Melhores Sites De Apostas

*Termos e condições se aplicam a todos os bônus oferecidos neste website. Visite a operadora para mais detalhes.

Eliminatórias: vitórias de Brasil, Uruguai e Argentina oferecem lucro na casa dos 50%

O fanático por futebol terá uma noite e tanto nesta terça-feira (6). Todas as dez seleções da América do Sul estarão em campo na oitava rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia. Serão quase seis horas seguidas de futebol com craques em campo e excelentes cotações na tela.

A rodada será aberta às 20 horas (de Brasília) com Uruguai x Paraguai no mítico Estádio Centenário, em Montevidéu. O favoritismo é todo da seleção da casa, mas vale ficar de olho no renovado Paraguai. A seleção trocou de técnico recentemente com a saída do argentino Ramón Díaz e a entrada do histórico lateral Chiqui Arce. O Paraguai vem também de vitória na semana passada: ganhou em casa do Chile por 2x1.  O Uruguai perdeu seu último compromisso quando foi superado pela Argentina por 1x0, mesmo contando com um jogador a mais durante todo o segundo tempo.

O Uruguai oferece 53% de lucro em caso de vitória: paga R$ 1,53 a cada R$ 1,00 apostado, segundo os números do Oddsshark.com/br. O Paraguai rende muito mais: R$ 6,50, com o empate também pagando valor interessante, o de R$ 3,80 a cada R$ 1,00 investido.

Intransponível

No mesmo horário, às 20h, entrará em campo a seleção que é tida hoje como a mais forte do mundo. A líder Argentina vai até a cidade de Mérida enfrentar a lanterninha Venezuela.

A vitória argentina vai render valor parecido com o da seleção do Uruguai: R$ 1,50 a cada R$ 1,00 apostado, uma raríssima cotação para uma equipe que atua como visitante. A Venezuela rende R$ 7,00, com o empate pagando R$ 4,00 a cada R$ 1,00 investido.

Escolher qualquer resultado que não seja a vitória argentina é um grande risco. O jeito então é buscar opções que ampliem este lucro. A Argentina terminar o primeiro tempo na frente é uma interessante opção. Pagaria, por exemplo, R$ 2,30 a cada R$ 1,00.    

Ver a campanha de ambas até aqui indica que este é mesmo o caminho. A Argentina fez 7 gols e sofreu só 4, e a Venezuela marcou também 7, mas levou nada menos que 19.

Crescimento boliviano

Às 20h30, em Santiago, o Chile vai receber a Bolívia, que vem surpreendendo nessas Eliminatórias. Está à frente de Peru e Venezuela e soma seis pontos, só quatro a menos que o forte Chile, que vem da conquista de duas Copas Américas.

A vitória chilena é a que registra o maior favoritismo do dia: R$ 1,14 a cada R$ 1,00 investido. A zebra boliviana, claro, também é igualmente expressiva: R$ 15,00 a cada R$ 1,00, segundo os dados do Oddsshark.com/br. O empate pinta como mais palpável: ótimos R$ 8,00. Seria o primeiro da Bolívia na competição até aqui.

Em busca da segunda

Grande sensação da semana passada ao golear o Equador em Quito por 3x0, o Brasil vai enfrentar às 21h45 na Arena Amazônia, em Manaus, a forte Colômbia do experiente técnico argentino José Pekerman. Na classificação, os colombianos têm um ponto a mais que o Brasil (13 a 12), o que promete um jogo equilibrado, embora o favoritismo das cotações seja todo do Brasil.

A seleção de Tite paga R$ 1,55 em caso de vitória. O valor é parecido ao dos históricos adversários Uruguai e Argentina. A Colômbia ganhadora renderia R$ 5,50, com R$ 4,20 para o empate.

A previsão é também de um jogo cheio de gols. Brasil e Colômbia, juntos, marcaram nada menos que 25 até aqui. É o confronto desta terça (6) que reúne os melhores ataques. Prever que a partida vai terminar com mais de dois gols, por exemplo, dobra o valor investido: R$ 2,05 de retorno a cada R$ 1,00 apostado.

A mais parelha

A rodada será fechada com o Peru que às 23h15 recebe o Equador. Curiosidade: ambas estão muito distantes na tabela de classificação. O Equador ocupa a quarta colocação, com 13 pontos, enquanto o Peru, nono na tabela, soma só 4.

Mas as cotações não acompanham este abismo - muito pelo contrário.

A vitória em casa do desesperado Peru paga R$ 2,50 a cada R$ 1,00 investido, apontam os dados do Oddsshark.com/br. A mais que provável vitória do Equador rende R$ 3,00, enquanto o empate gera R$ 3,10 de lucro a cada R$ 1,00.

O confronto será entre dois técnicos argentinos, e um deles é muito conhecido do torcedor brasileiro. Trata-se de Ricardo Gareca, treinador da breve e pouco feliz passagem pelo Palmeiras. Hoje ele está na seleção do Peru.

Já Gustavo Quinteros, do Equador, é considerado hoje um dos grandes estrategistas do continente. Declara sempre que sua inspiração é um grande time da história brasileira: nada menos que a espetacular seleção campeã de 1970.

Comments