Melhores Sites De Apostas

*Termos e condições se aplicam a todos os bônus oferecidos neste website. Visite a operadora para mais detalhes.

Copa do Mundo: Inglaterra, a aposta com jeitão de fundo de investimento; entenda por quê

English Team não figura entre as grandes favoritas, mas selecionado de Gareth Southgate tem qualidade para surpreender no Mundial e proporcionar um pagamento de encher os olhos

A mídia esportiva tem se concentrado em atribuir o favoritismo para a conquista da Copa do Mundo a seleções como a Alemanha, atual campeã, Brasil, Espanha e Argentina. Mas quando o assunto é aposta esportiva, existem possibilidades muito interessantes do ponto de vista do investimento a fundo perdido. Não entendeu? Explicaremos detalhadamente, a seguir, como você pode tirar grande proveito dos odds do Bet365.

Copa do Mundo de 2018: motivos para apostar na Inglaterra como campeã

É bem verdade que o English Team desperta muita desconfiança com relação à possibilidade de levantar o caneco. O primeiro e único título mundial foi conquistado no longínquo ano de 1966, em final controversa contra a Alemanha, quando a seleção inglesa, país-sede daquele Mundial, foi favorecida por decisões controversas da arbitragem.

Em 1990, a Inglaterra conseguiu a melhor classificação desde então. Nas semifinais da Copa da Itália, o time comandado pelo saudoso Bobby Robson caiu nos pênaltis para os germânicos, que ficaram com a taça – depois de derrotarem a Argentina na decisão. Em 2002, o último grande momento. Em um jogo digno da alcunha de final antecipada, os ingleses, que contavam com Beckham e Owen no auge de suas carreiras, perderam de virada por 2 a 1 para o Brasil, que abriu caminho para o penta.

Reestruturação já rende bons frutos  

Em função dos repetidos fracassos e da dificuldade de revelar craques como seus principais adversários, a The Football Association (FA), que é a federação inglesa de futebol, passou a investir pesado na formação de jogadores e no fortalecimento da estrutura das seleções de base, em trabalho semelhante ao desenvolvido pela Alemanha, depois da campanha de 1998, quando os alemães disputaram o Mundial da França com um grupo com idade bastante avançada.

Desde então, a Inglaterra passou a dar as cartas nas competições de aspirantes, sendo a atual campeã mundial do sub-17 e sub-20, dona do título da Eurocopa sub-19, além do vice da Euro sub-17 e semifinalista da competição continental na categoria sub-21. A iniciativa recebeu o nome de “Elite Player Performance Plan (EPPP)”. A metodologia se divide em três etapas: Iniciação (9 a 11 anos), Desenvolvimento Jovem (12 a 16 anos) e Desenvolvimento Profissional (17 a 23 anos).

Na prática, membros da federação recrutam jovens talentos por todo o país e os direcionam para os clubes mais próximos, que também são gratificados dependendo do nível de capacitação que proporciona aos futuros atletas. De acordo com a estrutura que oferecem, quanto melhor a avaliação, mais dinheiro recebem para investir nas categorias de base.

Retorno com possível título da Inglaterra na Copa do Mundo

Hoje, para quem apostar na seleção inglesa como a próxima campeã mundial, o lucro será de 1900%. Por isso, fica a dica para um investimento a fundo perdido. Como assim? Simples. Trata-se de uma estratégia de diversificação dos palpites. Em vez de concentrar a verba em apenas um país, você aumenta suas chances apontando para outros caminhos.

Por exemplo: se você dispõe de R$ 50, a dica é não colocar tudo em um só candidato. Nos ingleses, a boa é alocar 20% do montante, o que equivale a R$ 10, e aguardar os “dados rolarem”. Se a Inglaterra chegar ao tão sonhado bicampeonato, você irá resgatar R$ 190. Subtraindo os R$ 40 despendidos em outras possibilidades, o valor líquido passa para R$ 150 – o triplo do que foi gasto inicialmente. Que tal seguir por este caminho?

Convocação da Inglaterra para o Mundial de 2018

Na semana anterior, Southgate revelou o nome dos 23 jogadores que buscarão a Taça FIFA na Rússia. São eles:

Goleiros: Jordan Pickford (Everton), Jack Butland (Stoke City) e Nick Pope (Burnley);

Defensores: Alexander-Arnold (Liverpool), Cahill (Chelsea), Delph, Stones e Walker (Manchester City), Phil Jones e Ashley Young (Manchester United), Danny Rose e Trippier (Tottenham) e Harry Maguire (Leicester);

Meio-campo: Dier e Dele Alli (Tottenham), Jordan Henderson (Liverpool), Lingard (Manchester United) e Loftus-Cheek (Crystal Palace);

Ataque: Raheem Sterling (Manchester City), Marcus Rashford (Manchester United), Harry Kane (Tottenham), Jamie Vardy (Leicester) e Danny Welbeck (Arsenal).

Artilharia da Copa do Mundo de 2018

Fique de olho, também, nas possibilidades com relação ao principal goleador do Mundial. E o inglês Harry Kane traz um excelente retorno se terminar a competição na condição de artilheiro. Confira:

Jogador/cotação

Odds em 21 de maio, segundo o Bet365

  • Lionel Messi (Argentina) – R$ 10,00/R$ 1
  • Neymar (Brasil) – R$ 11,00/R$ 1
  • Griezmann (França) – R$ 13,00/R$ 1
  • Cristiano Ronaldo (Portugal) – R$ 15,00/R$ 1
  • Harry Kane (Inglaterra) – R$ 17,00/R$ 1

as melhores casas de apostas

Comments