Melhores Sites De Apostas
*Termos e condições se aplicam a todos os bônus oferecidos neste website. Visite a operadora para mais detalhes.

Jejum de Messi e da Argentina termina na Copa América 2021? Veja os prognósticos

Messi
Foto: AP Photo/Eduardo Di Baia, File

Hermanos não faturam um título profissional desde 1993 

Se o coronavírus não tivesse se alastrado no mundo, agora estaríamos perto do início da Copa América, discutindo qual seleção teria ou não chances de faturar o título.  O torneio foi adiado para junho do ano que vem, e terá como sede a Argentina e a Colômbia. Apesar do adiamento, você não precisa esperar até lá para dar os seus palpites. Atualizamos a lista de outrights com os valores que cada time pagará nos principais sites de apostas caso seja campeão. 

O evento está marcado para começar no dia 11 de junho e terminar um mês depois. As equipes estão divididas em duas chaves. Grupo Sul: Argentina, Chile, Paraguai, Bolívia, Uruguai e Austrália. Grupo Norte: Colômbia, Brasil, Venezuela, Equador, Peru e Qatar.  

Melhor palpite: Argentina campeã com odds a R$ 3,00 no Bodog. 

Argentina (R$ 3,00) 

Falar de Argentina hoje em dia é falar de Lionel Messi, não tem jeito. O craque ganhou tudo o que é possível vestindo a camisa do Barcelona, só que quando ele veste as cores do seu país o cenário muda completamente. La Pulga nunca ganhou um título profissional pela Albiceleste. Isso explica o fato dos hermanos viverem um longo jejum. A conquista mais recente deles foi a própria Copa América, em 1993. 

Ganhar o torneio em casa se tornou uma obrigação gigante para a Argentina, cotada em R$ 3,00 a cada R$ 1,00 aplicado por você, especialmente para Messi, que é pressionado por resultados. O jogador do Barça também sofre com as constantes comparações com Maradona. 

A seleção comandada por Lionel Scaloni conta com outros grandes jogadores no elenco como Dybala, Dí Maria, Higuaín, Lo Celso, entre outros. Os argentinos possuem 14 títulos da Copa América (1921, 1925, 1927, 1929, 1937, 1941, 1945, 1946, 1947, 1955, 1957, 1959, 1991 e 1993). 

Brasil (R$ 3,25) 

Diferentemente do seu maior rival, o Brasil entrará em campo mais tranquilo, sem tanta pressão, afinal foi campeão no ano passado em casa. O seu rendimento para 2021 é de R$ 3,25. Por conta de uma lesão, Neymar teve que ser cortado no decorrer do torneio e não jogou as fases finais. Há a possibilidade de o técnico Tite levar uma equipe alternativa para testar novas peças. Imaginamos que Neymar esteja presente, já que praticamente ficou de fora da última edição. Os brasileiros têm 9 taças da Copa América (1919, 1922, 1949, 1989, 1997, 1999, 2004, 2007 e 2019). 

Colômbia (R$ 5,50) 

Fique de olho na outra seleção anfitriã da Copa América. Nos últimos anos, os Los Cafeteros – como é chamada a Colômbia – elevaram muito o seu nível técnico. O time amarelo conta com Quadrado, James Rodríguez e Falcao Garcia. Jogar contra eles é sempre complicado, ainda mais dentro de casa. O treinador é o português Carlos Queiroz. Ele vem fazendo um belo trabalho. O retorno é de R$ 5,50 para 1. A Colômbia faturou a Copa América em 2001.  

Uruguai (R$ 9,00) 

A tradicionalíssima Celeste, estimada em R$ 9,00, não pode ser deixada de lado, e é sempre uma ameaça para os times favoritos. Os uruguaios são os recordistas de títulos da Copa América: 15 (1916, 1917, 1920, 1923, 1924, 1926, 1935, 1942, 1956, 1959, 1967, 1983, 1987, 1995 e 2011). Luis Suárez e Edinson Cavani, dois dos maiores atacantes da atualidade, estão chegando a uma certa idade, o que ressalta mais a importância da renovação de elenco. No ano passado, o Uruguai teve uma campanha bem fraca, sendo eliminado nas quartas de final.  

Chile (R$ 14,00) 

A La Roja, bicampeã sul-americana em 2015 e 2016, é outra equipe que precisa passar por um processo de renovação. A geração campeã elevou e muito o nível de competitividade do Chile, mas já está claro que o time precisa de fôlego novo. Em 2019, os chilenos foram eliminados pelos peruanos na semifinal e viram a chance de decidirem o título com o Brasil ir embora. A terceira conquista gera a cota de R$ 14,00 para 1. 

Lista de favoritos 

  • Argentina – R$ 3,00 
  • Brasil – R$ 3,25 
  • Colômbia – R$ 5,50 
  • Uruguai – R$ 9,00 
  • Chile – R$ 14,00 
  • Peru – R$ 25,00 
  • Venezuela – R$ 33,00 
  • Paraguai – R$ 33,00 
  • Equador – R$ 50,00 
  • Qatar – R$ 80,00 
  • Austrália – R$ 80,00 
  • Bolívia – R$ 150,00 

Palpites com odds do Bodog: 

Argentina campeã (R$ 3,00).