Copa América 2020: como aproveitar os palpites de especialistas para apostar

A Copa América tem grande importância para as principais seleções do continente. Para o Brasil, por exemplo, é a chance de se consolidar como a equipe a ser batida na América do Sul. Para a Argentina, é uma ótima oportunidade para acabar com um incômodo jejum de títulos. Já para uruguaios e colombianos, é o momento de brilhar e desbancar os favoritos. E a Copa América também é muito aguardada pelos fãs dos sites de apostas esportivas, como o Bodog. Afinal, trata-se de um torneio que proporciona várias opções interessantes para lucrar com seus palpites.

Se o Brasil foi favorito disparado em 2019, a coisa não será tão simples assim em 2020. As anfitriãs Argentina e Colômbia também chegam fortes para brigar pelo título, elevando o grau de dificuldade para os adeptos das apostas em futebol. Mas vale a pena acompanhar os preparativos de cada equipe e investir no torneio, já que será possível fazer muitos palpites interessantes e lucrativos. E para minimizar riscos e elevar o índice de acerto, você poderá contar com os palpites dos especialistas, uma ótima forma de consultar informações detalhadas sobre as chances de cada equipe na competição.

Nós não endossamos nem fornecemos opiniões sobre as casas de apostas esportivas da sua região.

Quem vence a Copa América 2020?

Na edição passada, estava bem mais simples avaliar quem entrava na briga como favorito. Mesmo sem contar com Neymar, que acabou sendo um desfalque de última hora, o Brasil tinha enormes chances de sucesso, tanto pela chance de jogar em casa como pela força do elenco. Além disso, havia o retrospecto histórico: o Brasil tinha sido campeão em todas as edições disputadas no país. De fato, a equipe de Tite faturou a taça. A busca pelo bi em sequência, no entanto, será mais complicada.

Isso fica claro nas cotações para os palpites de longo prazo (conhecidos como “outrights”) sobre quem será o ganhador da Copa América 2020. No topo da lista dos favoritos para 2020 não está o Brasil, mas sim a Argentina, ainda que com uma vantagem bem pequena em relação à equipe canarinho. Logo em seguida vem o outro país-sede, a Colômbia. Mas as cotações parecem estar subestimando as chances do maior campeão de toda a história da Copa América: o Uruguai, com quinze títulos em sua galeria.

Como se vê, a briga está em aberto, e há argumentos para investir em pelo menos quatro seleções, mas é inegável que o Brasil tem uma melhor sequência de trabalho, conta com um plantel mais equilibrado e vai chegar menos pressionado, já que não haverá tanta cobrança por um resultado positivo – o oposto da situação da Argentina, por exemplo, que tenta quebrar um jejum de 27 anos sem conquistas. A seguir, todos os odds sobre a conquista do título em 2020:

Cotações em fevereiro de 2020, segundo o Bodog:
Argentina – R$ 3,00
Brasil – R$ 3,25
Colômbia – R$ 5,00
Uruguai – R$ 10,00
Chile – R$ 13,00
Peru – R$ 26,00
Paraguai – R$ 34,00
Venezuela – R$ 34,00
Equador – R$ 51,00
Austrália – R$ 81,00
Qatar – R$ 81,00
Bolívia – R$ 151,00

Prognósticos gratuitos na Copa América

Uma ótima maneira de aumentar as possibilidades de acerto de seus palpites no torneio é ficar de olho nos palpites dos especialistas. Com um time de craques no assunto, que vai monitorar toda a preparação das equipes para o torneio, a gente apresenta em detalhes as chances de cada seleção, levando em conta todos os fatores que podem determinar o desfecho de cada partida. Você consulta os prognósticos, avalia todas as informações e faz um palpite muito mais embasado – e, portanto, com maior chance de faturar.

A cobertura da Copa América pela nossa equipe inclui dicas sobre os prováveis destaques do torneio e análises completíssimas sobre as chances de cada candidato ao título. Esses prognósticos levam em conta não só fatores históricos e retrospecto como também dados estatísticos mais recentes, mostrando quem vem mais forte para o torneio. Neymar vai repetir o ótimo momento que vive no PSG? Messi vai estender o bom desempenho nesta temporada para o torneio continental? A gente te conta tudo – e o melhor, sempre de forma absolutamente gratuita, permitindo que você aprimore seus palpites e invista na casa de apostas online que preferir.

Palpites para a fase de grupos

Além da possibilidade de apostar no campeão, os adeptos das apostas em futebol terão a chance de realizar outros palpites de longo prazo à medida em que o torneio se aproxima. Um exemplo: quem vai ficar no topo de cada grupo da fase de classificação. Serão duas chaves com seis equipes cada, sendo que quatro seleções se classificam em cada grupo. As casas de apostas ainda não divulgaram odds, mas o Grupo Norte deve ser liderado por Brasil ou Colômbia (Peru, Equador, Venezuela e Qatar são as demais participantes).

Já no Grupo Sul, a Argentina é favorita, seguida por Uruguai e Chile (e com Paraguai, Bolívia e Austrália como azarões). Lembrando que o Brasil faz sua estreia no dia 14 de junho, contra a Venezuela, e você já pode fazer seu palpite desde já. No Spin Sports, que se antecipou às demais casas e já abriu as linhas de aposta nos primeiros jogos, vitória do Brasil retorna R$ 1,24 para 1, enquanto a zebra venezuelana paga R$ 12,00. A partida de abertura será entre Argentina e Chile, com os donos da casa devolvendo R$ 1,54 para 1 em caso de vitória e os chilenos retornando R$ 6,25.

FAQ das apostas na Copa América

Quando as cotações das apostas futuras mudam?
Os odds dos candidatos ao título do torneio vão oscilar até a final, mas não dá para prever a frequência dessas mudanças. As casas de apostas ajustam as cotações de acordo com os últimos desdobramentos sobre cada seleção. Digamos que Lionel Messi sofra uma lesão grave e tenha sua participação no torneio continental colocada em dúvida. Aí os outrights da Argentina devem mudar logo em seguida, pois as chances do país ficam menores sem o craque. Também é bom ficar de olho nas primeiras partidas das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022, que acontecem alguns meses antes da Copa América e serão um bom termômetro para o torneio.

Por que o Brasil está sempre entre os favoritos?
O retrospecto recente da seleção brasileira na Copa América é muito bom: foram cinco títulos e um vice nas últimas dez edições. Isso se reflete nos outrights para uma possível conquista brasileira em 2020. Sem contar, é claro, a tradição da equipe e a força de seu elenco, qualquer que seja a lista de convocados do técnico Tite.

Qual é o melhor momento para fazer meu palpite?
Depende. Se você conseguir identificar uma tendência antes dos outros, pode lucrar ainda mais. Por exemplo: Neymar começou o ano de 2020 jogando demais pelo PSG e já avisou que pretende disputer a Copa América, compensando a ausência por contusão na edição passada. Isso é um sinal de que o Brasil pode brilhar na competição, enquanto uma outra favorita, a Colômbia, poderá sofrer com a falta de ritmo de jogo do astro James Rodríguez, na reserva do Real Madrid. A casa de apostas poderá alterar as cotações mais para frente, refletindo essas informações – mas se você teve essa percepção com antecêdencia, pode se beneficiar com um retorno maior.

Guia da Copa América 2020