Melhores Sites De Apostas
*Termos e condições se aplicam a todos os bônus oferecidos neste website. Visite a operadora para mais detalhes.

Grupo Norte da Copa América 2020: Brasil e Colômbia são os favoritos

Seleção Brasileira
Foto: Lucas Figueiredo/CBF

A Copa América 2020 terá uma novidade em relação às edições anteriores. Ao invés de um sorteio para definir os grupos, as seleções foram divididas por critério geográfico. Uma decisão motivada pelo fato de a competição ter duas sedes, Argentina e Colômbia. Com isso, as partidas da fase de grupos disputadas em território colombiano terão as seleções mais próximas do território daquele país. O chamado Grupo Norte terá, além da própria Colômbia, outro grande favorito ao título, o Brasil. De acordo com as cotações dos sites de apostas em futebol, como o Bovada, brasileiros e colombianos chegam muito fortes para o torneio, a ser disputado entre junho e julho deste ano.

Além de Brasil e Colômbia, o Grupo Norte terá outras três seleções sul-americanas: Peru, Venezuela e Equador. Fecha a chave o Qatar, um dos convidados da Conmebol (o outro é a Austrália, no Grupo Sul). Os primeiros prognósticos para quem pretende apostar na Copa América 2020 dão vantagem à seleção canarinho e aos cafeteros, mas todo mundo está na briga, já que quatro equipes se classificam à fase seguinte. O Brasil de Neymar e a Colômbia de James e Falcao precisam tomar cuidado: só os dois primeiros de cada grupo seguem no mesmo país nos mata-matas, enquanto terceiro e quarto lugares terão de jogar na Argentina. Ou seja: um tropeço pode significar uma longa viagem para a disputa das quartas-de-finais e semifinais.

Brasil

Quer saber o tamanho das chances da seleção de Tite no torneio? Basta dizer que, além de ser o atual campeão, o Brasil é o bicho-papão do passado recente da Copa América. Nas últimas dez edições, a seleção canarinho chegou a seis finais, somando cinco títulos e um vice. As chances de um bicampeonato consecutivo aumentam ainda mais quando se leva em conta que Neymar, desfalque na campanha de 2019, pretende disputar o torneio.

Algumas referências do time, como Alisson, Thiago Silva, Casemiro e Gabriel Jesus, devem ser mantidas, mas Tite deve aproveitar para testar nomes em alta, como Gabigol, Bruno Henrique, Renan Lodi e Bruno Guimarães, abrindo o leque de opções para o futuro de sua equipe. Na abertura dos mercados de apostas de longo prazo para o torneio, o Brasil ficou muito bem cotado, pagando R$ 3,25 para 1 em caso de título no Bovada.

Colômbia

Campeã da Copa América em 2001, a Colômbia quer repetir aquela façanha. Vale lembrar que, naquela edição, os colombianos também jogaram em casa. Apesar de dividir o status de sede com a Argentina, a Colômbia tem a vantagem de disputar uma possível final em seus domínios, pois a decisão está marcada para Barranquilla. A equipe do técnico Carlos Queiroz, ex-seleção de Portugal e Real Madrid, conta com muitos nomes de peso, como o goleiro e capitão Ospina, o zagueiro Mina, o meia e ala Cuadrado, o meia-atacante James Rodríguez e o centroavante Falcao García. Eliminada nas quartas na Copa América 2019, a Colômbia chega pressionada para ir mais longe em 2020. Um título dos cafeteros em casa está pagando R$ 5,00 para 1 no Bovada

Peru

Os peruanos puxam a fila das equipes que correm por fora no Grupo Norte. Como já ficou claro na edição do ano passado, quando o time do técnico Ricardo Gareca chegou à final com o Brasil, trata-se de um time equilibrado, organizado e com bons recursos técnicos. A experiência do matador Paolo Guerrero, do Internacional, é um dos trunfos da equipe. No meio, Cueva e Flores dão boa dinâmica de jogo à equipe, que aparece como candidata a dificultar a vida de brasileiros e colombianos na chave.

Venezuela

A seleção vinotinto evoluiu bastante nos últimos anos, mas a equipe que disputará a Copa América é uma incógnita. Isso porque a Venezuela perdeu seu técnico, Rafael Dudamel, para o Atlético-MG. O português José Peseiro assume a equipe com a responsabilidade de manter o bom nível do antecessor. O meia-atacante Soteldo, do Santos, é uma das armas da equipe, junto do experiente Rondón, hoje atuando na China.

Equador

A equipe chega com uma novidade para a Copa América: seu novo técnico é o holandês Jordi Cruyff, filho do ex-craque da Laranja Mecânica. Ele tem o desafio de renovar o time, que ficou em último lugar em seu grupo na edição 2019. O capitão Antonio Valencia deve permanecer no grupo, que deve contar também com o zagueiro Arboleda, do São Paulo. O Independiente del Valle, em bom momento, deve fornecer outros bons nomes à seleção.

Qatar

A participação na Copa América do ano passado, quando o Qatar ficou em último de seu grupo, deve servir de aprendizado para a equipe sonhar com uma melhor performance em 2020. O técnico Félix Sánchez corre para desenvolver seu grupo com vistas à Copa do Mundo de 2022, mas faltam jogadores de bom nível para que o Qatar seja competitivo.

Apostas no Grupo Norte

Sábado, 13 de junho

  • (R$ 1,39) Colômbia x Equador (R$ 8,25); empate (R$ 4,10)
Odds para os jogos da primeira rodada, segundo o Spin Sports:

Domingo, 14 de junho

  • (R$ 1,24) Brasil x Venezuela (R$ 12,00); empate (R$ 5,30)
  • (R$ 1,80) Peru x Qatar (R$ 4,75); empate (R$ 3,25)