Melhores Sites De Apostas
*Termos e condições se aplicam a todos os bônus oferecidos neste website. Visite a operadora para mais detalhes.

Odds, prognósticos e os favoritos para UFC 251 com Kamaru Usman x Gilbert Durinho

Durinho
Foto: Divulgação

Evento conta com três disputas de cinturão e dois brasileiros com chances de título

Chegou a hora da virada! O UFC 251, que acontece no próximo dia 11 de julho, na “Ilha da Luta”, em Abu Dhabi, vale muito para o Brasil. O país pode recuperar a hegemonia no maior evento de MMA do planeta e quebrar três tabus numa só noite. E quem vai liderar a busca pela conquista é Gilbert Durinho. O brasileiro vive fase extraordinária na categoria dos meio-médios e terá a chance pelo cinturão contra o atual campeão Kamaru Usman. Segundo o Bodog, Durinho chega como azarão na disputa.

Em grande fase com seis vitórias consecutivas no octógono, Durinho chega como azarão para a disputa de cinturão contra Usman. O triunfo do brasileiro rende 160% de lucro, enquanto a vitória do campeão oferece apenas 50% de rendimento aos investidores do mundo das lutas.

A ascensão meteórica de Durinho

O brasileiro estreou no UFC em julho de 2014. Até agosto do ano passado, o niteroiense vinha numa fase irregular na categoria dos leves, nunca emplacando mais do que três vitórias em sequência. Mas sua carreira deu uma virada quando ele decidiu abandonar a divisão até 70kg e migrar para os meio-médios, onde começou a lutar até 77kg. De agosto de 2019 até agora, Durinho não só emplacou quatro vitórias consecutivas nesse peso como botou na conta um nocaute contra uma lenda como Demian Maia e uma atuação maiúscula contra Tyron Woodley, ex-campeão da categoria, que lhe rendeu a vitória na decisão unânime dos juízes.

Tais resultados em tão pouco tempo fizeram Durinho assumir a primeira posição no ranking oficial dos meio-médios.

Amigos, amigos, negócios à parte

O fato curioso da disputa de cinturão dos meio-médios entre Gilbert Durinho e Kamaru Usman no UFC 251 é que eles treinam juntos. Isso mesmo! Eles são companheiros de treinos na academia Sanford na Flórida (EUA). O brasileiro e o nigeriano são amigos e na preparação para a luta do dia 11 vão, obviamente, ter de se separar. Kamaru vai para o Colorado (EUA) treinar com Trevor Whitman, um dos principais treinadores da atualidade, enquanto Durinho vai seguir os treinos na Sanford.

Tive a chance de conversar com Durinho após a confirmação da luta e ele me revelou que encontrou Usman depois do anúncio oficial e o papo foi o seguinte: “Somos amigos, nos gostamos, mas combinamos de deixar tudo dentro do octógono, voltaremos a ser amigos depois”. É o famoso “25 minutos de porrada sem perder a amizade”.

Vale lembrar que os treinos juntos beneficiam ambos, que sabem os pontos fortes e os pontos fracos um do outro. Durinho é um ícone do jiu-jitsu, enquanto Usman é fera no wrestling. Na trocação, os dois têm um nível parecido, mas o brasileiro parece estar batendo mais forte desde que migrou para os 77kg.

Prognóstico

O duelo promete ser parelho, e vai ser decidido no detalhe. Mas não se enganem: apesar do favoritismo de Usman, fundamentado com seus seis anos e 15 lutas de invencibilidade, Durinho tem grandes chances de se tornar campeão. A fase dele é incrível.

Os tabus

Além de Gilbert Durinho, José Aldo também entra em ação numa disputa de cinturão. O brasileiro luta pelo título vago dos galos contra Petr Yan. As vitórias de Aldo e Durinho podem representar a retomada da hegemonia do Brasil no UFC e a quebra de alguns feitos. Há três anos o Brasil não tem um homem campeão do UFC. O país não conta com três campeões de forma simultânea no UFC desde 2015. E, por fim, se ambos faturarem os dois títulos em jogo no UFC 251, o Brasil volta a ter quatro cinturões em posse ao mesmo tempo no UFC, já que Amanda Nunes é campeã peso-galo e peso-pena do Ultimate. Isso não acontece desde 2012, quando o país tinha Anderson Silva, Junior Cigano, José Aldo e Renan Barão como campeões.

Odds para o UFC 251

  • (R$ 1,50) Kamaru Usman x GIlbert Durinho (R$ 2,60)
  • (R$ 2,80) José Aldo x Petr Yan (R$ 1,43)
  • (R$ 2,60) Max Holloway x Alexander Volkanovski (R$ 1,50)
  • (R$ 1,52) Rose Namajunas x Jéssica Andrade (R$ 2,55)
  • (R$ 1,20) Amanda Ribas x Paige VanZant (R$ 4,50)
  • (R$ 2,85) Frankie Edgar x Pedro Munhoz (R$ 1,42)
  • (R$ 1,64) Volkan Oezdemir x Jiri Prochazka (R$ 2,25)
  • (R$ 1,54) Raulian Paiva x Zhalgas Zumagulov (R$ 2,50)
  • (R$ 1,25) Cyril Gane x Shamil Abdurakhimov (R$ 4,00)
Odds em 12 de junho, segundo o Bodog