Odds Shark melhores apostas esportivas

Olimpíadas 2021! Vídeo sobre as maiores chances de ouro do Brasil; apostas abertas

Delegação brasileira é composta por 300 atletas; maiores esperanças se concentram no vôlei de quadra e praia, surfe, skate, vela e futebol 

Olimpíadas 2021 na área! Neste vídeo, você vai saber como fazer apostas esportivas nos atletas do Brasil com mais chances de subir ao lugar mais alto do pódio. Há muitas chances, literalmente, de ouro para você faturar com as apostas esportivas! Conte com a ajuda do nosso especialista para qualificar os seus palpites nos principais sites de apostas. Na sequência, confira as cotas do SpinSports. Quer uma ajuda para fazer a aposta? Clique no link e confira o passo a passo com o nosso tutorial.

Os Melhores Sites de Apostas

Atletas brasileiros com mais chances de ouro nas Olimpíadas de 2021

O Brasil foi beneficiado com a inclusão de modalidades como o surfe e o skate. Afinal, nossos atletas fazem parte da elite de ambos os esportes. Mas em termos de ouro, as maiores esperanças são em disputas em que subimos no lugar mais alto do pódio nos últimos 30 anos, principalmente o vôlei (quadra e areia) e a vela. Os odds são do SpinSports.

Gabriel Medina

Em termos de favoritismo, ninguém barra Gabriel Medina na delegação brasileiro. O surfista do litoral paulista é bicampeão mundial de surfe (2014 e 2018) – sendo o primeiro brazuca a alcançar tal feito. Por isso, ele é um dos favoritos a ser o primeiro medalhista de ouro do surf em Olimpíadas. Se você pensa da mesma forma, aposte agora! A cota do SpinSports é de R$ 2,75 para 1.

Vôlei masculino

O vôlei masculino do Brasil está sempre em alta desde 1984, quando conseguiu sua primeira medalha de prata. De 1992 para cá, foram três ouros – sendo os outros dois em 2004 (Atenas) e Rio (2006), além de mais duas medalhas prateadas (2008 e 2012). A seleção brasileira chega em alta, já que faturou, recentemente, os títulos da Copa do Mundo e da Liga das Nações. Prata em Los Angeles como jogador, Renan Dal Zotto comanda o time do Brasil em Tóquio, onde o ouro brasileiro conta com odds de R$ 4,00 para 1.

Futebol masculino

A seleção brasileira olímpica de futebol deixou para trás um incômodo tabu, em 2016, com a conquista do ouro, nos pênaltis, diante da Alemanha no Maracanã. Em busca do bi, o Brasil não contará com o astro Neymar, mas terá o experiente Daniel Alves como maior referência aos jovens jogadores. Dá para confiar plenamente em mais um ouro – cotado a R$ 4,00 para 1.

Isaquias Queiroz 

Grande nome da canoagem brasileira, Isaquias Queiroz viu o ouro bater na trave em 2016 – ao faturar duas pratas e um bronze nas Olimpíadas do Rio. Mas ele não esmorece e chega ao Japão com o status de campeão mundial do C1 1.000m, em 2019. A cota no ouro de Isaquias é o mesmo do futebol e do vôlei masculino. Ou seja, 4.00 para 1.

Skate feminino

É bom lembrar que será a primeira vez do skate em Olimpíadas. Aliás, a líder do ranking mundial feminino é a jovem Pâmela Rosa, campeã mundial em 2019. Ela é a grande favorito ao título olímpico ao lada da japonesa Aori Nishamura – a cota das duas é a mesma: R$ 3,50 para 1 para o ouro. Quem corre por fora é outra brazuca: Rayassa Leal, que tem odds de R$ 4,50 para 1 – se alcançar o lugar mais alto do pódio. 

Vela feminina

É bom lembrar que será a primeira vez do skate em Olimpíadas. Aliás, a líder do ranking mundial feminino é a jovem Pâmela Rosa, campeã mundial em 2019. Ela é a grande favorito ao título olímpico ao lada da japonesa Aori Nishamura – a cota das duas é a mesma: R$ 3,50 para 1 para o ouro. Quem corre por fora é outra brazuca: Rayassa Leal, que tem odds de R$ 4,50 para 1 – se alcançar o lugar mais alto do pódio. 

Outras apostas do Brasil com boas chances de ouro nas Olimpíadas de 2021

  • Ítalo Ferreira (surfe): R$ 4,25 para 1 no ouro/R$ 1,66 para subir ao pódio
  • Ágatha/Duda (vôlei de praia): R$ 7,00 para 1 
  • Tatiana Weston-Webb (surfe): R$ 7,00 para 1
  • Vôlei feminino: R$ 5,50 para 1