Melhores Sites De Apostas
*Termos e condições se aplicam a todos os bônus oferecidos neste website. Visite a operadora para mais detalhes.

Histórico de Odds de Anderson Silva

Anderson Silva
Foto: AP Photo/Frank Franklin II

Anderson Silva é um dos maiores lutadores de MMA de todos os tempos. Isso não é novidade para ninguém. Aos 43 anos, com um cartel de 38 vitórias e nove derrotas, Spider é o maior peso-médio da história do UFC. Como campeão, ele acumulou dez defesas de cinturão consecutivas, conquistou nocautes históricos e foi soberano no octógono por anos com seu estilo imprevisível e letal. Mas ainda assim, diante de tamanha bagagem, às vésperas do UFC 237, onde enfrenta Jared Cannonier, no Rio de Janeiro, o brasileiro figura na posição de grande azarão na disputa.

Aposte no UFC

Antes de chegar ao UFC, Anderson fez 21 lutas. Venceu 17 e perdeu apenas quatro. Já dentro do octógono mais famoso do mundo, ele emplacou 16 triunfos consecutivos até conhecer a primeira derrota no UFC, em 2013, contra Chris Weidman. De lá para cá, foram cinco derrotas nas últimas seis lutas.

O domínio de Spider diante dos rivais no UFC era tanto que ele passou nove anos como favorito nas casas de apostas. Foram 17 lutas nas quais ele teve favoritismo diante dos rivais. Embora seja naturalmente um atleta peso-médio (até 83,9kg), o maior favoritismo da carreira de Spider foi lutando como meio-pesado (até 94kg), quando ele encarou Stephen Bonnar no UFC Rio de 2012. Sua vitória pagava apenas 7% de lucro. Ele confirmou o favoritismo com um nocaute no primeiro round.

Na luta que marcou história e apresentou o MMA ao Brasil, Anderson Silva era favorito contra Vitor Belfort, em fevereiro de 2011, pelo UFC 126 e conquistou o nocaute mais incrível da história do esporte ao derrubar o rival com um chute frontal na cabeça.

A primeira vez que ele foi um azarão aconteceu contra Daniel Cormier, quando sua vitória oferecia 400% de lucro. Neste caso, era de se entender o favoritismo de Cormier. Spider aceitou substituir Jon Jones às vésperas do UFC 200 e na categoria de cima, como meio-pesado. Estava fora de forma. Vale lembrar que ele já tinha perdido três lutas antes de virar azarão, e depois que perdeu a posição de favorito contra Cormier, ele seguiu como azarão nas lutas seguintes, contra Derek Brunson, Israel Adesanya e agora Jared Cannonier.

No UFC 237, contra Cannonier, ex-lutador dos meio-pesados que conta com um cartel de 11 vitórias e quatro derrotas, Spider é o grande azarão. No Bodog, a vitória de Spider rende 130% de lucro, enquanto o triunfo de Cannonier oferece 62%.

Não custa lembrar que na última apresentação que fez no octógono do UFC, em fevereiro, apesar da derrota para Adesanya, Spider obteve grande atuação, mostrando que ainda pode lutar em altíssimo nível.

Histórico de odds de anderson silva

Resultado

Oponente

Evento

Odds

Método

Round

Tempo

D

Israel Adesanya

UFC 234

R$4,00

Decisão

3

05:00

V

Derek Brunson

UFC 208

R$1,91

Decisão

3

05:00

D

Daniel Cormier

UFC 200

R$5,00

Decisão

3

05:00

D

Michael Bisping

UFC Londres

R$1,34

Decisão

5

05:00

NC

Nick Diaz

UFC 183

R$1,42

Sem Resultado

5

05:00

D

Chris Weidman

UFC 168

R$1,57

Nocaute técnico

2

01:16

D

Chris Weidman

UFC 162

R$1,47

Nocaute

2

01:18

V

Stephan Bonnar

UFC 153

R$1,07

Nocaute técnico

1

04:40

V

Chael Sonnen

UFC 148

R$1,43

Nocaute técnico

2

01:55

V

Yushin Okami

UFC 134

R$1,24

Nocaute técnico

2

02:04

V

Vitor Belfort

UFC 126

R$1,31

Nocaute

1

03:25

V

Chael Sonnen

UFC 117

R$1,22

Finalização

5

03:10

V

Demian Maia

UFC 112

R$1,24

Decisão

5

05:00

V

Forrest Griffin

UFC 101

R$1,42

Nocaute

1

03:23

V

Thales Leites

UFC 97

R$1,36

Decisão

5

05:00

V

Patrick Cote

UFC 90

R$1,27

Nocaute técnico

3

00:39

V

James Irvin

UFN 14

R$1,17

Nocaute

1

01:01

V

Dan Henderson

UFC 82

R$1,71

Finalização

2

04:52

V

Rich Franklin

UFC 77

R$1,33

Nocaute técnico

2

01:07

V

Nate Marquardt

UFC 73

R$1,53

Nocaute técnico

1

04:50

07/02/2019

Anderson Silva é um dos maiores lutadores de MMA de todos os tempos. Isso não é novidade para ninguém. Aos 43 anos, com um cartel de 38 vitórias e oito derrotas, Spider é o maior peso-médio da história do UFC. Como campeão, ele acumulou dez defesas de cinturão consecutivas, conquistou nocautes históricos e foi soberano no octógono por anos com seu estilo imprevisível e letal. Hoje, às vésperas do UFC 234, onde ele encara Israel Adesanya, em Melbourne, Austrália, o brasileiro figura na posição de grande azarão na disputa.

