Melhores Sites De Apostas

*Termos e condições se aplicam a todos os bônus oferecidos neste website. Visite a operadora para mais detalhes.

França x Bélgica: Prognóstico da final da Copa Davis

Decisão será em Lille, na França

O Asterix recebe o Tintim na grande final da Copa Davis masculina de tênis de 2017. A bleue, blanche et rouge não fica com o troféu desde 2001 e quer quebrar o incômodo jejum. Os belgas são os azarões e chegam à final apenas pela terceira vez em sua história. Confira abaixo os prognósticos, segundo o betsson.

Como chegaram à final?

A Bélgica venceu a Alemanha no cimento coberto, em Frankfurt, por 4 a 1. Na segunda rodada, bateu a Itália por 3 a 2, em Charleroi, também em indoor sobre piso duro. A semifinal foi realizada em Bruxelas, novamente com teto coberto, mas no saibro. Os belgas bateram a Austrália por 3 a 2.

A equipe francesa estreou em Tóquio sob teto, sobre cimento. A vitória foi por 4 a 1. Nas quartas de final, em Rouen, a França desclassificou o Reino Unido por 4 a 1, no saibro, em quadra coberta. Na semifinal, a vítima foi a Sérvia, que caiu por 3 a 1, no saibro ao ar livre de Lille

Quem são os jogadores?

A França, comandada por Yannick Noah, tem seu quarteto bem definido: Jo-Wilfried Tsonga (15º do ranking mundial de simples), Lucas Pouille (18º), Nicolas Mahut (sexto do ranking de duplas) e Pierre-Hughes Herbert (13º de duplas).

Os jogos de simples dos belgas serão feitos por David Goffin (sétimo) e Steve Darcis (76º). Nas duplas está a dúvida do treinador Johan Van Herck. Ruben Bemelmans (274º) estará em quadra. Seu companheiro pode ser o próprio Steve Darcis ou Arthur de Greef (1.229º). Acontece que este último não é titular e só foi convocado por causa da contusão de Joris De Loore. No ranking de duplas, Darcis tem mais de 900 posições de vantagem sobre De Greef. A questão é que De Greef estará mais descansado e entrosado com seu parceiro do que Darcis.

Histórico

Campeã em nove oportunidades (1927, 1928, 1929, 1930, 1931, 1932, 1991, 1996 e 2001), os franceses não estouram o champanhe há quinze anos e o jejum incomoda.

A Bélgica só esteve em duas decisões e perdeu ambas para o Reino Unido, em 1904 e em 2015.

Os Estados Unidos lideram o ranking de títulos com 32, seguidos pela Austrália, que têm 28. Os britânicos estão em terceiro, com dez taças.

O palco da final

O estádio de futebol do Lille, clube da Ligue 1, denominado Stade Pierre Mauroy, tem capacidade para 50 mil pessoas para assistir o velho esporte bretão. No caso do tênis, dividiu-se o campo em dois para preservar grande parte do gramado. Apenas 27.500 ingressos foram colocados à venda. Recentemente, esta arena recebeu os comandados de Tite que bateram o Japão por 3 a 1, em partida amistosa.

Para as pelejas da bola amarela, os embates serão em piso duro e serão cobertos pelo belo teto da casa do Lille.

A seleção brasileira

Bruno Soares, Marcelo Melo, Thiago Monteiro e Thomaz Bellucci representaram a Verde e Amarela na Copa Davis desta temporada. Os brazucas foram isentados da primeira rodada da segunda divisão e atropelaram o Equador por 5 a 0 na segunda.

Na Repescagem que valia vaga no Grupo Mundial de 2018, em Osaka, o Brasil perdeu de 3 a 1 para o Japão e tentará novamente voltar à elite do tênis através do Grupo das Américas.

Os tupiniquins já sabem que estreiam contra a República Dominicana, no Caribe. Na segunda rodada, encara Barbados ou Colômbia, seja para tentar a vaga na primeira divisão, seja para não cair ainda mais.

Copa Davis de 2018

Austrália, Bélgica, Estados Unidos, Espanha, França, Itália, Reino Unido e Sérvia, que chegaram às quartas de final da edição 2017, estão garantidos no Grupo Mundial do ano que vem.

Alemanha, Canadá, Croácia, Japão e Suíça permaneceram entre os dezesseis melhores do mundo após passarem pela Repescagem.

Argentina, República Checa e Rússia foram rebaixadas e substituídas por Cazaquistão, Holanda e Hungria a partir de fevereiro.

Em breve, teremos odds para investimento a longo prazo (outrights) desta competição.

Palpite

Assim que a ordem dos duelos for definida e anunciada pela organização da Copa Davis, as casas de apostas esportivas divulgarão mais odds, para se poder ganhar dinheiro com cada confronto, cada set, etc. Por enquanto, só temos as avaliações para outrights.

Eu fico com a França, que além de atuar em seus domínios, tem um time mais sólido, de posições mais baixas no ranking mundial. Os fluentes em flamenco e francês têm sérios problemas com sua dupla, que é fraca. Se eu estiver correto, ganho R$ 1,26 / um, contra R$ 3,75 / um de quem acreditar nos belgas.

Datas e odds da Final

De sexta-feira 24 a domingo 26 de novembro:

Odds em 23 de novembro, segundo o betsson

  • (R$ 1,26) França x Bélgica (R$ 3,75)

Comments