Melhores Sites De Apostas

*Termos e condições se aplicam a todos os bônus oferecidos neste website. Visite a operadora para mais detalhes.

Favoritos, odds e dicas: como apostar e lucrar até 500% no UFC 223 com Khabib Nurmagomedov Vs Max Holloway

O UFC 223, que acontece neste sábado, em Brooklyn, Nova York (EUA), já pode ser apontado como o evento mais azarado da história recente do Ultimate. O evento sofreu mudanças inacreditáveis às vésperas do show. Para começar, a disputa de título dos leves que aconteceria entre Khabib Nurmagomedov e Tony Ferguson se transformou em algo inesperado. Ferguson se lesionou e Max Holloway foi convocado para substituí-lo. O havaiano se apresentou. Porém, durante a pesagem, sofreu um veto da comissão atlética e foi impedido de lutar. Depois de serem cogitados os nomes de Anthony Pettis e Paul Felder, acabou caindo no colo de Al Iaquinta a chance de encarar Nurmagomedov. 

Khabib Nurmagomedov Vs Al Iaquinta

Assim como Ferguson, Holloway, Perfis e Fender, Iaquinta também é amplamente azarão no confronto contra Nurmagomedov. A chance é de ouro e no MMA tudo é possível, mas nem o fã mais otimista de Al consegue argumentos para sustentar uma aposta no americano. Ele é resistente, tem um jogo de trocação potente e é jovem, mas Nurmagomedov tem um jogo indigesto de wrestling e deve passar por cima do americano. O russo é um fenômeno e, após as loucuras que aconteceram na semana, deve vencer e garantir os 20% de lucro que o Bodog oferece. Acreditar que Iaquinta pode render 350% de lucro contra Nurmagomedov em cima da hora e em tais condições não é um investimento seguro.

McGregor derruba três lutas do UFC 223

Conor McGregor não está nem escalado para o evento deste sábado, mas foi responsável por derrubar três combates programados para o show. Depois de protagonizar cenas de vandalismo, nas quais quebrou a janela de um ônibus do UFC onde Nurmagomedov estava, em Brooklyn, o irlandês acabou detido pela polícia, pagou uma fiança de US$ 50 mil e terá de responder em liberdade a três acusações. Como resultado, Artem Lobov (amigo de McGregor e participante da confusão) foi retirado do card, onde enfrentaria Alex Cáceres. Além disso, Michael Chiesa e Ray Borg se feriram com o ataque de McGregor e acabaram fora de ação.

UFC 223 — Card atualizado

Card principal

Odds em 7 de abril, segundo o Bodog

  • (R$ 1,20) Khabib Nurmagomedov Vs. Al Iaquinta (R$ 4,50)
  • (R$ 1,87) Rose Namajunas Vs. Joanna Jedrzejczyk (R$ 1,87)
  • (R$ 1,90) Renato Moicano Vs. Calvin Kattar (R$ 1,83)
  • (R$ 1,15) Zabit Magomedsharipov Vs. Kyle Bochniak (R$ 5,25)
  • (R$ 1,58) Joe Lauzon Vs. Chris Gruetzemacher  (R$ 2,40)
Card preliminar

Odds em 7 de abril, segundo o Bodog

  • (R$ 1,52) Karolina Kowalkiewicz Vs. Felice Herrig (R$ 2,55)
  • (R$ 2,55) Bec Rawlings Vs. Ashlee Evans-Smith (R$ 1,52)
  • (R$ 1,83) Evan Dunham Vs. Olivier Aubin-Mercier (R$ 1,90)
  • (R$ 1,90) Devin Clark Vs. Mike Rodriguez (R$ 1,83)

 

Atualização anterior

 

Evento que acontece neste sábado, em Nova York (EUA), conta com duas disputas de cinturão

Acabou a espera! Depois de duas semanas sem lutas empolgantes no mundo do MMA - leia-se uma semana de investimentos parados - o UFC 223, que acontece neste sábado, em Brooklyn, Nova York (EUA), marca a volta nas atividades dentro do octógono e nas casas de apostas. O show conta com duas disputas de cinturão, um brasileiro em ação e diversos astros da companhia sob os holofotes. O evento que tem em sua luta principal o duelo entre Khabib Nurmagomedov e Max Holloway pelo título absoluto dos leves, além de Rose Namajunas Vs Joanna Jedrzejczyk pelo cinturão peso palha feminino, rende lucros de até 500%. Eis uma breve análise de como fazer dinheiro nesse evento.

Khabib Nurmagomedov Vs. Max Holloway

Era para Tony Ferguson ser o rival de Nurmagomedov na luta principal desse evento, mas de alguma forma bizarra o americano lesionou o joelho e ficou de fora. Como resultado, o duelo contra o russo acabou cancelado pela quarta vez. Em uma próxima vez, é possível que sejam lançados odds apenas para a chance da luta acontecer. Garanto que a realização do combate largará como zebra. Mas a beleza do MMA é que sempre tem alguém disposto a aceitar um desafio pesado em cima da hora. E o coelho da cartola tirado pelo UFC se chama Max Holloway. O havaiano, atual campeão peso pena do Ultimate, sobe de peso para encarar Khabib. Ele pode alcançar o mesmo feito realizado por Conor McGregor em 2016, quando o irlandês acumulou de forma simultânea os cinturões dos penas e dos leves. Se o fizer, Max terá alcançado tal glória ainda mais jovem do que o irlandês quando o fez.

