Melhores Sites De Apostas

ATP de Hamburgo: Invasão argentina é a atração das quartas de final

Disputado no saibro, torneio alemão já teve campeões como Rafael Nadal e Roger Federer

Atração esportiva das mais extensas ao longo de todo o ano, o circuito mundial de tênis está nesta semana em Hamburgo, na Alemanha, onde ocorre o ATP 500 tradicionalmente realizado por lá. Esta graduação – 500 – significa a pontuação que o campeão soma no ranking, sendo a segunda chave mais forte que a ATP organiza ao redor do mundo, perdendo apenas para o Masters 1000, com toda a elite da modalidade.

Surpresas marcam o torneio até aqui

O ATP 500 de Hamburgo habitualmente conta com tenistas de topo, e um exemplo excelente de como o torneio costuma atrair nomes de peso é a lista de campeões, que nos últimos dez anos conta como lendas como o espanhol Rafael Nadal e o suíço Roger Federer, que neste ano não integram a chave do torneio.

Correndo o tempo um pouco mais, é possível encontrar em Hamburgo um título do catarinense Gustavo Kuerten, em 2000, e de verdadeiros gênios como o sueco Stefan Edberg e o norte-americano Ivan Lendl nos anos 80 e 90.

A edição 2017 conta com uma redução na lista de atrações – que ainda assim conta com nomes interessantes para o grande público. Os três tenistas mais conhecidos no começo do ATP 500 eram os espanhóis David Ferrer (número 33 do mundo) e Fernando Verdasco (#37) e o francês Benoit Paire (40º no ranking), além do uruguaio Pablo Cuevas (26º) e o francês Gilles Simon, hoje o 39º no ranking, mas que em seu auge chegou a ser o sexto e um digno rival para Federer. 

À medida que a competição foi se desenrolando, os favoritos todos caíram de uma maneira inesperada em Hamburgo. Verdasco foi eliminado logo na primeira rodada, por Jiri Vesely, da República Checa, enquanto o francês Benoit Paire durou um jogo a mais, sendo batido pelo argentino Nicolas Kicker na segunda partida.

Entre os “tops”, o nome mais forte, que seria o de David Ferrer, também não resistiu à competição. O veterano espanhol foi eliminado pelo argentino Federico Delbonis, então a atração principal passou a ser o francês Gilles Simon, que vai enfrentar, às 10h (de Brasília) desta quinta-feira (27), o alemão Philipp Kohlschreiber, que certamente vai contar com toda a torcida a favor.  

Argentina muito bem representada

Atual campeã da Copa Davis, a Argentina desta vez não conta em Hamburgo com o seu grande astro, Juan Martín Del Potro. Em compensação, o país vizinho - potência mundial quando o assunto é tênis, principalmente nas quadras de saibro - está com uma verdadeira legião ainda viva na competição.

Entre os participantes das oitavas de final, simplesmente cinco eram argentinos: Diego Schwartzman, Nicolas Kicker, Federico Delbonis, Horacio Zeballos e Leonardo Mayer. Nem a anfitriã Alemanha, com quatro tenistas, teve um contingente maior que o azul e branco – que, como eles mesmos gostam de falar, seguem invadindo o circuito da ATP com a típica união entre esforço e talento.

Mesmo na lista dos classificados às quartas, o desempenho do país vizinho é igualmente positivo. Dos cinco argentinos das oitavas, três já haviam garantido vaga nas quartas, com os outros dois ainda com chances de seguir no torneio.

O único confronto de quartas de final já definido para esta sexta-feira (28) terá também a presença argentina em quadra. Às 6h30 (de Brasília), Diego Schwartzman - que venceu até aqui o austríaco Andreas-Maurer e o alemão Stebe – enfrenta o também alemão Florian Mayer em um confronto que deve chamar a atenção pela qualidade de ambos nas quadras de saibro. Schwartzman é o favorito, segundo o Bet365. E sua cotação é de grande candidato à vitória, devolvendo apenas R$ 1,40 a cada R$ 1,00 investido em seu triunfo. Mayer, por sua vez, tem uma parada difícil pela frente, e os R$ 3,00 que seu resultado positivo renderiam ao apostador são bem compatíveis com o momento do tenista no circuito. Um nome dos mais perigosos quando estava no auge – chegou a ser o 18º do mundo em 2011 -, mas que agora está na posição de número 101, jogando torneios menores e não sendo apontado por favorito por ninguém que esteja fora de seu círculo de contatos, especialmente na Alemanha.

Jogos do ATP 500 de Hamburgo

Quinta-feira, 27 de julho

Odds em 27 de julho, segundo o Bet365

  • 10:00 – (R$ 1,40) Philipp Kolschreiber x Gilles Simon (R$ 2,47) – Palpite: Kolschreiber
  • 12:30 – (R$ 2,20) Leonardo Mayer x Jan-Lennard Struff (R$ 1,61) – Palpite: Struff
Sexta-feira, 28 de agosto
  • 06:30 – (R$ 1,40) Diego Schwartzman x Florian Mayer (R$ 3,00) – Palpite: Schwartzman

Comments