Melhores Sites De Apostas
*Termos e condições se aplicam a todos os bônus oferecidos neste website. Visite a operadora para mais detalhes.

Saiba odds, favoritos e prognósticos para o UFC 232 com Jones Vs Gustafsson e Cyborg Vs Nunes

Evento que fecha temporada do UFC conta com duas disputas de cinturão

Para fechar o ano com chave de ouro, a maior organização de MMA do planeta realiza neste sábado, em Inglewood, Califórnia (EUA), o UFC 232, com duas disputas de cinturão. Além da revanche histórica entre Jon Jones e Alexander Gustafsson na luta principal, que vale o título dos meio-pesados, o show conta com a superluta feminina entre Cris Cyborg e Amanda Nunes, que se encaram pelo cinturão da categoria peso pena. O show é sua última chance de garantir um rendimento e lucrar até 325% em 2018 no MMA.

Jon Jones Vs Alexander Gustafsson

Em setembro de 2013, Jones e Gustafasson protagonizaram o que para muitos foi a disputa de cinturão mais emocionante da história do UFC. Em uma verdadeira guerra de cinco rounds, Jones manteve o título dos meio-pesados contra o sueco, mas o duelo ficou marcado como a luta mais difícil da carreira do americano - para muitos Alexander venceu aquele combate. Hoje, mais de cinco anos depois, muita coisa aconteceu com os dois, e o confronto pode ser bem diferente do primeiro.

É uma tarefa dificílima prever como será a segunda luta. A única certeza que podemos ter é que Jones, mais uma vez, é o favorito. Por todo seu legado e sua trajetória, que embora seja recheada de polêmicas, ainda assim é igualmente repleta de feitos históricos que o colocam no hall de "melhores de todos os tempos".

Desde que enfrentou Gustafsson a primeira vez, Jones lutou apenas quatro vezes nos últimos cinco anos. Os consequentes casos de doping atrasaram sua caminhada no MMA. Ele venceu as quatro lutas que fez - duas delas contra Daniel Cormier -, mas teve o resultado de sua última apresentação (um nocaute contra DC) revertido para No Contest (sem resultado), devido ao flagra no doping. O doping coloca a legitimidade do talento de Jones em questão, mas não dá para culpá-lo pela carreira inteira, já que por anos reinou sem qualquer problema com doping.

Gustafsson lutou apenas uma vez a mais do que Jones nestes cinco anos. Mas no caso do sueco, o que atrapalhou sua atividade forem diversas lesões. Ele venceu três e perdeu duas lutas nesse período. Embora não tenha se destacado como um top consistente na divisão, Gustafsson se tornou um lutador respeitado de forma incrível depois da luta que fez com Jones. Essa revanche era questão de tempo.

O momento é outro. Ambos não lutam há mais de um ano. Jones quer provar que é um lutar espetacular e "limpo". Gustafsson quer garantir que dessa vez não vai só chegar perto como vai conseguir se tornar o primeiro homem a bater Jones no MMA. A questão toda é como eles vão se apresentar depois de tanto tempo. O quanto eles evoluíram desde 2013? O tempo fez bem ou mal a ambos?

Jones é o favorito pelo lutador que é e por sua consistência como ícone do esporte. Sua vitória rende 36% de lucro, enquanto o triunfo de Gustafsson oferece 215% de rendimento no Bodog.

Palpite: Jon Jones

Cris Cyborg Vs Amanda Nunes

Foi necessário esperar um ano até que o combate acontecesse. Quase 365 dias de fazer o desafio a Cris Cyborg, Amanda Nunes terá a chance de fazer história e se tornar a primeira mulher a deter dois cinturões do UFC de forma simultânea. A superluta é simplesmente o maior duelo da história do MMA feminino.

Cyborg, campeã peso-pena feminino, é considerada por muitos como a maior lutadora da história. Depois de reinar no Strikeforce e no Invicta, ela chegou ao UFC para consolidar a posição de melhor do mundo. São 20 vitórias e apenas uma derrota na carreira. Com o número incrível de 17 nocautes - a maioria no primeiro round -, Cris é a grande favorita. No UFC, ela acumula cinco vitórias, sendo quatro por nocaute. Seu poder e agressividade não são páreo para as rivais no octógono. Não há como não tratá-la como favorita.

Amanda será, sem dúvida, o maior desafio da carreira de Cyborg. Com um cartel de 16 vitórias e quatro derrotas na carreira, a baiana vem fazendo história a cada passo. Além de ser a primeira brasileira a ganhar uma luta no UFC, Nunes foi também a primeira atleta do país a conquistar um cinturão do UFC e agora tem a chance de ser a primeira a deter dois títulos da organização de forma simultânea. Ela é a atual campeã peso-galo feminino e pode conquistar o título peso-pena. A missão é dura, bater Cyborg é uma tarefa indigesta, mas para quem já "quebrou a banca" diversas vezes, nada é impossível.

Por uma questão de experiência apenas, acredito que Cris vai se sair melhor. É mais completa, experiente e tem mais armas para vencer. Amanda precisa da estratégia perfeita se quiser ter chance contra Cris.

Palpite: Cris Cyborg

Outras opções de apostas

BJ Penn é o maior azarão da noite contra Ryan Hall e rende 325% se vencer

Cat Zingano rende 66% se bater Megan Anderson no UFC 232

Chad Mendes é grande favorito contra Alex Volkanovski

Confira odds para o UFC 232

Odds em 28 de dezembro, segundo o Bodog

  • (R$ 1,36) Jon Jones x Alexander Gustafsson (R$ 3,15)
  • (R$ 1,38) Cris Cyborg x Amanda Nunes (R$ 3,00)
  • (R$ 2,40) Calos Condit x Michael Chiesa (R$ 1,58)
  • (R$ 1,66) Ilir Latifi x Corey Anderson (R$ 2,20)
  • (R$ 1,62) Chad Mendes x Alex Volkanovski (R$ 2,30)
Card preliminar
  • (R$ 2,35) Andrei Arlovski x Walt Harris (R$ 1,60)
  • (R$ 1,66) Cat Zingano x Megan Anderson (R$ 2,20)
  • (R$ 3,30) Douglas Silva x Petr Yan (R$ 1,33)
  • (R$ 4,25) BJ Penn x Ryan Hall (R$ 1,22)
  • (R$ 1,87) Nathaniel Wood x Andre Ewell (R$ 1,87)
  • (R$ 1,83) Uriah Hall x Bevon Lewis (R$ 1,90)
  • (R$ 1,64) Curtis Millender x Siyar Bahadurzada (R$ 2,25)
  • (R$ 2,35) Brian Kelleher x Montel Jackson (R$ 1,60)

Comments