Melhores Sites De Apostas

*Termos e condições se aplicam a todos os bônus oferecidos neste website. Visite a operadora para mais detalhes.

Em casa, Treze é favorito na decisão da Pré-Copa do Nordeste contra o Cordino. Vitória do Galo rende 95%

Gabriel Stavele's picture
Foto: Jefferson Cariri Fotografia / Treze Futebol Clube

Time de Campina Grande precisa apenas de um empate sem gols para avançar à fase de grupos

Após um empate em 1x1 na partida de ida, a disputa entre Cordino e Treze por uma vaga na fase de grupos da Copa do Nordeste segue totalmente aberta. Na próxima quinta-feira (11), às 21:00 (horário de Brasília), os times têm um novo encontro marcado, desta vez no Estádio Presidente Vargas, em Campina Grande. O Treze joga por um 0x0. Se quiser se juntar a CRB, Confiança e Santa Cruz no Grupo A, o Cordino precisará vencer a partida ou empatar marcando pelo menos dois gols.   

Treze contará com o apoio da torcida

Depois de passar todo o segundo semestre de 2017 sem disputar uma única partida, o Treze inicia a nova temporada disposto a dar a volta por cima, e os ventos até aqui têm sido favoráveis ao time paraibano. Na primeira partida do ano, o Galo obteve um empate com gol fora de casa no mata-mata contra o Cordino, resultado considerado satisfatório pela comissão técnica. Três dias depois, praticamente com a mesma formação, entrou em campo novamente para sua estreia no Campeonato Paraibano, e venceu o Auto Esporte por 2x1.

Uma boa notícia para a torcida campineira é que a diretoria do Treze conseguiu junto à Diretoria de Competições da CBF a liberação para a presença de público no Presidente Vargas. O clube demorou a apresentar os laudos técnicos que garantem as condições de segurança no estádio, e o jogo esteve na iminência de acontecer com portões fechados. A novidade poderá representar um ganho técnico para os anfitriões, que receberão toda a energia vinda das arquibancadas.

Cordino terá retorno de titulares

O Cordino precisou superar grandes dificuldades na partida de ida, de maneira que o empate em 1x1 acabou ficando de bom tamanho, mesmo jogando em casa. Por problemas com a regularização de documentos, a Onça perdeu atletas considerados titulares, e o técnico Leandro Lago só pôde contar com quatro jogadores no banco de reservas.

Para o jogo de quinta-feira, estarão à disposição do treinador o zagueiro Emerson, o lateral direito Michel e o meia Allisson, além do lateral esquerdo Renan, todos com suas inscrições devidamente em dia. Deste modo, a agremiação maranhense chegará reforçada em relação ao primeiro jogo, e espera surpreender o time da casa. Além da classificação para a fase de grupos, fundamental para o planejamento dos clubes nos próximos meses, estará em jogo uma polpuda premiação de R$ 500 mil.

No primeiro jogo, campo encharcado e baixa qualidade técnica

Um temporal ocorrido meia hora antes da primeira partida deixou o gramado do Estádio Frei Epifânio em péssimas condições, e por pouco não inviabilizou a disputa.

Com a bola rolando, foi o Cordino quem procurou controlar as ações, mas nos contra-ataques o Treze criava as chances mais perigosas. Aos 10 minutos, a bola ficou presa em uma poça d’água, e o meia Tininho, atento, aproveitou para acertar uma bomba de fora da área no canto direito da meta defendida por Alberto, que nada pôde fazer. O placar estava aberto a favor dos visitantes. Nos instantes finais do primeiro tempo, Jonas Piu Piu por pouco não empatou em uma cabeçada à queima-roupa, mas o goleiro Saulo fez grande defesa. 

O time da casa foi mais insinuante na etapa complementar, mas o atacante Piu Piu desperdiçava inúmeras oportunidades. O gol salvador saiu apenas aos 30 minutos, após cobrança de falta de Ulisses. A bola explodiu na trave, e no rebote Fábio Lima precisou de duas tentativas para mandar para o fundo das redes. O Cordino ainda teve uma última chance, aos 47, novamente pelos pés de Jonas Piu Piu, mas Saulo voltou a aprecer muito bem, e o jogo terminou mesmo 1x1.

Prováveis escalações

Treze: Saulo, Ferreira, Leonadro Luiz, Ítalo e Rayro; Elielton, Jonnathan, Dedé e Tininho; Júlio Barboza e Reinaldo Alagoano

Cordino: : Alberto; Michel, Da Silva, Emerson e Renan; Júnior Negão, Gualberto, Alisson e Kelson; Radija e Ulisses

Palpite

Se por um lado o Treze terá a vantagem de jogar em casa, podendo contar com o apoio do seu torcedor, por outro, o time do Cordino que entrará em campo na quinta-feira não será o mesmo da última semana, e o plantel estará bastante fortalecido com os retornos de quatro titulares.

Meu palpite é que a partida do Presidente Vargas terminará com uma nova igualdade, mas desta vez sem gols, resultado que classifica o time da casa. De acordo com o BetWay, seu eu estiver correto, cada real investido retornará R$ 3,10.  O favoritismo é do Treze, que se vencer garantirá um rendimento de 95%. Caso o Cordino leve a melhor, o lucro será de R$ 2,75/R$ 1,00.

Outras opções de apostas
  • Resultado exato: 0x0 R$ 7,50
  • Primeira parte : Treze R$ 2,70/ Cordino R$ 4,33/ Empate R$ 2,00
  • Empate anula a aposta:  Treze R$ 1,40/ Cordino R$ 2,70
  • Primeiro gol: Treze R$ 1,72/ Cordino R$ 2,60/ Sem gols R$ 7,50
  • Ambas as equipes marcam: Sim R$ 2,10/ Não R$ 1,66

Fase Preliminar da Copa do Nordeste

Quinta-feira, 11 de janeiro

Odds em 11 de janeiro, segundo o BetWay

  • 21:00 – (R$ 1,95) Treze x Cordino (R$ 3,75); empate (R$ 3,10) – Palpite: Empate

Comments