Melhores Sites De Apostas

UFC 207: Retorno de Ronda Rousey contra Amanda Nunes pode render até 600% de lucro – veja os prognósticos

Foto: Michael Reaves/Getty Images

A temporada de 2016 será fechada com chave de ouro pelo Ultimate. Nesta sexta-feira, em Las Vegas (EUA), além de contar com diversos astros e lutas que prometem muita emoção, o card do UFC 207 conta com o aguardado retorno de Ronda Rousey. Mais de um ano após a queda de seu reinado, a americana volta a pisar no octógono para fazer a disputa do título peso galo feminino com a atual campeã da categoria, a brasileira Amanda Nunes. Essa e outras lutas da noite podem render 600% de lucro.

Amanda Nunes vs Ronda Rousey

A luta principal do show coloca frente a frente Amanda Nunes e Ronda Rousey. Em outros tempos, Ronda seria a favorita. De fato, ela ainda é. Segundo o Bet365, sua vitória paga R$ 1,70 a cada R$ 1 apostado. Mas acredito que o favoritismo é equivocado. A brasileira está com ritmo de luta, confiança em alta e tem boas armas para superar a americana. Seu triunfo rende um lucro de 120%. Amanda mostrou na luta principal do UFC 200, em julho, contra Miesha Tate, que sabe lidar bem com a pressão e brilhou na hora certa. Por outro lado, Ronda tem sinalizado barreiras psicológicas ao evitar o contato com a imprensa antes da luta e também durante meses após seus revés. Seu psicológico pode se tornar um obstáculo na hora da luta. A derrota sofrida contra Holly Holm foi traumática. Será que ela consegue a redenção? Capacidade ela tem de sobra, mas não será fácil.

É bom lembrar que Ronda não luta desde novembro do ano passado. A ocasião foi apenas a segunda vez que ela fez uma luta que tenha passado para o segundo round - ela nocauteou ou finalizou todas as outras rivais no UFC dentro do primeiro assalto. Amanda sabe bem o que fazer para frustrar a adversária. Se manter a distância e tiver paciência, o caminho vai ficar mais fácil. A melhor chance dela é trabalhar golpas na longa distância, se movimentando bem. Se deixar a americana se aproximar, assim como tantas outras, será colocada para baixo. E no chão Ronda é muito superior do que qualquer outra atleta no octógono.

Por conta da melhor fase, vejo Amanda conquistando a vitória e mantendo o cinturão peso galo feminino do UFC. Ronda Rousey não perece mentalmente preparada para voltar ao octógono e isso pesa na hora de uma disputa de cinturão.    

Palpite: Amanda Nunes

Dicas de apostas 
  • Apostar em vitória de Amanda Nunes via nocaute ou finalização aumenta o lucro de 120% para 137% 
  • A aposta em vitória de Rousey no segundo round rende um lucro de 600%
  • O investimento na vitória de John Lineker contra TJ Dillashaw rende um lucro de 200%

Dominick Cruz Vs Cody Garbrandt

Além de Amanda x Ronda, o UFC 207 conta com a disputa do cinturão peso galo entre o campeão Dominick Cruz e Cody Garbrandt. Vindo de uma sequência de cinco vitórias consecutivas no UFC, o desafiante, que soma um cartel perfeito de dez vitórias em dez lutas na carreira, tem como arma seu jogo de trocação. Cody nocauteou nove dos dez rivais que encarou. Se bater Cruz, renderá um lucro de 187%. Apesar de ser uma ameaça real, acredito que Dominick é mais completo e tem um jogo difícil de decifrar. Com uma movimentação única, inteligência e um arsenal potente, o campeão é o favorito para a disputa.

Palpite: Dominick Cruz

    Confira todas as cotações para o UFC 207

    Card Principal

    Odds em 29 de dezembro, segundo o Bet365

    • Amanda Nunes (R$ 2,20) Vs (R$ 1,70) Ronda Rousey
    • Dominick Cruz (R$ 1,44) Vs (R$ 2,87) Cody Garbrandt
    • TJ Dillashaw (R$ 1,40) Vs (R$ 3,00) John Lineker
    • Dong Hyun Kim (R$ 1,70) Vs (R$ 2,20) Tarec Saffiedine
    • Louis Smolka (R$ 2,10) Vs (R$ 1,72) Ray Borg
    Card preliminar

    Odds em 29 de dezembro, segundo o Bet365

    • Johny Hendricks (R$ 2,00) Vs (R$ 1,80) Neil Magny
    • Antônio Cara de Sapato (R$ 1,66) Vs (R$ 2,25) Marvin Vettori
    • Mike Pyle (R$ 2,50) Vs (R$ 1,57) Alex Garcia 
    • Brandon Thatch (R$ 1,50) Vs (R$ 2,70) Niko Price
    • Alex Oliveira (R$ 1,90) Vs (R$ 1,90) Tim Means

    Comments