Melhores Sites De Apostas

*Termos e condições se aplicam a todos os bônus oferecidos neste website. Visite a operadora para mais detalhes.

Caiu em Itaquera, já era! Corinthians é favorito no clássico contra o Palmeiras pela 32ª rodada do Brasileirão

Timão ruma para a terceira vitória do ano no clássico contra o Palmeiras, e promete aumentar a vantagem da liderança para 8 pontos

O Palmeiras já tinha tudo planejado: 3 pontos no jogo contra o Cruzeiro, mais 3 pontos contra o Corinthians e assumir a liderança do Brasileirão nos critérios de desempate. Estava tudo combinado com o matemático. Mas cálculo não ganha campeonato. O que ganha é futebol, e essa conta maluca não considerava a fibra dos adversários. Depois de ceder o empate em casa para a Raposa, o Palestra visita a Arena Itaquera neste domingo ainda sonhando com título. Mas não vai ser moleza, não! Em 2017, já foram duas edições do Dérbi Paulista, com duas vitórias para o Timão. Agora, resta ao Corinthians aproveitar o vacilo do Palestra para aumentar a vantagem de pontos no Campeonato Brasileiro.

Por mais que o Palmeiras queira forçar um clima de decisão, convenhamos, o acabou o embalo. Nem a vitória seria suficiente para galgar a liderança. Mesmo assim, meu colega de redação Matheus Filippi continua sonhando com o título Alviverde. Mas pode esquecer! O Corinthians tem tudo para fazer bonito diante de sua torcida, de novo! Os motivos estão abaixo.

Cadastre-se no Bumbet para apostar em futebol

Nação palmeirense inconsolável

Foram vinte rodadas de puro marasmo no Campeonato Brasileiro, graças à liderança incontestável do Coringão. Os demais brigavam por G-4, por G-6, para fugir do Z-4, pelo raio que o parta. Mas o título já tinha encontrado dono. Parecia que isso ia mudar na rodada passada, que o Corinthians finalmente voltaria a ver algum tipo de ameaça em 2017, mas foi pura ilusão. O Palestra prometeu diminuir a vantagem para 3 pontos, mas ficou só na promessa mesmo.

Depois de agitar a nação palmeirense, colocar quase 38 mil pagantes no estádio e causar insônia no torcedor corintiano de domingo para segunda, o Verdão passou metade do jogo contra o Cruzeiro correndo atrás do empate e a outra metade buscando o milagre da virada. Mas gol não cai do céu. Duas vezes atrás no marcador em seu próprio estádio, o Palmeiras deveria estar é comemorando esse ponto magro conquistado diante do Cruzeiro — que, veja só, venceu a Copa do Brasil e já nem se preocupava mais com Brasileirão.

O sonho de jogar a 32ª rodada valendo a liderança foi por água abaixo. O Palestra chega para o duelo não com 3 pontos a menos que o líder, como desejava, mas 5 pontos atrás. Um abismo! Evita-se falar em título. O mantra é G-4. Afinal, o palmeiras já está cansado de prometer o que não pode cumprir. Então, por mais que o jogo da 32ª rodada tenha toda a emoção que só um clássico é capaz de oferecer, ainda assim o visitante vai a campo com o amargo gosto dos dois pontos desperdiçados na rodada anterior.

Com o retorno de Yerry Mina, Alejandro Guerra e Michel Bastos do departamento médico, além de Bruno Henrique, que estava suspenso, o Palmeiras vai a Itaquera completo. Porém, vale lembrar que o grupo também vinha reforçado para o último Dérbi Paulista, na 13ª rodada do Brasileirão, e perdeu por 2 a 0 no Allianz Parque. Boa sorte para o terceiro técnico do time no ano — esse interino — lidar com os egos desse elenco caro e ineficiente. No campo só entram onze. Se bem que, do lado do Timão, nem precisa de onze para derrotar o Palmeiras. O último embate de forças em Itaquera resultou em 1 a 0 para o Corinthians, com gol marcado após erro grotesto do árbitro, que resultou na expulsão injusta de Gabriel ainda no primeiro tempo de jogo.

Provável escalação do Palmeiras: Fernando Prass; Mayke, Yerry Mina, Edu Dracena e Egídio; Bruno Henrique, Tchê Tchê e Moisés; Keno, Dudu e Borja. Técnico: Alberto Valentim.

