Melhores Sites De Apostas

UFC on Fox 21 paga a partir de 44% de lucro no Card Principal

O aguardado UFC on Fox 21 que acontece na noite deste sábado (27/08) é uma boa oportunidade dos fãs de MMA faturarem alto com os bons retornos financeiros das lutas. Só no Card principal, o investidor vai lucrar, no mínimo, 44%, segundo estatísticas do Oddsshark.com/br. Nas sete lutas do Card preliminar, os ganhos também são interessantes: em quatro combates o jogador fatura mais que 50%. Além disso, vale a pena investir em até quantos rounds vai à luta, pois chegam a pagar mais que o dobro do valor investido.

Com cinco vitórias consecutivas, sendo três por pontos, o brasileiro Demian Maia terá um duro desafio neste fim de semana, vai encarar o faixa-preta de jiu-jítsu Carlos Condit na luta principal da noite. Uma vitória paga R$ 2,10 e pode deixar o brasileiro próximo de uma disputa de cinturão, enquanto o triunfo de Carlos Condit paga R$ 1,72. O investimento que a luta dos meio-médios chegará até o quinto round paga R$ 2,00 para cada real.

Aos 38 anos, Demian tem um cartel de 23 vitórias e seis derrotas. Em sua luta mais recente, dominou Matt Brown e venceu por finalização no terceiro assalto.

Desde que desceu para os meio-médios, ele fez 10 combates e venceu oito deles. Sua última derrota foi em fevereiro de 2014, quando foi superado por Rory MacDonald por pontos, mesma situação da derrota anterior contra Jacke Shields. Até o momento, o brasileiro ainda não foi nocauteado nesta categoria.

Já Condit tem 32 anos e possui 30 vitórias e nove derrotas na carreira, mas não vive um momento tão bom. Nas últimas cinco lutas foi derrotado três vezes, inclusive na última, quando perdeu para Robbie Lawler, por decisão dividida, em janeiro. Antes disso, havia enfrentando outro brasileiro, quando venceu por nocaute técnico já no segundo round.

Também pelo Card principal tem a luta pelos Penas entre Anthony Pettis e Charles “do Bronx” Oliveira. Depois de perder três lutas seguidas no peso-leve, Pettis decidiu lutar pelos penas. Sua vitória nesta luta garante R$ 1,50 por cada real, enquanto o triunfo do brasileiro paga R$ 2,70.

O americano tem no cartel 18 vitórias e cinco derrotas, todas por decisão, mas vive um péssimo momento. Ele sofreu três derrotas seguidas (para Edson Barbosa, Eddie Alvarez e Rafael dos Anjos) quando ainda atuava nos leves. Charles tem o mesmo número de derrotas que oponente, sendo três por nocaute, 21 vitórias e uma luta sem resultado. O brasileiro vem de uma vitória em dezembro do ano passado contra Myles Jury, quando saiu vitorioso no primeiro assalto. O investimento que a luta não chegará ao segundo round dá R$ 2,40 para cada real investido.

As mulheres também sobem no octógono pelas lutas principais. Nos pesos-palhas Paige Vanzant enfrenta Bec Rawlings.  VanZant quer voltar ao rumo das vitórias na carreira, depois de ter sido derrotada no último combate para Rose Namajunas, interrompendo uma sequência de três vitórias seguidas no UFC. Caso reencontre o caminho das conquistas, o investidor recebe R$ 1,44. A tarefa não será tão fácil - a lutadora enfrenta uma adversária em boa fase. Bec Rawlings venceu suas últimas duas lutas, contra Lisa Ellis e, mais recentemente, Seohee Ham. Um novo triunfo garante R$ 2,87 por cada real.

Também pelo Card principal, Joe Lauzon e Jim Miller fazem uma revanche pela categoria dos leves. Os dois já se enfrentaram em 2012, e na ocasião Miller saiu com a vitória por decisão unânime. O combate ganhou o prêmio de luta da noite e do ano de 2012. Uma nova vitória nesta noite de sábado paga R$ 2,30 por cada R$ 1,00, enquanto seu adversário garante R$ 1,62 se levar a melhor dessa vez.

Joe Lauzon tentará mais uma vez engatar duas vitórias seguidas no UFC, algo que não consegue desde 2014. No último combate, pelo UFC 200, venceu o americano Diego Sanchez por nocaute. Antes disso, ele havia sido derrotado por Evan Dunham, por decisão unânime, quando também tentava sua segunda vitória seguida.

Já Jim Miller, que também tenta sua segunda vitória seguida para tentar engatar uma boa fase após viver um momento de queda. Ele havia perdido quatro de suas últimas cinco lutas, incluindo duas derrotas seguidas, para Michael Chiesa e Diego Sanchez, até se recuperar e derrotar Takanori Gomi, por nocaute técnico em sua última luta.

Odds do Card Preliminar
  • Médios: Sam Alvey (1.47)x(2.75) Kevin Casey
  • Leves: Jeremy Kennedy (1.58)x(2.40) Alex Ricci
  • Penas: Enrique Barzola (2.62)x(1.53) Kyle Bochniak
  • Leves: Shane Campbell (1.72)x(2.10) Felipe Silva
  • Leves: Chad Laprise (1.33)x(3.40) Thibault Gouti
  • Médios: Garreth McLellan (3.00)x(1.40) Alessio Di Chirico
  • Médios: Ryan James (2.40)x(1.58) Adam Hunter

Comments