Melhores Sites De Apostas

*Termos e condições se aplicam a todos os bônus oferecidos neste website. Visite a operadora para mais detalhes.

Vaga na final do vôlei de praia garante mais de 40% de lucro

Os finalistas do vôlei de praia masculino e feminino serão decididos nesta terça-feira (16/08). Dos quatro jogos, o que oferece menor retorno é no confronto entre Estados Unidos e Brasil entre as mulheres. Em caso de vitória, as americanas pagam apenas R$ 0,44 de lucro para cada real. Nos demais, o investidor pode receber entre R$ 0,50 e R$ 1,62, segundo estatísticas do Oddsshark.com/br.

O Brasil tem duas representantes na chave feminina. Às 16h, Talita Antunes e Larissa França enfrentam as alemãs Laura Ludwig/Kira-Katharina Walkenhorst na primeira das semifinais. Medalha de bronze em Londres-2012, Larissa precisa da vitória para tentar mudar a cor da medalha dessa vez. A vitória das brasileiras paga R$ 1,50 para cada real investido, enquanto o triunfo das alemãs garante R$ 2,62 em cima do mesmo investimento.

A dupla brasileira avançou na fase de grupos vencendo suas três adversárias (Polônia, Rússia e uma americana já eliminada) por 2 sets a 0. As alemãs também avançaram invictas, mas perderam um set na vitória sobre a dupla italiana. Nas oitavas, as brasileiras superaram outra dupla alemã por 2 a 0. Enquanto Ludwig e Walkenhrost passaram pela Suíça. Nas quartas, mais uma vez a dupla alemã não teve dificuldades e avançou com Vitória por 2 sets a zero, enquanto as brasileiras se classificaram com um triunfo por 2 a 1 sobre as suíças em um jogo bastante disputado.

Por volta da meia-noite tem mais Brasil: Bárbara Seixas e Agatha Bednarczuk terão uma missão difícil, enfrentando um dos maiores nomes do vôlei de praia, a americana Kerri Walsh-Jennings. A atleta é a atual tricampeã dos Jogos Olímpicos. Nesta edição, faz parceria com April Ross em busca do sonhado tetracampeonato.  Se vencer, garante R$ 1,44 para cada real dos investidores. Já as brasileiras tentam repetir a edição de 1996 quando o Brasil chegou com duas duplas na final. Se superarem as americanas, os jogadores recebem R$ 2,62 pelo triunfo. Quem acreditar que a partida será disputada e ultrapassará a marca de 84 pontos fatura R$ 1,83.

Na campanha até aqui, as brasileiras venceram as tchecas e as argentinas, mas perderam na disputa do primeiro lugar do grupo contra a Espanha. Já as americanas venceram suas três adversárias, perdendo apenas um set para a Suíça. Nas Oitavas, as duas avançaram com vitórias por 2 a 0, o que se repetiu nas quartas.

Masculino com lucros maiores

No masculino, Alison Cerutti e Bruno Schmidt entram em quadra às 17h em uma das semifinais para encarar os holandeses Alexander Brouwer e Robert Meeuwsen. Os dois são a única esperança brasileira de medalha em casa do vôlei de praia masculino, após a eliminação de Pedro Solberg e Evandro nas oitavas. Segundo estatísticas do Oddsshark.com/br, a vitória brasileira paga R$ 1,50 por cada R$ 1,00. A dupla chega embalada com um resultado excelente contra os americanos Philip Dalhausser e Nicholas Lucena, quando venceram por 2 a 1, mas dominados por longos períodos do jogo. Caso Brouwer e Meeuwsen levem a melhor sobre Alison e Bruno, o investidor recebe R$ 2,50.

Durante esses jogos olímpicos, a dupla brasileira perdeu apenas uma partida até aqui, ainda na fase de grupos para a dupla da Áustria, enquanto os holandeses só perderam um set para a dupla alemã. Foram quatro vitórias por 2 a 0 em cinco jogos.

Quem passar desse jogo enfrenta o vencedor da outra semifinal, que será disputada entre a dupla italiana Daniele Lupo e Paolo Nicolai e a russa Konstantin Semenov. Será o segundo duelo consecutivo entre italianos e russos. Nas quartas, Lupo e Nicolai venceram Dmitri Barsuk e Nikita Liamin, também da Rússia, por 2 sets a 1. Se repetirem o feito, pagam R$ 1,66 para cada investimento de R$ 1,00 dos jogadores. Se o triunfo for russo, o lucro será ainda maior, de R$ 2,10.

Os italianos entram no jogo com a responsabilidade de dar a primeira medalha da história do país na modalidade. Como a vitória já garante no mínimo a prata, seria o suficiente para o feito inédito. Para chegar até aqui, Lupo e Nicolai superaram os compatriotas Adrian Carambula e Alex Ranghieri nas oitavas, fizeram parciais de 21-18, 20-22 e 15-11. Porém, a chegada até as semifinais foi uma surpresa comparado ao início ruim na competição, quando sofreram duas derrotas e por pouco ficaram de fora dos playoffs. Já os russos Semenov e Krasilnikov venceram todos os jogos até aqui e só perderam dois sets em cinco jogos até aqui. Só que o desgaste pode pesar para esta partida. Eles foram os últimos a se classificar para as semifinais, derrotando no começo da madrugada da terça-feira os cubanos Diaz Gómez/Bayardo González.

Comments