O que acontece é que a missão de Max Holloway é complicadíssima. Como se não bastasse o fato de enfrentar um fenômeno russo, o havaiano o fará com apenas uma semana de preparação e em uma nova categoria de peso, na qual ele nunca se aventurou. Embora seja um jovem talento em clara evolução, Holloway terá muito trabalho e, se vencer, chocará o mundo.

Nurmagomedov é um poder imparável até aqui no MMA. O russo de 29 anos soma um cartel perfeito de 25 vitórias em 25 lutas. Mais do que isso, ele não costuma ter dificuldade alguma no octógono. Praticamente todas as suas vitórias foram de forma clara e dominante. Seu wrestling apurado são sua principal e mais eficaz arma no octógono. Ainda não apareceu um rival que tivesse capacidade de lidar com seu jogo de derrubadas. Seu único problema é o tempo inativo. Ele muitas vezes demora a lutar. Prova disso é que ele só agora terá a chance de disputar o cinturão, sendo que já é tratado como futuro campeão há pelo menos dois anos.

O casamento de estilos é interessante. Holloway tem uma envergadura maior e é melhor na trocação, mas Nurmagomedov é “amarrão”, e já anunciou que Max terá longos 25 minutos pela frente, o que significa que a estratégia do russo é derrubá-lo e bater por cima durante os cinco rounds previstos para a disputa de título.

Diante de tais aspectos, o favoritismo de Nurmagomedov é claramente justificado. Embora Holloway seja muito capaz, não é racional apostar o dinheiro nele. Segundo o Bodog, o triunfo de Khabib rende 22%, enquanto a vitória de Max Holloway, grande azarão, representa 325% de lucro. Gera R$ 4,25 a cada R$ 1 investido.

Palpite: Khabib Nurmagomedov

Rose Namajunas Vs Joanna Jedrzejczyk

O reencontro entre Namajunas e Jedrzejczyk promete. Para quem não se lembra, a primeira luta entre as duas aconteceu em novembro do ano passado, pelo UFC 217, em Nova York (EUA). E foi lá que Namajunas chocou o mundo ao nocautear Joanna no primeiro round de forma arrasadora. A revanche imediata tem seu lado bom e seu lado ruim para ambas. Historicamente, um campeão dominante que perde o título e tenta recuperá-lo imediatamente na maioria das vezes não consegue. Mas como Joanna é nova, e exagerou nas provocações no primeiro duelo, dessa vez ela parece mais focada e pronta para recuperar o cinturão. Rose terá de apresentar uma nova estratégia para vencer mais uma vez.

Apesar de ser ex-campeã, Joanna é ligeiramente favorita, oferecendo um lucro de 80%, enquanto a vitória da atual campeã, Rose Namajunas, gera um rendimento de 95%. Por mais que seja tentador apostar em um lucro alto com a atual campeã, acredito que Joanna vai recuperar o título. Não é à toa que ela é a favorita.

Palpite: Joanna Jedrzejczyk

Dicas de apostas
  • Renato Moicano é o único brasileiro em ação no UFC 223. O lutador tem boas chances de render 100% contra Calvin Kattar
  • Ex-campeão dos leves, Anthony Pettis é azarão contra Michael Chiesa e pode render 115% de lucro se vencer
  • Zabit Magomedsharipov é o maior favorito do evento. Sua vitória rende 12% de lucro, enquanto sua derrota gera 500% de lucro

Lutas do UFC 223

Card principal

Odds em 5 de abril, segundo o Bodog

  • (R$ 1,22) Khabib Nurmagomedov Vs. Max Holloway (R$ 4,25)
  • (R$ 1,95) Rose Namajunas Vs. Joanna Jedrzejczyk (R$ 1,80)
  • (R$ 2,00) Renato Moicano Vs. Calvin Kattar (R$ 1,77)
  • (R$ 2,15) Michael Chiesa Vs. Anthony Pettis (R$ 1,69)
  • (R$ 1,83) Al Iaquinta Vs. Paul Felder (R$ 1,90)
Card preliminar

Odds em 5 de abril, segundo o Bodog

  • (R$ 1,50) Karolina Kowalkiewicz Vs. Felice Herrig (R$ 2,60)
  • (R$ 1,33) Ray Borg Vs. Brandon Moreno (R$ 3,30)
  • (R$ 1,52) Joe Lauzon Vs. Chris Gruetzemacher  (R$ 2,55)
  • (R$ 1,69) Evan Dunham Vs. Olivier Aubin-Mercier (R$ 2,15)
  • (R$ 1,66) Alex Caceres Vs. Artem Lobov (R$ 2,20)
  • (R$ 1,52) Bec Rawlings Vs. Ashlee Evans-Smith (R$ 2,55)
  • (R$ 1,87) Devin Clark Vs. Mike Rodriguez (R$ 1,87)
  • (R$ 1,12) Zabit Magomedsharipov Vs. Kyle Bochniak (R$ 6,00)

Comments