Melhores Sites De Apostas
*Termos e condições se aplicam a todos os bônus oferecidos neste website. Visite a operadora para mais detalhes.

Mundial de surfe: Gabriel Medina e Filipe Toledo brigam pelo título na etapa de Portugal

Gabriel Medina
Foto: Reprodução/Instagram Gabriel Medina

Combinação de resultados poderá garantir a Medina o bicampeonato mundial de forma antecipada

Teve início na última terça-feira (16) o Rip Curl Pro Portugal, penúltima etapa do Campeonato Mundial de Surfe, que acontece em Peniche, Portugal. Líder do ranking, o brasileiro Gabriel Medina poderá conquistar seu segundo título de forma antecipada, desde que conquiste o título da etapa, seu compatriota Filipe Toledo seja eliminado antes da terceira fase e o australiano Julian Wilson, vencedor da etapa da França, não chegue às semifinais. O mais provável, no entanto, é que a decisão fique para as ondas gigantes de Pipeline.

As condições do mar não ajudaram no primeiro dia, mas os resultados foram bons para os brasileiros. Vestindo a camisa amarela, Medina confirmou o favoritismo na bateria inicial. Filipinho teve um pouco mais de trabalho, foi surpreendido pelo catarinense Tomas Hermes, e precisou disputar uma repescagem contra Samuel Pupo para seguir na briga. De acordo com o Bet365, a dupla encabeça a lista de favoritos, com o campeão mundial de 2014 um pouco à frente.

Confira na sequência os nossos prognósticos e faça o melhor investimento no Rip Curl Pro Portugal.

Medina é o mais cotado para vencer a etapa portuguesa

O brasileiro Gabriel Medina não tem em Portugal um retrospecto tão positivo como em outras etapas, como a da França, mas conquistou o título nas ondas de Peniche pela primeira vez na carreira em 2017. Nas temporadas anteriores, sua melhor colocação havia sido um segundo lugar em 2012.

Quebrado o gelo, o campeão mundial de 2014 aparece como maior favorito para ficar novamente com o caneco, e, possivelmente, comemorar o bicampeonato por antecipação. Ele venceu três das últimas quatro provas, e foi o segundo colocado em Les Culs Nus.

Segundo o Bet365, caso Medina vença a próxima bateria, contra Ryan Callinan, o lucro do apostador será de 45%. Se ele avançar até as semifinais, o valor subirá para 89%. Uma classificação à grande final garantirá R$ 2,62 por cada real apostado, pouco mais da metade dos R$ 5,00/R$ 1,00 oferecidos na hipótese do brasileiro ser o campeão da etapa.

Filipe Toledo joga as últimas fichas pelo título

Dono da camisa amarela até a etapa da França, Filipe Toledo viu sua liderança escapar por entre os dedos com a derrota na terceira fase para o convidado Ryan Callinan e a ascensão de seus principais concorrentes, Gabriel Medina e Julian Wilson, até as fases decisivas.

Para chegar à Pipeline em boas condições de brigar pelo título mundial, não restará a Filipinho outra alternativa a não ser vencer em Portugal, de preferência com eliminações precoces dos rivais. O brasileiro começou mal a competição, e acabou derrotado em sua bateria. Porém conseguiu se recuperar na repescagem, e pegou o melhor tubo do primeiro dia.

As cotas do Bet365 apontam que um triunfo de Toledo em Peniche pagará R$ 6,50 por cada real apostado. Caso ele seja semifinalista, o retorno será de R$ 2,20/R$ 1,00.

Vitória em Les Culs Nus recoloca Julian Wilson na briga

Até a etapa da França, o australiano Julian Wilson havia vencido apenas uma vez, na abertura do campeonato, em seu país natal. Porém, graças a uma boa regularidade ao longo da temporada, conseguiu se manter sempre entre os primeiros colocados, e deu o pulo do gato com a conquista da última semana.

O terceiro colocado no ranking agora tem bons motivos para acreditar que pode ficar com o título mundial, e, se a exemplo da temporada 2012, for o vencedor na chamada “Praia dos Supertubos”, terá grandes chances de chegar à Pipeline com a camisa amarela.

Um triunfo do australiano renderá R$ 6,50 por cada real apostado. Se ele for semifinalista, o lucro será de 120%, e se avançar até a final o valor subirá para 250%.

Italo Ferreira corre por fora

O primeiro dia de disputas em Portugal foi extremamente positivo para os representantes da chamada “Brazilian Storm”. Além de Medina, William Cardoso, Michael Rodrigues, Ian Gouveia Jessé Mendes e Italo Ferreira venceram suas baterias inaugurais e carimbaram o passaporte para a terceira fase.

De todos estes nomes, Italo Ferreira é o que desponta com maiores chances de fazer bonito nos Supertubos. Ele teve um bom início de temporada, com vitórias na Austrália e na Indonésia, mas caiu de produção nas últimas etapas e se afastou da briga pelo título mundial.

Correndo por fora, o potiguar proporcionará ao apostador 250% de lucro se for semifinalista e 450% se chegar até a final. Caso conquiste o título, devolverá R$ 10,00 por cada real apostado.

Odds para vencer o Rip Curl Pro Portugal 2018

Odds em 17 de outubro, segundo o Bet365

  • Gabriel Medina – R$ 5,00/R$ 1,00
  • Filipe Toledo – R$ 6,50/R$ 1,00
  • Julian Wilson - R$ 6,50/R$ 1,00
  • Italo Ferreira – R$ 10,00/R$ 1,00
  • Jordy Smith – R$ 11,00/R$ 1,00
  • Kolohe Andino – R$ 17,00/R$ 1,00
  • Griffin Colapinto – R$ 21,00/R$ 1,00
  • Conner Coffin – R$ 21,00/R$ 1,00
  • Ryan Callinan – R$ 23,00/R$ 1,00
  • Wade Carmichael – R$ 26,00/R$ 1,00
  • Owen Wright – R$ 26,00/R$ 1,00
  • Kanoa Igarashi – R$ 26,00/R$ 1,00
  • Michel Bourez – R$ 26,00/R$ 1,00
  • Sebastian Zietz – R$ 31,00/R$ 1,00
  • Jeremy Flores – R$ 34,00/R$ 1,00
  • Adrian Buchan – R$ 41,00/R$ 1,00
  • Adriano de Souza – R$ 41,00/R$ 1,00
  • Frederico Morais – R$ 41,00/R$ 1,00
  • Michael Rodrigues – R$ 41,00/R$ 1,00
  • William Cardoso – R$ 51,00/R$ 1,00
  • Yago Dora – R$ 51,00/R$ 1,00
  • Matt Wilkinson – R$ 67,00/R$ 1,00
  • Connor o’Leary – R$ 67,00/R$ 1,00
  • Ezekiel Lau – R$ 67,00/R$ 1,00
  • Joan Duru – R$ 81,00/R$ 1,00
  • Jesse Mendes – R$ 81,00/R$ 1,00
  • Ian Gouveia – R$ 81,00/R$ 1,00
  • Patrick Gaudauskas – R$ 101,00/R$ 1,00
  • Michael February – R$ 101,00/R$ 1,00
  • Tomas Hermes – R$ 101,00/R$ 1,00

as melhores casas de apostas

Comments