira, 14 de setembro

Odds em 13 de setembro, segundo o betsson.

  • 15h30: (R$ 1,29) Espanha x Eslovênia (R$ 3,72) – palpite: Espanha.
Sexta-feira, 15 de setembro
  • 15h30: (R$ 2,60) Rússia x Sérvia (R$ 1,53) – palpite: Sérvia.

Outrights

  • 1. Espanha, R$ 1,50
  • 2. Sérvia, R$ 5,50
  • 3. Eslovênia, R$ 6,50
  • 4. Rússia, R$ 10,00

Classificação Final

  • 5. Letônia
  • 6. Alemanha
  • 7. Itália
  • 8. Grécia
  • 9. Lituânia
  • 10. Croácia
  • 11. Finlândia
  • 12. França
  • 13. Montenegro
  • 14. Turquia
  • 15. Hungria
  • 16. Ucrânia
  • 17. Geórgia
  • 18. Polônia
  • 19. Bélgica
  • 20. República Checa
  • 21. Israel
  • 22. Reino Unido
  • 23. Romênia
  • 24. Islândia

Comments