Antes de chegar ao UFC, Anderson fez 21 lutas. Venceu 17 e perdeu apenas quatro. Já dentro do octógono mais famoso do mundo, ele emplacou 16 triunfos consecutivos até conhecer a primeira derrota no UFC, em 2013, contra Chris Weidman. De lá para cá, foram quatro derrotas nas últimas seis lutas.

O domínio de Spider diante dos rivais no UFC era tanto que ele passou nove anos como favorito nas casas de apostas. Foram 17 lutas nas quais ele teve favoritismo diante dos rivais. Embora seja naturalmente um atleta peso-médio (até 83,9kg), o maior favoritismo da carreira de Spider foi lutando como meio-pesado (até 94kg), quando ele encarou Stephen Bonnar no UFC Rio de 2012. Sua vitória pagava apenas 7% de lucro. Ele confirmou o favoritismo com um nocaute no primeiro round.

Na luta que marcou história e apresentou o MMA ao Brasil, Anderson Silva era favorito contra Vitor Belfort, em fevereiro de 2011, pelo UFC 126 e conquistou o nocaute mais incrível da história do esporte ao derrubar o rival com um chute frontal na cabeça.

A primeira vez que ele foi um azarão aconteceu contra Daniel Cormier, quando sua vitória oferecia 400% de lucro. Neste caso, era de se entender o favoritismo de Cormier. Spider aceitou substituir Jon Jones às vésperas do UFC 200 e na categoria de cima, como meio-pesado. Estava fora de forma. Vale lembrar que ele já tinha perdido três lutas antes de virar azarão, e depois que perdeu a posição de favorito contra Cormier, ele seguiu como azarão nas lutas seguintes, contra Derek Brunson e agora, contra Israel Adesanya.

No UFC 234, diante de Adesanya (29), um jovem talento da categoria que está invicto depois de 15 lutas com 15 vitórias, 13 nocautes (sendo seis no primeiro round) e muita expectativa a respeito de seu futuro, Anderson Silva é o grande azarão. No Bodog, a vitória de Spider rende 425% de lucro, enquanto o triunfo de Adesanya oferece apenas 15%.

Não custa lembrar que na última apresentação que fez no octógono do UFC, em fevereiro de 2017, Spider "quebrou a banca" quando era azarão, mas acabou vencendo Derek Brunson na decisão unânime dos juízes.

Histórico de odds de Anderson silva

Resultado

Oponente

Evento

Odds

Método

Round

Tempo

V

Derek Brunson

UFC 208

R$1,91

Decisão

3

05:00

D

Daniel Cormier

UFC 200

R$5,00

Decisão

3

05:00

D

Michael Bisping

UFC Londres

R$1,34

Decisão

5

05:00

NC

Nick Diaz

UFC 183

R$1,42

Sem Resultado

5

05:00

D

Chris Weidman

UFC 168

R$1,57

Nocaute técnico

2

01:16

D

Chris Weidman

UFC 162

R$1,47

Nocaute

2

01:18

V

Stephan Bonnar

UFC 153

R$1,07

Nocaute técnico

1

04:40

V

Chael Sonnen

UFC 148

R$1,43

Nocaute técnico

2

01:55

V

Yushin Okami

UFC 134

R$1,24

Nocaute técnico

2

02:04

V

Vitor Belfort

UFC 126

R$1,31

Nocaute

1

03:25

V

Chael Sonnen

UFC 117

R$1,22

Finalização

5

03:10

V

Demian Maia

UFC 112

R$1,24

Decisão

5

05:00

V

Forrest Griffin

UFC 101

R$1,42

Nocaute

1

03:23

V

Thales Leites

UFC 97

R$1,36

Decisão

5

05:00

V

Patrick Cote

UFC 90

R$1,27

Nocaute técnico

3

00:39

V

James Irvin

UFN 14

R$1,17

Nocaute

1

01:01

V

Dan Henderson

UFC 82

R$1,71

Finalização

2

04:52

V

Rich Franklin

UFC 77

R$1,33

Nocaute técnico

2

01:07

V

Nate Marquardt

UFC 73

R$1,53

Nocaute técnico

1

04:50

Comments