Melhores Sites De Apostas

*Termos e condições se aplicam a todos os bônus oferecidos neste website. Visite a operadora para mais detalhes.

Ensinamentos da Semana 15: Após cinco temporadas consecutivas, será que os Seahawks ficam de fora dos playoffs?

Um dos times mais dominantes dos últimos anos. os Seahawks levaram uma surra do rival Rams e possuem chances reais de não irem à pós-temporada em 2017

Desde que Pete Carroll assumiu o Seattle Seahawks em 2010, o time foi sinônimo de playoffs: chegou à pós-temporada em seis dos sete anos anteriores! Nas seis participações, em quatro foi eliminado no Divisional Round, em uma caiu no Super Bowl para os Patriots e na outra faturou o título amassando o Denver Broncos. A questão é que, em 2017, essa sequência está bem perto de ser quebrada: o time levou uma surra do rival Los Angeles Rams em pleno CenturyLink Field no último domingo e se complicou demais na busca por uma vaguinha. Será que o time vai ficar de fora este ano?

A chance é muito grande. Caso tivesse vencido o Los Angeles Rams na Semana 15, a equipe de Russell Wilson e companhia estaria com a vaga bem encaminhada, entretanto, o que se viu no CenturyLink Field foi uma surra sem precedentes! Todd Gurley destruiu a desfalcada defesa com quatro TDs e a linha ofensiva, que é ruim mesmo, foi dominada pelo pass-rush dos Rams. Não é exagero dizer que a derrota por 42 a 7 em casa foi a pior da era Pete Carroll em oito anos no comando.

A questão é: e agora? Por incrível que pareça, os Seahawks ainda podem vencer a NFC West! Para isso, ‘basta’ que a equipe vença os seus dois compromissos (Cowboys e Cardinals) e que os Rams percam os dois jogos (Titans e 49ers). Falando apenas em uma vaga de Wild Card, Seattle precisa vencer ambos os jogos, torcer por dois tropeços dos Falcons e pelo menos uma derrota dos Lions. Não é impossível, mas extremamente improvável! Tanto que no Bet365 não constam odds para Seattle vencer a divisão.

Falando em odds, os valores relacionados aos Seahawks dão uma boa ideia do pequeno milagre que a franquia precisa. Se você ainda levar fé na equipe, o Bet365 paga R$23 a cada real se Seattle vencer a Conferência Nacional e R$51 / R$1 em caso de título do Super Bowl! Está com coragem? É a chance de ganhar uma bolada! Não se esqueça que esse time cansou de ir buscar milagres nos anos anteriores…

Vamos a mais alguns ensinamentos que a Semana 15 nos trouxe.

As regras da NFL precisam ser revisadas com urgência

É difícil de aceitar, mas é a realidade: nós ainda não sabemos o que é uma recepção na NFL! Para quem estava em Marte e não acompanhou o ocorrido, o TE Jesse James anotou um touchdown nos segundos finais do duelo dos Steelers contra os Patriots, mas, após a revisão, foi constatado que ele não completou a recepção por perder o controle da bola no contato com o solo.

Apesar da decisão dos árbitros ter sido correta de acordo com as regras, isso não significa que elas estejam corretas! O fatídico lance ainda é tema de discussões acaloradas entre os torcedores e ficará marcado eternamente na história da liga. Dependendo dos desdobramentos das próximas duas semanas, essa decisão pode ter decidido a primeira colocação da AFC e o mando de campo até o Super Bowl - e isso não é pouca coisa. Portanto, todos esperamos que eles simplifiquem esse conceito para os anos seguintes.

Nem Aaron Rodgers foi capaz de salvar os Packers

Apesar do genial Aaron Rodgers ser um dos maiores ‘milagreiros’ da história da NFL, nem ele foi capaz de manter o Green Bay Packers vivo na briga por playoffs. Após ficar sete semanas se recuperando de uma lesão na clavícula, ele retornou na Semana 15 precisando vencer os três jogos restantes e ainda torcer para uma combinação de resultados para levar seu time à pós-temporada. A missão não era impossível se tratando de A-Rod, mas, infelizmente para os Cabeças de Queijo, ele não conseguiu cumpri-la.

Muito porque a dificuldade da tabela era gigantesca! Apesar dos três touchdowns, Rodgers não foi capaz de vencer o forte time do Carolina Panthers em Charlotte. Mesmo recuperado clinicamente, ele sentiu demais a falta de ritmo de jogo e não foi páreo para uma das melhores defesas da liga. Olho nesse time da Carolina do Sul! A maior prova de   que Rodgers ainda não está 100% é os Packers, já eliminados, colocaram o seu quarterback na lista dos contundidos até o fim do ano.

Palpite: Nick Foles dará conta do recado!

Falamos amplamente do Philadelphia Eagles nos Ensinamentos da última semana e, mesmo sem saber como o time se comportaria sem Carson Wentz, chegamos à conclusão que valia aproveitar a queda brusca dos Eagles nas casas de aposta e investir em um dos melhores times da NFL com odds bem significativos. Bem, passada uma semana, podemos dizer que estávamos certos!

Apesar da defesa ter mostrado uma ligeira queda de intensidade, talvez pela vaga já alcançada, Nick Foles foi muito bem e mostrou que pode comandar com eficiência o ataque montado pelo técnico Doug Pederson. O camisa 9 se comportou muito bem nos momentos de pressão e mostrou bastante precisão nos quatro passes para touchdown contra os Giants no último domingo.

Como ressaltamos, os odds com relação as Águias realmente diminuíram da semana passada para agora: foram de R$6 para R$5 / R$1 para os Eagles vencerem a NFC e de R$13 para R$10 por real no caso da conquista de um Super Bowl inédito. Se eu fosse você, aproveitaria esses valores antes que caiam ainda mais até o fim da temporada regular.

Cadastre-se no Bet365 para apostar na NFL

Comments