Timão impulsionado pela torcida

Não dá para fingir que não há pressão para o lado do Corinthians. Muito pelo contrário! Se tem algo que não pode acontecer, de jeito nenhum, é perder o campeonato para o Palmeiras. Como o próprio Matheus ressalta: “o campeonato mais ganho da história”. Mas, verdade seja dita, a pressão era muito maior na rodada passada, quando o Coringão enfrentou a Ponte Preta. O Dérbi desse domingo tinha tudo para ser decisivo, mas o Palmeiras fez questão de desperdiçar a colher de chá e acabar com metade da graça.

Em vez de uma disputa pelo título, o clássico no Itaquerão se tornou uma nova chance do Timão fazer bonito diante de mais de 43 mil corintianos. Lembrando que os clássicos paulistas acontecem com torcida única.

Quando o assunto é mandar jogos contra rivais do estado, em 2017 o Timão está fazendo o dever de casa. Venceu uma vez o Palmeiras, duas vezes o Santos, empatou uma e venceu outra contra o São Paulo. Jô, artilheiro dos clássicos, balançou as redes em quatro dos cinco duelos. Pode apostar como ele marca de novo! Por mais que o aproveitamento do time tenha caído, o atacante continua cumprindo seu papel e conta com 4 gols anotados no returno.

Quem mais balançou as redes 4 vezes no returno foi Clayson, que ganhou o gosto do técnico Fábio Carille e deverá entrar como titular no lugar de Jadson para o clássico. Os treinos também têm contado com Camacho na vaga de Maycon. Assim, Carille busca montar um time mais agressivo, com boa capacidade de criação, em vez de focar no contra-ataque, estratégia que rendeu ao time um primeiro turno invicto, mas que — depois de um turno inteiro — os adversários aprenderam a contornar.

Provável escalação do Corinthians: Cássio, Léo Príncipe, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel, Camacho, Romero, Rodriguinho e Clayson; Jô. Técnico: Fábio Carille.

Palpite

Sofrer pressão na reta final do Campeonato Brasileiro é completamente normal. Mesmo assim, a apenas sete jogos fim, o Corinthians continua favorito a manter a vantagem de pontos e erguer o caneco. No jogo contra o Palmeiras, precisa apenas do empate. Mesmo assim, meu palpite é que o Coringão manterá o posto de melhor defesa da competição e ainda conquistará os três pontos, para deleite de sua torcida.

O Bumbet tem o Corinthians como favorito para o confronto, pagando R$ 2,30 para cada R$ 1 apostado. Um inesperado triunfo do Palmeiras paga R$ 3,05, e o empate devolve R$ 2,90 para um. Outro palpite que está valendo muito a pena é em menos de 2,5 gols. Paga R$ 1,51 para cada real investido, ou seja, 51% de lucro.

O outro lado

Depois de tanta decepção, o próximo patrocinador master do Palmeiras deverá ser uma marca de produtos para fazer crescer cabelo. O pessoal está precisando. A Crefisa que se cuide, viu! Não que os investimentos estejam dando muito resultado... Ainda assim, o Matheus Filippi continua insistindo que o elenco inchado levará o Palestra ao título. Vai ser difícil, mas o que eu posso dizer? A esperança é a última que morre.

Jogos da 32ª rodada do Brasileirão 2017

Sábado, 4 de novembro

Odds em 2 de novembro, segundo o Bumbet

  • 17:00 – (R$ 2,05) Santos x Atlético-MG (R$ 3,45); empate (R$ 3,05) 
  • 19:00 – (R$ 3,50) Atlético-GO x São Paulo (R$ 2,00); empate (R$ 3,20) 
  • 19:00 – (R$ 2,05) Botafogo x Fluminense (R$ 3,45); empate (R$ 3,20) 
  • 21:00 – (R$ 1,64) Coritiba x Avaí (R$ 5,25); empate (R$ 3,30) 
Domingo, 5 de novembro

Odds em 2 de novembro, segundo o Bumbet

  • 17:00 – (R$ 2,30) Corinthians x Palmeiras (R$ 3,05); empate (R$ 2,90) 
  • 17:00 – (R$ 1,77) Cruzeiro x Atlético-PR (R$ 4,55); empate (R$ 3,20) 
  • 17:00 – (R$ 2,10) Grêmio x Flamengo (R$ 3,35); empate (R$ 3,05) 
  • 18:00 – (R$ 1,64) Bahia x Ponte Preta (R$ 5,00); empate (R$ 3,40) 
  • 19:00 – (R$ 1,90) Chapecoense x Sport Recife (R$ 3,70); empate (R$ 3,35) 
  • 19:00 – (R$ 2,00) Vasco x Vitória (R$ 3,35); empate (R$ 3,20) 

Comments