Melhores Sites De Apostas
*Termos e condições se aplicam a todos os bônus oferecidos neste website. Visite a operadora para mais detalhes.

Semifinal da Libertadores: 5 motivos para apostar no River Plate contra o Grêmio

River Plate
Foto: Diego Haliasz/Getty Images

Gigantes de Brasil e Argentina abrem uma histórica semifinal às 21h45 (de Brasília) desta terça-feira (23) no Monumental de Núñez

Vai ser sensacional. Todos os temperos possíveis para um grande jogo na América do Sul estarão plenamente despejados às 21h45 (de Brasília) desta terça-feira (23) no Monumental de Núñez, um dos templos do futebol no continente. O River Plate x Grêmio tem tudo para ser um jogaço repleto de emoções e de lucros interessantes.

Como vivemos na Argentina e acompanhamos de perto – perto mesmo – tudo o que envolve os clubes do país, fomos designados a situar as principais armas do River Plate e os ganhos que envolvem cada um desses itens. Confira a partir de agora.  Quem quiser analisar os aspectos que favorecem os gaúchos nesta incrível série pode ficar com os argumentos da querida Patricia Fagundes neste texto aqui. Se fôssemos argentinos dispostos a causam problemas, diríamos “arghmentos”, só para provocar, mas vamos manter a nobreza que deu cinco prêmios Nobel ao nosso país.     

1- Monumental ‘infernal’

O River é o semifinalista que mais sabe fazer o seu “dever de casa”. Nas oitavas, contra o forte Racing, aplicou um incontestável 3x0. Nas quartas, ante o ainda mais poderoso Independiente, foi 3x1. É muito difícil bater o River no Monumental. Vale a pena olhar com bastante atenção para a vitória do clube portenho em cima do Grêmio sem sofrer gols – seria suficiente para arrebatar odds interessantes de R$ 2,40/R$ 1,00.

A gremista Patricia aponta o descaso do lateral Cortez com a torcida do River: “Deixa falar”. Garantimos por conta própria: quem não vai conseguir falar nada é o time do Grêmio em campo, pois o barulho é tão ensurdecedor que nem um monge budista consegue ter paz e trabalhar direito.

2 – Gallardo, o maestro

Os argentinos chamam esta semifinal de “a noite do museu”. Renato Gaúcho, fanfarrão como poucos, já cravou o seu nome no memorial das glorias tricolores, e o mesmo se aplica a Marcelo Gallardo, técnico do River que é apontado por muitos, até os mais idosos, como o maior treinador da história da equipe. Estrategista de elite, a ponto de ser chamado entre os portenhos de “Napoleón”, Gallardo sabe que seu time vai começar a mil e depois se defender como 11 leões. Convém olhar para a abertura do placar do River ainda no primeiro tempo: o 1x0 no intervalo para os argentinos devolve R$ 3,40/R$ 1,00.

A Patricia, por sua vez, aposta no estilo “paizão” de Renato Gaúcho, o “Painato” para os gremistas. Convenhamos: a intelectualidade e o conteúdo combinam muito mais com os argentinos; o paternalismo e referência humorada estão mesmo mais para os brasileiros – mesmo em um estado fronteiriço ao nosso como o Rio Grande do Sul.

3 – Borré e Scocco, mortais

O River tem uma dupla de ataque fortíssima. O colombiano Borré é o responsável por dar pancadas nos zagueiros e ir sempre para cima. É muito rápido e esforçado, deixando a estética com Nacho Scocco, um dos ataques mais refinados do futebol argentino moderno. Ambos andam tão bem, e tão entrosados, que Lucas Pratto, contratação mais cara da história do River, foi parar no banco. Com dois atacantes afiados assim, vale olhar para a vitória do River com um gol no primeiro tempo e outro no segundo: tal combinação renderia R$ 2,87/R$ 1,00.

4 – Armani, um dos melhores do mundo

O River não contava com um goleiro tão bom quanto Franco Armani desde a saída de Marcelo Barovero, no começo de 2016. Mas, para muitos, faz mais tempo: desde o lendário Pato Fillol, herói do título da Argentina na Copa de 1978. Armani é mesmo um fenômeno. Chegou a bater o recorde de invencibilidade no gol do River e hoje é, indiscutível, o titular da seleção argentina. Sinal de gol intacto nesta terça? Se isso ocorrer, o lucro será de R$ 1,80/R$ 1,00.

5 – Pity, o camisa 10 da seleção

Riquelme deixou o Boca em 2014. E desde então, não houve outro camisa 10 na dupla River-Boca que tenha jogado tão bem e tão bonito quanto Pity Martínez. Ele estava com uma lesão muscular e já decretou que vai sair do River no final deste ano. É a deixa para imaginar que ele vá se despedir por cima. Por isso, vale demais apostar na classificação do River: R$ 1,60 caso a equipe atinja a decisão.

Palpite

Um 2x0 para o River é um placar bem coerente. A equipe argentina sabe que só uma vitória mais folgada vai permitir um respiro para o jogo de Porto Alegre na semana que vem – então é bem provável que o River atue no ataque o tempo todo. Segundo o BetWay, este 2x0 devolve R$ 6,50/R$ 1,00.

A gremista Patricia pensa diferente e crava um 1x1 – com um gol tricolor na bola parada. Será mesmo?!

Para apostar com segurança nos bons resultados argentinos, é interessante olhar também para mais essas cinco possibilidades. Confira:   

Outras opções de apostas
  • Ambos marcam: Não (R$ 1,44/R$ 1,00)
  • Vitórias do River: 1x0 (R$ 4,50) e 2x1 (R$ 10,00)
  • Empate no 1º tempo e vitória final do River (R$ 4,00)
  • River vence e é único a fazer gols: R$ 2,40
  • Dois gols ou menos: R$ 1,40

Jogos de ida da semifinal da Copa Libertadores da América 2018

Terça-feira, 23 de outubro

Odds em 22 de outubro, segundo o BetWay

  • 21:45 – (R$ 1,80) River Plate x Grêmio (R$ 5,00); empate (R$ 3,25)
Quarta-feira, 24 de outubro
  • 21:45 – (R$ 2,25) Boca Juniors x Palmeiras (R$ 3,60); empate (R$ 2,90)

as melhores casas de apostas

Comments