Melhores Sites De Apostas
*Termos e condições se aplicam a todos os bônus oferecidos neste website. Visite a operadora para mais detalhes.

Scott Dixon é o grande favorito para vencer GP de Mid-Ohio na Fórmula Indy com retorno de 500%

Vice-líder do campeonato, brasileiro Hélio Castroneves surge atrás de Simon Pagenaud, Will Power, Josef Newgarden e Graham Rahal na relação dos mais cotados para receber a bandeira quadriculada

Quatro vezes campeão da IndyCar Series (2003, 2008, 2013, 2015), o neozelandês Scott Dixon (Chip Ganassi) é o líder da temporada 2017 mesmo tendo vencido apenas uma corrida no ano, o GP de Elkhart Lake. Mas graças à sua regularidade e boa pontuação, Dixon encontra-se à frente do brasileiro Hélio Castroneves na tábua de classificação. Na mais recente prova realizada, o GP de Toronto, quem subiu no degrau mais alto do pódio foi o norte-americano Josef Newgarden, quarto na classificação geral. Na sequência, você confere todos os detalhes do Grande Prêmio de Mid-Ohio, que acontecerá no próximo domingo (30), com os odds do Bet365.

GP DE MID-OHIO 2017

Como já adiantamos, o equilíbrio na temporada é imenso. A diferença entre os quatro primeiros é muito pequena: Dixon (423 pontos), Castroneves (420), Simon Pagenaud (404) e Josef Newgarden (400), quando restam apenas mais cinco corridas no calendário: Mid-Ohio, Pocono, Gateway, Watkins Glen e Sonoma.

Sobre o favorito para a prova de domingo, o fato de o neozelandês aparecer como líder da IndyCar não é o único motivo para colocá-lo como eventual piloto a receber a bandeira quadriculada, quando a vitória está cotada a R$ 5,00 sobre cada real. Scott Dixon não leva o apelido de "Mr. Mid-Ohio” à toa, pois foi neste circuito em que ele terminou na primeira colocação em cinco ocasiões na carreira.

Já Helinho não quer ficar no “quase” mais uma vez. Vice-campeão da Indy quatro vezes, o corredor paulista acredita que 2017 pode ser o ano da virada. Famoso por ter vencido as 500 Milhas de Indianápolis em três oportunidades, ele se vê em uma disputa ferrenha com os companheiros de Penske, Josef Newgarden e Simon Pagenaud, além de Dixon, da Ganassi.

“Agora é hora de lutar que nem um animal! A briga interna pelo título do campeonato é grande pelo fato de que todos na Penske estão com chances sólidas e cada ponto entre nós é muito válido. No caso do Dixon, ele pode dentro da equipe fazer o máximo de pontos tendo como vantagem o fato de ter muito mais Honda do que Chevrolet (motores) na categoria”, afirmou o brasileiro.

Principais favoritos à vitória em Mid-Ohio:

Odds em 26 de julho, segundo o Bet365

  • Scott Dixon – R$ 5,00/R$ 1
  • Simon Pagenaud – R$ 5,25/R$ 1
  • Will Power – R$ 5,50/R$ 1
  • Josef Newgarden – R$ 6,00/R$ 1
  • Graham Rahal – R$ 9,00/R$ 1
  • Helio Castroneves – R$ 9,00/R$ 1
  • James Hinchcliffe – R$ 16,00/R$ 1
  • Ryan Hunter Reay – R$ 16,00/R$ 1
  • Takuma Sato – R$ 16,00/R$ 1
  • Alexander Rossi – R$ 26,00/R$ 1
  • Tony Kanaan – R$ 26,00/R$ 1
  • Ed Jones – R$ 41,00/R$ 1
  • Marco Andretti – R$ 41,00/R$ 1

Palpite:

Scott Dixon conta com a experiência em Mid-Ohio e a consistência ao longo da temporada, mas é bom ficar de olho em Newgarden e Graham Rahal, que já venceram duas vezes este ano. Helinho também é uma boa opção de investimento, mas Dixon mostra-se uma escolha mais consciente.

Classificação da temporada 2017 da IndyCar Series:

  • 1º Scott Dixon (NZL), 423
  • 2º Helio Castroneves (BRA), 420
  • 3º Simon Pagenaud (FRA), 404
  • 4º Josef Newgarden (EUA), 400
  • 5º Will Power (AUS), 359
  • 6º Graham Rahal (EUA), 359
  • 7º Takuma Sato (JAP), 351
  • 8º Alexander Rossi (EUA), 330
  • 9º Tony Kanaan (BRA), 306
  • 10º James Hinchcliffe (CAN), 297
  • 11º Max Chilton (ING), 295
  • 12º Ed Jones (ING), 276
  • 13º Ryan Hunter-Reay (EUA), 273
  • 14º Marco Andretti (EUA), 268
  • 15º JR Hildebrand (EUA), 263
  • 16º Carlos Muñoz (COL), 224
  • 17º Mikhail Aleshin (RUS), 221
  • 18º Charlie Kimball (EUA), 206
  • 19º Conor Daly (EUA), 179
  • 20º Spencer Pigot (EUA), 154
  • 21º Ed Carpenter (EUA), 142
  • 22º Sébastien Bourdais (FRA), 136
  • 23º Juan Pablo Montoya (COL), 93
  • 24º Gabby Chaves (COL), 83
  • 25º Esteban Gutiérrez (MEX), 73
  • 26º Oriol Servià (ESP), 61
  • 27º Sebastián Saavedra (COL), 52
  • 28º Fernando Alonso (ESP), 47
  • 29º Pippa Mann (ING), 32
  • 30º Jay Howard (ING), 24
  • 31º Zach Veach (EUA), 23
  • 32º Sage Karam (EUA), 23
  • 33º James Davison (AUS), 21
  • 34º Jack Harvey (ING), 17
  • 35º Tristan Vautier (FRA), 15
  • 36º Buddy Lazier (EUA), 14

Comments