Melhores Sites De Apostas
*Termos e condições se aplicam a todos os bônus oferecidos neste website. Visite a operadora para mais detalhes.

Austrália na Copa do Mundo

De 1966 a 2002, a Austrália se classificou para a Copa do Mundo da FIFA apenas uma vez. Foi eliminada ainda na fase de grupos da edição de 1974, sem registrar um único gol. Desde 2006, no entanto, os Socceroos estiveram em todos os torneios. Neste ano, a seleção celebra a sua quarta participação consecutiva no evento.

A Austrália conquistou seu melhor resultado em 2006, a única vez que avançou a partir da fase de grupos, antes de ser eliminada nas oitavas de final. O pior desempenho aconteceu em 2014, quando o país perdeu todos os três jogos da rodada de abertura.

Será que a equipe tem melhores chances na Rússia? Confira as prévias de apostas na Austrália, além  dos odds, dos prognósticos e das análises das outras seleções no Oddsshark. No site, você ainda encontra as melhores casas de apostas esportivas para jogar.

Aposte na Copa do Mundo aqui

Odds da Austrália para ganhar a Copa: R$ 301 / R$ 1

No quadro de apostas para ganhar a Copa, a Austrália aparece bem mal colocada. Seus odds estão em R$ 301/ R$ 1. O país tem o mesmo valor da Costa Rica. Ambas as seleções estão à frente de apenas seis equipes e atrás de 24.

Na verdade, a situação podia ser pior. Um dos únicos motivos pelo quais a Austrália está  antes de países como Irã e Marrocos é o empate no grupo. O Grupo C tem a França, a quarta favorita para ganhar a Copa, com R$ 7,50/ R$ 1. Em compensação, Dinamarca (R$ 81 / R$ 1) e Peru (R$ 201/ R$ 1) não são considerados uma grande ameaça.

Veja quem são os favoritos para ganhar a Copa no Oddsshark. 

Odds para ganhar Grupo C: R$ 23 / R$ 1

A Dinamarca e o Peru não intimidam como vencedores da Copa do Mundo, mas ambos têm chances melhores de ficar na liderança do Grupo C do que a Austrália. O país é o azarão claro entre os competidores. As casas de apostas esportivas oferecem nos Socceroos R$ 23 / R$ 1, atrás do Peru (R$ 11 / R$ 1); da Dinamarca (R$ 5,50 / R$ 1); e da grande favorita, a França (R$ 1,31 / R$ 1).

Por isso, a Austrália também aparece em desvantagem, de R$ 4,25 / R$ 1, nos odds de qualificação para a fase eliminatória. Já uma aposta bem-sucedida na desclassificação da equipe ainda na rodada de abertura pagaria R$ 1,18 / R$ 1.

As melhores apostas na Austrália

A Austrália, muito provavelmente, perderá suas partidas contra a França e a Dinamarca. No primeiro confronto, por exemplo, a vitória dos Socceroos está pagando R$ 16 / R$ 1, a dos Les Bleus, R$ 1,21 / R$ 1, e o empate, R$ 6 / R$ 1. Já no segundo, o país da Commonwealth paga R$ 5,25 / R$ 1 e o dos Vikings, R$ 1,71 / R$ 1. Um empate ficaria em R$ 3,65 / R$ 1.

O cenário torna-se bem mais interessante, contudo, no confronto entre as seleções australiana (R$ 3,40 / R$ 1)  e peruana (R$ 2,20 / R$ 1), pois a diferença de odds de uma para outra não é tão grande. Depois de ter perdido todos os jogos em 2014, a Austrália deve estar com fome de um resultado favorável em 2018, e esta poderia ser sua melhor oportunidade.

O mesmo poderia ser dito sobre o Peru, claro, mas como Los Incas ficaram afastados da Copa do Mundo por 36 anos, a experiência dos Socceroos tem tudo para falar mais alto. Além do mais, com um valor de R$ 3,40 / R$ 1, a aposta pode render um bom lucro.

Jogadores para prestar atenção: Tim Cahill e Mile Jedinák

Com 38 anos, Tim Cahill possivelmente fará a sua última participação na Copa do Mundo em 2018. Por isso, o veterano deverá tentar impressionar durante a competição. O maior artilheiro do país, com 50 gols em 105 jogos, o jogador também foi responsável por marcar 11 vezes na eliminatória da Ásia.

O capitão da equipe Mile Jedinák não ficou muito atrás, colocou a bola na rede em dez oportunidades. O volante parece até que está querendo mudar de posição com tantos gols.

A jornada para a Rússia

A estrada rumo à Copa do Mundo foi um pouco esburacada para a seleção australiana. Depois de disputar a segunda rodada das eliminatórias da Ásia com um ótimo de 7-0-1 (vitórias-empates-derrotas), a equipe terminou a terceira fase em terceiro lugar, com apenas 5-4-1.

Diante do resultado, os Socceroos precisaram ir à repescagem. Primeiro, encararam a da AFC, contra a Síria. Ganharam as partidas de ida e volta por um total de 3 a 2. Em seguida foram à repescagem mundial com objetivo de disputar a vaga com Honduras. Nos dois confrontos, venceram com uma pontuação final 3 a 1, o que garantiu o carimbo russo no passaporte dos jogadores. 

A jornada até Cazã, onde será o primeiro jogo da seleção, no entanto, ainda teve mais alguns percalços. Em dois amistosos marcados para este ano, a Austrália não garantiu bons resultados. Perdeu por 4 a 1 da Noruega e empatou, em 0 a 0, contra a Colômbia.

Aposte na Copa do Mundo aqui

Comments