Melhores Sites De Apostas

John Lineker vence Dodson e paga o dobro do investido

John Lineker

A noite de sábado no UFC Portland foi sensacional para os investidores. Das quatro lutas do Card Principal, em três os jogadores saíram com mais que o triplo do valor aplicado. Além destas, a luta central também rendeu o dobro, segundo estatísticas do Oddsshark.com/br. Pelo Card Preliminar, mais sete combates deram mais que 70%, sendo que três ultrapassaram a margem de 100%.

No duelo principal da noite, entre John Lineker e John Dodson, a disputa foi eletrizante, com muita troca de golpes e com os lutadores alternando seus melhores momentos ao longo dos rounds. E o brasileiro acabou levando a melhor, pagando R$ 2,00 para cada real. O combate pelos pesos galos já começou intenso, com o Lineker tomando inciativa aplicando bons cruzados, mas o adversário se esquivava bem e com sua velocidade buscava os contragolpes.

No segundo round, o norte-americano conseguiu melhorar seu rendimento e evitar os ataques do rival, mas sem muita efetividade. O brasileiro só voltou a se encontrar na terceira parcial, quando com golpes pesados conseguiu castigar o oponente. No último round, ainda teve tempo para uma trocação aberta entre os dois, mas a luta acabou indo para a decisão dos juízes. Com a decisão apertada, John Lineker acabou levando a melhor com 48×47, 47×48, 48×47. Quem investiu que a luta chegaria ao último assalto recebeu R$ 2,62.

O maior retorno da noite acabou acontecendo também pelo Card Principal. O estreante Brandon Moreno, que havia aceito o desafio poucos dias antes do evento, mostrou o porquê de toda a sua confiança para encarar esse combate com tão pouco tempo de preparação. O lutador atropelou Louis Smoka com apenas 2 minutos e 23 segundos, finalizando com uma guilhotina. A vitória sobre o adversário que vinha de quatro vitórias seguidas deu R$ 4,80 por cada real.

Lucro pouco menor, mas também muito interessante aconteceu no triunfo de Alex Cowboy sobre Will Brooks. O resultado da luta pagou R$ 3,50 para cada R$ 1,00 investido, de acordo com estatísticas do Oddsshark.com/br. O norte-americano começou a luta sem investir na troca de golpes com o brasileiro e levou a disputa para o clinch. O Brasileiro então focava na lutava agarrada e em uma das quedas tentou encaixar uma guilhotina, mas não conseguiu desenvolver o estrangulamento a tempo do encerramento do assalto.

No segundo round, Brooks buscou derrubar Alex logo nos primeiros segundos e não demorou para conseguiu a primeira queda. Rapidamente armou a montada e dominou as costas do adversário, mas o brasileiro conseguiu escapar e na sequência partir para a mesma estratégia. Alex acabou tento mais sucesso no plano e acertou bons socos no norte-americano. O assalto acabou terminando equilibrado, com cada um revezando no controle da luta. No round final, o domínio foi todo do brasileiro. Alex massacrou o oponente e conseguiu derruba-lo. Sem conseguir se defender, Brooks ficou entregue até o árbitro intervir e encerrar o combate.

Em outra luta do Card Principal, Zak Ottow derrotou Josh Burkman por decisão dividida (29-28, 28-29 e 29-28 e pagou R$ 3,00 por cada real. O combate foi um dos mais mornos e sem emoção do UFC Portland.

A luta começou com os dois participantes estudando um ao outro. Burkman acabou acertando a primeira boa sequência, mas Ottow reagiu com um bom chute na costela e uma boa cotovelada ainda no primeiro round. Na parcial seguinte, ele continuou melhor principalmente com golpes baixos em cima de Burkman, que respondeu segundos depois com um forte chute na costela, mas Ottown logo retomou o controle.

No round final, o duelo se manteve na troca de golpes, mas com pouca efetividade tanto na luta em pé, como na disputa no chão. Com isso, a decisão acabou ficando mesmo para os juízes. Quem investiu que a decisão seria por pontos faturou R$ 1,80.

Este foi seu quinto triunfo seguido na carreira Zak Ottow e o 14º no total, contra apenas três derrotas. Já Josh Burkman, perdeu seu 14ª combate. Ele tem 28 vitórias e uma luta sem resultado. O norte-americano amarga o seu quarto revés nas últimas cinco lutas.

Veja os resultados e cotações do Card Preliminar UFC Portland
  • Luis Henrique Frankenstein (1.90) x (1.90) Joachim Christensen
  • Andre Fili (2.40) x (1.58) Hacran Dias
  • Shamil Abdurakhimov (1.72) x (2.10) Walt Harris
  • Elizeu Capoeira (2.00) x (1.80) Keita Nakamura
  • Nate Marquardt (2.20) x (1.70) Tamdan McCrory
  • Ion Cutelaba (1.72) x (2.10) Jonathan Wilson
  • Curtis Blaydes (1.44) x (2.87) Cody East
  • Ketlen Vieira (1.90) x (1.90) Kelly Faszholz

 

Comments