Melhores Sites De Apostas

Improvável derrota de Cris Cyborg no UFC Brasília pode gerar excelente retorno

O maior torneio de MMA do mundo chegará ao Brasil neste sábado (24), quando a capital Brasília receberá a gigantesca estrutura do UFC Fight Night 95. E na luta principal da noite, a brasileira Cris ‘Cyborg’ enfrentará a estreante sueca Lina Lansberg no que tem tudo para ser um verdadeiro massacre verde e amarelo. Além dela, outros 13 atletas nacionais competirão na mesma noite.

Favoritíssima diante da sueca, Cyborg parece ter uma preocupação muito maior com o período pré-luta do que com a sua adversária propriamente dita. Lina Lansberg possui 34 anos e um cartel de seis vitórias (quatro nocautes) e uma derrota como profissional. Ela prefere a luta em pé, mas trocar golpes com Cris não parece ser a estratégia mais inteligente para qualquer mulher do mundo. Será a estreia da europeia no maior torneio do planeta e o que se viu dela em outras organizações não deixou os fãs extremamente empolgados.

Cris, por sua vez, vem fazendo um esforço fora do comum para conseguir baixar de peso e atingir os 63,5 kg que deve bater para que a luta seja oficializada. Explica-se: a brasileira é campeã do Invicta FC, torneio parceiro do UFC, mas na divisão dos penas (66 kg) e tem extrema dificuldade em perder peso – no início da semana, ainda precisava secar 12 kg.

Ou seja, o maior desafio de Cris Cyborg com certeza estará em bater a balança, porque depois de fazer isso a vitória não deve demorar a vir. Tanto que a vitória da brasileira paga míseros R$ 1,07 por real apostado, enquanto que o triunfo de Lansberg oferece ao investidor um ótimo retorno de R$ 8,03.

‘Barão’ e ‘Pezão’ em situações diferentes

No segundo duelo mais aguardado a noite, o Brasil também detém o favoritismo. Ex-campeão peso-galo (61 kg) do UFC, Renan Barão fará apenas sua segunda apresentação nos penas. Apesar disso, o peso de uma carreira que conta com 33 vitórias, uma luta sem resultado e apenas quatro derrotas faz com que sua vitória seja mais possível do que a do seu oponente.

Do outro lado do octógono estará Plillipe Nover, de 32 anos. O americano de Nova York fez o caminho inverso ao de Barão e, depois de anos na categoria dos leves (70 kg), optou por baixar de peso. No Ultimate, possui apenas duas lutas, com uma vitória e uma derrota – ambas por decisão dividida dos juízes laterais. Caso vença, o experiente atleta fará os investidores pularem de alegria com uma taxa de retorno considerável de R$ 4,25. Se der Brasil, os sites de apostas pagam apenas R$ 1,22.

Já na categoria mais pesada do Ultimate, a situação se inverte no confronto entre Brasil e Estados Unidos. Com um histórico recente de apenas uma vitória nas últimas sete lutas, Antônio ‘Pezão’ é azarão diante de Roy Nelson. Seu triunfo paga R$ 4,22. Se o gordinho simpático vencer, quem apostou neste resultado embolsa R$ 1,22 por real apostado. Lembrando que as últimas apresentações do americano também não foram das melhores e ele detém apenas dois triunfos nas últimas oito apresentações.

Outro brasuca que não detém o favoritismo no UFC Brasília é o peso-leve Alan Patrick. Nuguette, como é conhecido, tem pela frente o perigoso Stevie Ray, ex-campeão do Cage Warriors. Se o brasileiro deixar o octógono com a mão erguida, seus investidores embolsam R$ 2,49. Caso o contrário ocorra e o escocês vença, o retorno é de apenas R$ 1,52.

Com tantos atletas nacionais no card, existe até a possibilidade de conseguir deixar o coração de lado e ficar feliz com qualquer resultado que vier dentro do octógono, podendo arriscar uma aposta naquele que pode trazer mais retorno. É o caso do duelo entre Gilbert ‘Durinho’, pupilo de Vitor Belfort, e Michel ‘Trator’. O triunfo do primeiro paga R$ 1,53, já a vitória do segundo gera R$ 2,47.

Entre as atrações do card preliminar, os investidores devem se atentar a alguns confrontos. Um deles é a luta entre os meio-médios (77 kg) Vicente Luque e Héctor Urbina, que fazem logo o segundo duelo da noite. O brasileiro que se divide entre treinos na Blackzillians, na Flórida, e em Brasília, tem a chance de engatar a terceira vitória seguida – algo inédito em sua carreira. Seu rival não impressiona, pois vem de derrota e é considerado azarão. O triunfo de Vicente paga apenas R$ 1,21, mas se você já quiser começar o UFC Fight Night 95 apostando alto, vá de Urbina porque a taxa de retorno é de R$ 4,33.

O UFC Brasília tem previsão de início para às 19h30 deste sábado. As lutas do card principal devem começar por volta das 23h.

 

Comments