Melhores Sites De Apostas
*Termos e condições se aplicam a todos os bônus oferecidos neste website. Visite a operadora para mais detalhes.

Deiveson Figueiredo dispara como favorito contra Cody Garbrandt no UFC 255

Disputa do cinturão peso-mosca acontece no dia 21 de novembro

Mal conquistou o cinturão peso-mosca do UFC e Deiveson Figueiredo já tem sua primeira defesa de título marcada pela maior organização de MMA do planeta. O brasileiro defende o trono contra Cody Garbrandt no dia 21 de novembro, pelo UFC 255, em local ainda a ser definido pelo Ultimate. E Deiveson já disparou como favorito para a disputa de cinturão, segundo o Bodog.

Os Melhores Sites de Apostas

A negociação

Deiveson Figueiredo se tornou campeão peso-mosca no último dia 18 de julho. Ou seja: não tem nem um mês que ele colocou as mãos no cinturão e logo ele já teve seu primeiro compromisso como campeão definido. O brasileiro queria dar uma oportunidade para a categoria peso-mosca (muitas vezes pouco expressiva e que desperta pouco interesse no fãs) se movimentar. Ele, inclusive, sugeriu que sua primeira defesa de título fosse contra Brandon Moreno, Top da divisão. Mas o UFC tinha outros planos.

Cody Garbrandt é ex-campeão da categoria peso-galo, e depois de ser nocauteado três vezes, nocauteou Raphael Assunção em sua última apresentação. Isso o fez sugerir uma descida de peso rumo a categoria dos moscas e, claro, o UFC gostou da ideia. Cody é um nome mais expressivo até do que o próprio campeão Deiveson. Ele atrai os holofotes e vai render boas vendas ao UFC 255.

No fim das contas, Deiveson não pôde bater cabeça com o Ultimate e acabou aceitando a luta com Garbrandt. Até porque, ele sabe que uma vitória contra Cody o torna ainda mais popular e contribui para seu legado no mundo das lutas.

O favorito

Cody Garbrandt obviamente tem suas qualidades. É um ex-campeão do UFC, tem um boxe de altíssimo nível, mas vai estar descendo de peso. Passar da categoria dos galos (até 61kg) para a divisão do moscas (até 56kg) tem seu preço. O americano pode até fazer o processo de forma profissional e bater o peso. O problema são os efeitos que esse corte terá em sua performance. A absorção de golpes para lutadores já se mostrou um problema sério no caso de TJ Dillashaw, rival de Garbrandt, que fez a mesma mudança de peso e acabou nocauteado por Henry Cejudo em janeiro do ano passado.

Como essa é a primeira vez que Cody desce para o peso na carreira, e considerando também que a margem de resultados negativos é maior entre atletas que descem de peso do que entre atletas que sobem, não há como não tratar Cody como azarão. Principalmente pela fase que Deiveson vive. O brasileiro está esbanjando confiança, tem se apresentado cada vez melhor e tá com a mão muito, mas muito pesada. Se não conseguiu nocautear Cody, ele tem jogo pra finalizar o americano, que é fraco no chão.

Odds para o UFC 255

Odds em 14 de agosto, segundo o Bodog

(R$ 1,37) Deiveson Figueiredo x Cody Garbrandt (R$ 3,05)