Melhores Sites De Apostas
*Termos e condições se aplicam a todos os bônus oferecidos neste website. Visite a operadora para mais detalhes.

McGregor aceita desafio de Anderson Silva, e brasileiro larga como favorito pra superluta no UFC

Anderson Silva
Foto: AP Photo/Felipe Dana

Duelo entre ex-campeões do UFC aconteceria em peso casado

É tempo de quarentena, e depois da superluta entre Jon Jones e Francis Ngannou na categoria dos pesados sacudir o mundo das lutas, o fã de MMA sonha com outro duelo: Anderson Silva Vs Conor McGregor. O brasileiro desafiou o irlandês através de suas redes sociais e o falastrão o respondeu positivamente, o que resultou em odds lançados no Bodog para você apostar agora na superluta.

Anderson Silva larga como favorito pra superluta com uma ótima oferta de 80% de lucro, enquanto o triunfo de Conor McGregor alcança 95% de rendimento aos investidores no Bodog.

O desafio

É importante lembrar que não é a primeira vez que Anderson Silva desafia Conor McGregor. O brasileiro já ventilou um combate contra o irlandês ao menos duas vezes no passado. A diferença é que dessa vez o também ex-campeão do UFC respondeu positivamente. Após Spider sugerir um duelo contra Conor num peso casado até 80kg, o irlandês o respondeu com um direto e reto “eu aceito”. Pronto. Foi o suficiente pro mundo das lutas ferver.

Anderson Silva tem mais duas lutas em seu contrato com o UFC e acaba de fazer cirurgia pra reparar uma lesão no joelho direito. Ainda não tem previsão para o retorno. Já Conor, nocauteou Donald Cerrone em janeiro e disse, antes da pandemia atormentar o planeta, que queria fazer ao menos três lutas em 2020.

Análise técnica

De cara é importante dizer que Anderson Silva, no papel, levaria vantagem nessas condições. Primeiro porque o brasileiro é maior e mais pesado. Ele leva vantagem no quesito altura e envergadura contra o irlandês, sem contar que sua categoria de origem é a dos médios (até 83,9kg). Anderson é tão grande que já lutou e nocauteou atuando dentro do octógono como meio-pesado. “Em off”, o brasileiro chega a passar dos 100kg. Já Conor, chegou ao UFC lutando como peso-pena (até 65,6kg), depois subiu pros leves (70kg), sua categoria original, e fez sua última apresentação nos meio-médios (até 77kg). Ir além desse peso não é boa ideia para o irlandês. Considerando que após a pesagem atletas ganham muito peso, Spider pisaria no octógono no dia da luta com pelo menos 90 kg, enquanto Conor dificilmente chegaria perto dessa marca, entraria em desvantagem.

Claro, Spider tem 45 anos, enquanto Conor ostenta 31. Essa diferença enorme de idade pode equilibrar a conta, mas ainda assim Anderson tem mais experiência batendo mais pesado e absorvendo golpes mais duros. Ambos são ótimos strikers e abusam da precisão pra derrotar seus rivais, mas nessas condições, até 80kg, Anderson seria muito mais forte do que o rival irlandês e por isso o favoritismo ao brasileiro.

Pra completar, vale lembrar que seria um risco pro futuro da organização colocar dois astros em momentos diferentes da carreira frente a frente. Se Conor vencer, ele ganha moral, mas nada astronômico. Spider tem derrota pra nomes como Jared Cannonier e Michael Bisping. Agora, se o brasileiro vence, ele fecha a carreira de forma espetacular, mas queima Conor McGregor, que é a maior máquina de fazer dinheiro do Ultimate na atualidade. Por isso, talvez seja difícil acreditar que Dana White vai, de fato, promover esse confronto, especialmente num momento onde a organização não tem dinheiro sobrando pra investir em duelos milionários vide a crise econômica provocada pela pandemia do novo corona vírus.

Odds para a superluta

Odds em 29 de maio, segundo o Bodog

(R$ 1,80) Anderson Silva x Conor McGregor (R$ 1,97)