Odds Shark melhores apostas esportivas

Confira os palpites safadinhos do Polvo Paulo para os quatro jogos dos playoffs de divisão da NFL

AP Photo / Butch Dill

A minha rodada favorita finalmente chegou! A segunda fase dos playoffs é sempre espetacular, meus jovens.

Diferentemente dos anos anteriores, apenas duas equipes ficaram de bye na rodada de Wild Card: Kansas City Chiefs e Green Bay Packers. Descansados, eles se juntam aos seis times que venceram na primeira rodada: Bills, Rams, Bucs, Ravens, Saints e Browns.

Nosso querido Polvo Paulo teve um desempenho ok na super rodada de Wild Card: foram quatro acertos e apenas dois erros. Será que teremos um 4-0 nos playoffs de divisão? 

Provavelmente não, mas vamos aos palpites! Hehe.

Lembrando sempre que é possível encontrar centenas de apostas diferentes na NFL nos odds do Betway.

Os Melhores Sites de Apostas

Packers 24x17 Rams

Jogo bastante encardido no gelado Lambeau Field!

Os Rams chegam cedendo uma média de perto de 280 jardas por jogo (melhor marca da liga); Green Bay lidera a NFL em pontos anotados.  Jogaço, hein?

Estou intrigado pra ver como os Packers se portam sem David Bahktiari, um dos melhores left tackles da NFL.  A linha defensiva dos Rams é top e Aaron Donald já falou que vai pro jogo sem qualquer restrição (machucou as costelas na semana passada).

Outra batalha para se ficar de olho é o WR Davante Adams contra o CB Jalen Ramsey.  Ramsey tem tido muito sucesso contra os melhores recebedores da NFL, e Adams é um espetáculo.  Quem vence essa batalha?

Embora os Rams tenham boas chances de vitória se encaixarem o jogo terrestre com Cam Akers, ainda confio em Aaron Rodgers.  Ele é o MVP da liga e Jared Goff não inspira qualquer confiança.  Além disso,  Green Bay joga em casa e geralmente domina seus oponentes no Lambeau Field em janeiro.  

Bills 30x28 Ravens

Dois times que chegam pegando fogo. Buffalo venceu os últimos sete jogos; Baltimore levou a melhor nos últimos seis.  Os Ravens também jogam muito bem fora de casa, vencendo 13 dos últimos 15 na estrada. 

Após voltar a vencer nos playoffs depois de 25 anos, Buffalo terá outro grande desafio: parar o possante ataque terrestre dos Ravens.  Baltimore chega para o confronto com uma média de 262 jardas pelo chão nos últimos seis compromissos.

Buffalo tem tido problemas contra o jogo corrido nessa temporada.  O time é o 17º em jardas terrestres cedidas, é apenas o 27º em touchdowns cedidos (21) e jardas cedidas por carregada (4,6).  Esses números foram muito piores na primeira metade da temporada, mas Indy achou alguns espaços nessa defesa na semana passada.  O grupo vai ter que melhorar contra Lamar Jackson e cia.

Jackson conseguiu a primeira vitória na semana passada, correndo para 136 jardas.  A defesa também brilhou, cedendo apenas 13 pontos.  Vai ser um teste bem complicado pra Josh Allen, quarterback de Buffalo.

Os Ravens amam mandar o blitz.  Se ele encaixar, Allen pode enfrentar problemas.  Por outro lado, se Allen for protegido nessas situações, ele tem tudo pra descolar passes dinâmicos para Stefon Diggs e cia.

A secundária dos Ravens é forte, mas Diggs tem se mostrado imparável na temporada.  Difícil apostar contra os Bills lá em Buffalo.

Chiefs 44x27 Browns

Os atuais campeões vão estrear nos playoffs! Após duas semanas sem entrar em campo com os titulares, será que a falta de ritmo pode pesar contra o Kansas City Chiefs?

Lembrando que o time viveu situação similar na última pós-temporada e começou perdendo de 24 a 0 dos Texans - com um Pat Mahomes um pouco enferrujado. Estou intrigado para ver se isso pode se repetir no domingo diante de um Browns que começou o duelo contra os Steelers abrindo 28 a 0 no primeiro período.

Cleveland conta com os retornos dos cornerbacks Denzel Ward e Kevin Johnson e isso certamente ajuda uma defesa que permitiu a Ben Roethlisberger 47 passes completados e 501 jardas no duelo de Wild Card. Agora, será o suficiente para brecar Mahomes e companhia? Difícil.

Os Browns permitiram 300 ou mais jardas de passe aos adversários em sete dos últimos oito jogos e agora enfrentam o melhor quarterback do mundo.  Cleveland deixou  muito espaço no meio do campo contra os Steelers e vejo Andy Reid aproveitando essa fragilidade com passes para Travis Kelce.  Isso pode ser um grande diferencial.

Cleveland precisa estabelecer o jogo terrestre com Nick Chubb.  A linha ofensiva dos Browns é sensacional e pode levar uma vantagem contra o front seven dos Chiefs.  O problema é que o ataque dos Chiefs é tão bom, que o adversário geralmente precisa lançar bastante a bola por sempre estar atrás no placar. 

Baker Mayfield vai ter que brilhar pra Cleveland vencer.   Confio mais no Patrick Mahomes.

Saints 27-24 Buccaneers

Nada como fechar o divisional com um duelo eletrizante entre Tom Brady e Drew Brees - dois dos melhores quarterbacks de todos os tempos!

Os Saints varreram os Bucs com muita autoridade na temporada regular colocando muita pressão em Brady: a defesa somou cinco interceptações e seis sacks nos dois compromissos. Certamente New Orleans terá o jogo nas mãos se conseguir algo similar no domingo.

Acontece que o ataque dos Bucs não é o mesmo dos primeiros encontros: o grupo chega pegando fogo com média de 38,2 pontos nos últimos quatro jogos. A linha ofensiva de Tampa vem protegendo melhor seu quarterback e Brady Boy pode dissecar qualquer defesa quando tem tempo no pocket.  Isso vai ser determinante nesse jogo.

Embora a defesa dos Buccaneers possa brecar o jogo terrestre de New Orleans, o time não terá chance se der a Drew Brees e companhia os mesmos espaços que apareceram no duelo da semana passada contra Washington. Ainda estou esperando um grande jogo de Michael Thomas - e isso pode acontecer no Superdome.

Tom Brady vai entrar com sangue nos olhos para evitar a terceira derrota seguida para o rival, mas vejo os Saints como um time um pouquinho mais completo e deve levar essa jogando em casa.